Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 2, 2009
Imagem
Mobilidade: 10 redes sociais usadas a partir do telefone celularSão Paulo – Com a proliferação de redes 3G e smartphones com telas grandes em 2008, este é o ano das redes sociais móveis. Confira 10 serviços.Some a proliferação de redes para acesso de alta velocidade, como 3G, com a popularização de smartphones com grandes telas provocada pelo lançamento do iPhone 3G e você concluirá facilmente que 2009 tem tudo para ser o ano para redes sociais móveis.

Com o crescente uso da web móvel, é provável que redes sociais que utilizem funções dos telefones celulares caíam no gosto dos usuários e se tornem uma fonte de renda sólida para empreendedores.

Dados da In-Stat prevêem que, até 2012, o número de usuários que acessarão redes sociais pelo telefone celular chegará a 975 milhões, pouco além do número total de internautas que todo o planeta tem hoje, segundo dados da comScore.

Haverá mudanças drásticas na maneira como usaremos redes sociais com a proliferação de redes de acesso e smartphones c…
Imagem
Paulistanos fazem 'truque' e adiantam portabilidade numérica
São Paulo - Assinantes usam duas linhas ao mesmo tempo - uma recebe e a outra faz chamadas. Aparelho que aceita dois chips facilita a vida. A portabilidade numérica só vai chegar a São Paulo no dia 2 de março de 2009, uma semana depois do Carnaval. Mas os paulistanos não estão esperando sentados pela chegada oficial da portabilidade para trocar de operadora e manter o número. Pelo contrário. Graças a novos modelos de celulares que permitem o uso de dois chips GSM ao mesmo tempo, é possível usar os benefícios de uma nova operadora, sem ter que se desfazer de um número antigo.
O truque consiste em transformar o número "oficial", aquele que todos os seus amigos e parentes já sabem de cor e salteado, em um celular pré-pago, o que é possível fazer desde o começo deste ano. Na linha nova, da segunda operadora, você pode aderir a planos específicos, com a vantagem de ganhar descontos para trocar de aparelho ou planos…
Call center: empresas de telecom ainda se adequam às novas regras
São Paulo - O IDG Now! realizou testes com os Serviços de Atendimento ao Consumidor de 8 operadoras de telecomunicações. Confira. As novas regras para o setor de call center entraram em vigor nesta segunda-feira (01/12). Para saber se a área de tecnologia está cumprindo a nova lei, o IDG Now! realizou um teste com os call centers de empresas de telecomunicações selecionadas pelo Reclame Aqui para o serviço Atende Brasil.

São elas: Claro, Oi, Brasil Telecom, Telefônica, Tim, Vivo, Sky e Net. O objetivo do teste foi detectar se os Serviços de Atendimento ao Cliente (SAC) cumprem os requisitos mais básicos das novas regras. A maioria dos call centers acionada pelos testes apresentou alguma inadequação às regras.

Leia também:
> Novas regras do SAC: a quem recorrer?
> Saiba o que muda nos call centers

De acordo com o assessor chefe da Fundação Procon-SP, Carlos Coscarelli, os usuários que se sentirem lesados por empresas que…
A Oi em São Paulo
Operadora celular estréia de forma agressiva em SP. Veja análise de Eduardo Tude A Oi entra em operação no Estado de São Paulo dia 24 de outubro de 2008 com uma promoção agressiva de lançamento, complementada por uma forte campanha de propaganda voltada para a marca Oi e para a utilização de chips em telefones desbloqueados.

Toda operadora, ao entrar em um novo mercado, costuma realizar uma promoção para conquistar uma massa inicial de clientes e garantir uma receita mensal que pague seus custos operacionais. A Brasil Telecom, por exemplo, lançou o pula-pula quando começou a operar o seu serviço celular em 2004.

A promoção da Oi permite àqueles que adquirirem seu chip falarem praticamente de graça (bônus de R$ 20 por dia) com outros celulares da Oi, com telefones fixos ou em chamadas de longa distância utilizando o 31, durante 3 meses. O chip da Oi sai por R$ 20,00 ou dois chips por R$ 31,00.

Um dos objetivos da campanha de desbloqueio de celulares promovida pela Oi é pos…

Guia de smartphones

Imagem
Divisor de águas O iPhone da Apple essencialmente reinventou os celulares dos aparelhos comuns para uma plataforma sofisticada que faz muito do que você costuma utilizar no desktop. Ele chegou ao Brasil em setembro com grande festa e altos preços.




