Postagens

Mostrando postagens de Outubro 8, 2008

Storm, da RIM, é o mais novo desafiante do iPhone, da Apple

Imagem
Terceira Geração - Convergência Digital
::Da redaçãoAinda sem previsão de lançamento no Brasil, o Storm, Blackberry com tela sensível ao toque, é mais um celular que desembarca no mercado para tentar tirar o iPhone, da Apple, do primeiro lugar da preferência do consumidor.

O Storm terá funcionalidades específicas. Entre elas, a interação entre o teclado QWERTY no touchscreen - o primeiro da RIM com essa funcionalidade, O smartphone possui ainda câmera de 3,2 MP, 1 GB de memória (expansível até 16 GB) e função GPS.

O anúncio do novo Blackberry foi feito nesta quarta-feira, 08/10. Segundo o comunicado da Research in Motion, o Storm será vendido na Europa, Austrália e Nova Zelândia pela Vodafone. O preço final do Storm não foi divulgado.

A disputa em torno de um smartphone de Terceira Geração diferenciada terá ainda uma personagem significativa: o G1, do Google. O celular chega ao mercado no dia 22 de outubro, através da T-Mobile. o G1 é baseado numa plataforma aberta e reúne diversos fabric…

Celular com Android não está pronto para uso empresarial

Imagem
TelecomunicaçõesCelular com sistema do Google não suporta Microsoft Exchange, Skype e ainda é restrito à rede da T-Mobile, diz analista.Por Computerworld, EUAImprimir TextoEnviar por e-mail
O novo G1, primeiro celular com o sistema operacional Android do Google, anunciado nesta terça-feira (23/09) pela operadora T-Mobile nos Estados Unidos, em parceria com a fabricante HTC e o Google não parece ter muito apelo para usuários corporativos.

"Parece que eles estão oferecendo um celular com Android que é parcialmente aberto", comentou Jack Gold, analista da J. Gold Associates, de Massachussets.

Na avaliação de Gold, a ausência de suporte ao serviço de e-mail Microsoft Exchange ou a outra ferramenta robusta de e-mail mais focada em negócios limita a usabilidade do G1 em empresas. "Você não pode usar o Gmail na empresa", observou.

Até mesmo a operadora T-Mobile reconheceu que o G1, vendido a 179 dólares nos Estados Unidos, é mais voltado ao mercado de consumo. "Esperamos…