Postagens

Mostrando postagens de Outubro 29, 2008

Com nova linha de telefones celulares, LG quer 25% do mercado brasileiro

Imagem
Fabricante sul coreana lança novos modelos de celulares e aposta nas vendas de fim de ano no País.27 de outubro de 2008 - 00h00 página 1 de 1 Imprimir Texto Enviar por e-mail A LG Eletronics aposta em sua nova linha de aparelhos celular - que tem tecnologia touschreeen - para atingir a meta de 25% de market share no mercado brasileiro. Atualmente, a empresa afirma possuir 20% de participação e espera fechar as vendas de 2008 em 12 milhões de unidades.Em coletiva de imprensa na abertura da Futurecom 2008, a fabricante afirmou que apenas em caso de corte de encomendas por parte das operadoras de telecomunicações ela não conseguirá chegar a este número.Para o diretor de vendas da empresa, Carlos Melo, essa possibilidade é remota. “Temos demanda para chegar a esta meta e as operadoras também estão confiantes nas vendas do Natal”, disse. Além disso, a empresa levará seus novos produtos ao mercado por um preço acessível, com foco no consumidor médio.Quanto à crise econômica mundial, a companhia…

Telecomunicações

Imagem
Nokia: vendas de celulares devem chegar a 52 milhões de unidades em 2008De acordo com presidente da fabricante, crise afeta o crédito no varejo, o dólar e pode afetar a renda do brasileiro, principais fatores que impulsionaram o mercado nos últimos anos.Por Fabiana Monte, do COMPUTERWORLD27 de outubro de 2008 - 13h44 página 1 de 1 Recursos: Imprimir Texto Enviar por e-mail A Nokia espera que a venda de aparelhos celulares fique em 52 milhões de unidades em 2008. A projeção para 2009 é de estabilidade nas vendas, sem crescimento ou redução. De acordo com a fabricante, o mercado de celulares vai encerrar o ano com 148 milhões de usuários.

Para Almir Narcizo, presidente da Nokia no Brasil, em um cenário de crise, a estabilidade nas vendas para o próximo ano é uma boa notícia. Segundo o executivo, a Nokia não está sentindo os efeitos da crise econômica, pois tem nível de caixa alto e baixa dependência de crédito.

O presidente ressalta que 95% dos custos de um celular são atrelados ao dólar, por …