Desfio real O sistema operacional Android, do Google, parece ser o primeiro verdadeiro desafiante do iPhone, oferecendo uma plataforma aberta para usuários e desenvolvedores, junto a muitas das sofisticações do telefone da Apple. O primeiro aparelho com Android, o G1, da operadora norte-americana T-Mobile começará a ser vendido dia 23/10 e chega ao Brasil só em 2009.Novo padrão para negócios?O BlackBerry é, sem dúvida, o queridinho para comunicação móvel nas empresas. Porém, as habilidades dele na web são primitivas. O Storm, programado para sair em novembro, promete juntar o melhor do iPhone ao melhor do BlackBerry.





Há espaço para o pioneiro? Desenvolvido para o PDA, o sistema operacional Palm foi o pioneiro entre os smartphones. Ele já sof…

Nova geração de smartphones desafia iPhone

São Francisco - Celulares Android, Blackberry, Palm OS e Windows Mobile enfrentam o iPhone.

O iPhone 3G da Apple redefiniu os celulares, trazendo uma real página HTML, e-mail e aplicativos aos smartphones. Mas depois de 18 meses, o iPhone encara seus primeiros rivais realmente à altura.

> Veja imagens dos novos smartphones

O lançamento da versão 2.0 do software da Apple, reclamações de desenvolvedores a respeito do controle da empresa e o suporte "mais ou menos" são motivos suficientes para abrir o mercado para a competição.

Confira agora os prós e os contras de tudo o que sabemos até hoje sobre os novos smartphones. Note que tanto o iPhone, quanto o G1 e o BlackBerry Storm suportam redes 3G, têm tela sensível ao toque, acelerômetros e GPS. Se eles cumprem o que prometem, só vamos descobrir quando todos eles chegarem ao Brasil.

iPhone 3G
O iPhone da Apple essencialmente reinventou os celulares dos aparelhos comuns para uma plataforma sofisticada que faz muito do que você costum…
EUA forçarão fabricantes a integrar som de "click" a câmeras em celulares

São Paulo - Projeto de lei proposto nos EUA quer que celulares com câmera tenham barulho de obturador para evitar fotos indiscretas.

Um novo projeto de lei apresentado nos Estados Unidos planeja forçar fabricantes de celulares a integrarem aos aparelhos o som do disparo da câmera, como forma de evitar fotografias indiscretas.

O "Camera Phone Predator Alert Act" foi proposto pelo deputado republicano Peter King, de Nova York para proteger crianças e adolescentes de fotos tiradas em locais públicos

O som da câmera precisa ser "ouvido em um raio considerável próximo ao local onde a fotografia está sendo tirada com a câmera do celular", de acordo com o projeto.

E não adianta desligar o som, como é possível no iPhone, por exemplo. Qualquer celular fabricado depois da lei será proibido de ter um meio de eliminar ou reduzir o volume do clique.

"O Congresso acha que crianças e adolescentes t…
Dell prepara nova investida em smartphones para fevereiro, diz WSJ

São Paulo - Fabricante vem trabalhando há mais de um ano em dois aparelhos que lembram iPhone e Palm Pre e pode apresentá-los já em fevereiro.

A Dell está prestes a voltar para o mercado de smartphones apostando nos sistemas Android e Windows Mobile, segundo fontes citadas pelo jornal The Wall Street Journal.

A investida é uma tentativa da companhia encontrar uma nova fonte de receita em hardware após seu setor de desktops e laptops mostrar claros sinais de desaceleração em razão à crise econômica mundial.

Um grupo de engenheiros dois destacado pela Dell há mais de um ano para a tarefa e criou dois protótipos de aparelhos que guardam semelhanças com smartphones de sucesso no mercado.

O primeiro é descrito pelo WSJ como um smartphone com uma grande tela sensível a toque e sem teclado físico, descrição que cabe perfeitamente ao iPhone.

Já o segundo é um aparelho no formato slide cujo teclado físico escorrega por debaixo da tel…
iPhone ultrapassa 1% de participação no mercado de celulares

São Paulo - ABI informa que, mesmo com a prevista queda nas vendas de celulares, smartphones deverão aumentar participação no setor para 17% em 2009.

O celular iPhone 3G, da Apple, atingiu participação de mercado 1,1% no final de 2008, segundo dados da ABI Research, batendo meta estipulada pela companhia no início de 2007, quando seu CEO e co-fundador, Steve Jobs, lançou o aparelho.

O estudo da ABI disse ainda que os smartphones representaram, em 2008, 14% de todos os celulares entregues pelas fabricantes às operadoras e varejo. Esse total deve passar para 17% em 2009, diz a ABI.

