Postagens

Mostrando postagens de Junho 17, 2010
Imagem

Fujitsu e Toshiba se unirão em celulares

Reuters Quinta-feira, 17 de junho de 2010 - 12h06TÓQUIO - As companhias japonesas Fujitsu e Toshiba anunciaram nesta quinta-feira planos para unir seus negócios com telefonia móvel em outubro, criando a segunda maior fabricante de celulares do Japão, onde o mercado de celulares vem encolhendo a ritmo acelerado.A fusão ajudará as duas fabricantes de eletrônicos a dividir custos, mas a nova empresa formada não deve representar uma ameaça imediata a líderes globais como Nokia e Samsung Electronics.Analistas estimam um aumento do movimento de consolidação no Japão, onde muitas fabricantes de celulares estão rivalizando em um mercado decadente. Após a fusão anunciada nesta quinta-feira, seis grupos permanecerão no mercado japonês de telefonia móvel, contra 10 há três anos. A Fujitsu terá participação majoritária na joint venture, entre 70 e 80 por cento, de acordo com o jornal Nikkei, o que segundo um analista poderia pressionar seus ganhos no curto prazo, mas beneficiá-la mais adiante.&quo…
Motorola terá smartphone com chip de 2 GHz para brigar com iPhone 4Equipamento terá ainda um giroscópio e processador gráfico Nvidia Tegra, com acelerador de hardware full Flash 10.1PorPC World/EUA
11/06/2010- (Atualizado em 11 de junho de 2010 às 17h05)Enquanto várias fabricantes de celulares vêm se empenhando para criar uma boa resposta contra oiPhone 4, a Motorola se adiantou e promete uma novidade e tanto no setor: um smartphone com processador de 2 GHz, que será lançado até o final deste ano.A informação foi confirmada por Sanjay Jha, CEO da empresa para as divisões de consumidor e dispositivos móveis, durante uma palestra no Clube dos Executivos de Chicago na última quarta-feira (09/6), mesmo local onde Steve Ballmer mencionou os planos da Microsoft para o Project Natal.Ele não citou outras informações sobre o aparelho, mas um executivo da Motorola – que preferiu o anonimato – disse que o telefone "irá incorporar tudo o que é tecnologicamente possível hoje em um smartphone&…