Entretanto, o aumento no embarque de smartphones em 2009 vai ocorrer mesmo com uma queda de 2,5% prevista no mercado geral de celulares, de 1,21 bilhão de aparelhos em 2008 para 1,17 bilhão em 2009, segundo o analista Kevin Burden, da ABI.

Segundo a ABI, o mercado de smartphones foi de 116 milhões de aparelhos embarcados em 2007, atingiu 171 milhões em 2…
Após concordata, Nortel anuncia que deixa mercado de WiMAX

Companhia decidiu finalizar parceria com Alvarion e sair totalmente do mercado de WiMaxx.

A empresa canadense de telecom Nortel decidiu encerrar seus negócios envolvendo a tecnologia móvel WiMAX e finalizar sua parceria com a Alvarion.

Com a medida, a Nortel, que pediu proteção contra falência nos Estados Unidos em janeiro, sairá totalmente do mercado de WiMAX.

A companhia declarou que a decisão permitirá limitar seu foco e gerenciar melhor seus investimentos para melhor posicionar sua competitividade no longo prazo.

"Nosso contínuo sucesso nos negócios wireless exige focar nossa energia em oportunidades com clientes permanentes", disse Richard Lowe, presidente da Nortel para redes de operadoras. "Isso irá posicionar a Nortel mais efetivamente para capitalizar no futuro quando os níveis de gastos voltarem a crescer", completou.

A Nortel disse que irá trabalhar com a Alvarion para fazer a transição de seus cliente…
Samsung ganha espaço no mercado de celulares; Motorola sofre maior retração

São Paulo - Balanço de 2008 da ABI Research mostra que Nokia continua na liderança do setor de celulares e Samsung ocupa segunda posição.

A Samsung foi a empresa que mais ganhou market share no mercado global de telefonia celular em 2008, de acordo com pesquisa da consultoria ABI Research, passando a deter participação de 16,2% -um aumento de 2,7% em relação ao ano anterior.

Por outro lado, a fabricante que perdeu mais espaço no mercado de telefonia móvel foi a Motorola, que caiu 5,1% em relação ao ano anterior, e terminou 2008 com participação de 8,3% no segmento. Em comparação a 2007, a queda do market share da companhia norte-americana foi menor - naquele ano, a empresa registrou retração de 7,8% - mas a perda mostra a importância da corporação desenvolver produtos robustos em 2009.

A Sony Ericsson também tropeçou, com uma redução de 0,7% em sua participação de mercado em 2008.

A líder de mercado continua sendo …
Criar versão do Flash para iPhone é ‘muito difícil’, diz CEO da Adobe
diz-ceo-da-adobE

São Paulo - Shantanu Narayen disse, durante o Fórum Econômico Mundial, que Apple e Adobe estão colaborando para levar software ao iPhone.

A Adobe está tendo uma grande dor-de-cabeça para criar uma versão do Flash - usada para reproduzir conteúdo multimídia - compatível com o iPhone. Segundo o Chief Executive Officer da empresa, Shantanu Narayen, “é um desafio técnico muito difícil e é por isso que a Apple e a Adobe estão colaborando”, disse o executivo em uma entrevista para o canal de notícias econômicas Bloomberg no Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça). “É nosso o ônus de entregar o produto.”

O Flash é usado em 98% dos computadores pessoais e pode ser usado tanto para assistir vídeos (a tecnologia é empregada no YouTube) e ouvir músicas, como em jogos online. Mas o aplicativo tem problemas de compatibilidade com o iPhone - em março do ano passado, o então CEO em exercício da Apple, Steve Jobs, di…

Telecom e Redes > Banda Larga Velocidade da 3G decepciona usuários

Telecom e Redes > Banda Larga
Velocidade da 3G decepciona usuários
(http://idgnow.uol.com.br/telecom/2008/04/10/velocidade-da-3g-decepciona-usuarios)
Por Daniela Moreira, editora assistente do IDG Now!
Publicada em 10 de abril de 2008 às 16h30
Atualizada em 19 de maio de 2008 às 17h49

São Paulo - Usuários de banda larga via rede celular 3G reclamam do desempenho dos serviços.

3g_demora_88_corretaA principal promessa das redes de terceira geração é maior velocidade de acesso a dados. Dispostas a competir com os serviços de banda larga via cabo e ADSL disponíveis no mercado, as operadoras que já estrearam suas redes 3G no Brasil – Vivo, Telemig e Claro – investiram pesado na divulgação de pacotes de banda larga móvel para PCs utilizando a rede celular.

Porém, o desempenho do serviço vem decepcionando muitos usuários. No site de reclamações online Reclame Aqui, por exemplo, centenas de usuários registraram sua insatisfação com a velocidade. Comunidades no Orkut também reúnem clientes insatisf…