Postagens

Mostrando postagens de Julho 12, 2010

Operadora 3G deverá garantir 30% da rapidez

Marco Aurélio Zanni, de INFO Online O conselho diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) revisou a regulamentação da telefonia celular e banda larga móvel, criando metas de qualidade para os serviços.
Uma das novidades é o aumento do patamar mínimo de entrega da conexão. Pela proposta, as operadoras terão de garantir, nos horários de pico, 30% da velocidade vendida para download e upload. Já nos horários de menor uso, o percentual exigido será de 50%.
Depois de um ano da implementação da regra, a exigência subirá ainda mais. As operadoras deverão entregar, no mínimo, 50% da velocidade prometida em horários de maior movimento e 70% no restante do dia. Hoje, as empresas se comprometem a disponibilizar apenas 10% da velocidade contratada.
Agora o texto segue para consulta pública e volta ao conselho diretor depois de 45 dias. O regulamento entrará em vigor 180 dias depois de sua publicação.
Fiscalização da Telefônica
A Anatel também reuniu seus diretores para ava…
Imagem
Panasonic anuncia fax com touchscreen por Felipe Maia
A Panasonic acredita que, depois do vinil, a onda que quer voltar é a do fax. A bem da verdade, o fax ainda é usado em algumas partes do mundo corporativo, principalmente no Japão. Por isso a fabricante lança na terra do Godzilla o KX-PW821, um telefone/fax com touchscreen.
O diferencial da máquina é enviar documentos que podem ser escritos em sua tela de quase 5 polegadas. Por ela, também é possível fazer anotações nos arquivos recebidos e até exercitar aqueles riscos aleatórios — mania de muitos enquanto falam ao telefone.
O touchscreen serve para controlar a máquina, que tem botões numéricos e ainda vem com um telefone sem fio e uma caneta stylus. Entre outras funções, o fax pode salvar os arquivos recebidos em cartões de memória SD e gravar chamadas.
O aparelho está à venda no Japão nas cores pretas e branca. O preço é de 320 dólares.

Motorola anuncia oficialmente o Charm

Imagem
por Felipe Maia
Pouco depois de fotos do aparelho vazarem na rede, a Motorola divulgou oficialmente o Charm. Das novidades, a câmera de 3 MP da Kodak e o BackTrack são destaque.
O BackTrack fica atrás do celular, como no Motorola Flipout. Ele serve para utilizar a tela de 2,8”, que também será multitoque.
Outra coisa já vista em outros aparelhos da fabricante é o teclado QWERTY, similar ao do MotoCubo. Nas conexões, Wi-Fi, Bluetooh e porta USB.
A última novidade fica por conta do sistema Motoblur, que veio recauchutado no Charm. Junto com o Android 2.1, ele agrega redes sociais e faz sincronização de contatos com sites como Facebook e Twitter.
A Motorola não confirmou o preço do aparelho, embora a expectativa gire em torno dos 270 dólares. Disponível em julho nos Estados Unidos, é possível que o Charm chegue por aqui no próximo semestre, já que a Motorola pretende lançar um Android por mês no Brasil.

iPhone 4 e nossas primeiras impressões

Imagem
por Marco Zanni
Eis que o brinquedo mais aguardado dos últimos tempos da última semana chegou ao INFOLAB! E depois de limparmos toda a baba que os vários curiosos deixaram em sua tela, aí vão nossas primeiras impressões sobre o iPhone 4.

O modelo testado por nós está com um chip da Claro cuidadosamente recortado – sim, ele usa um MicroSIM Card, como o do iPad. A conexão 3G funcionou numa boa, mas não antes de perdermos um chip estragado por uma tesourada mal dada.
De primeira, chama a atenção a tela com nitidez acima da média. Ela é bem melhor que a do iPhone 3GS e também mais bonita que a do elogiado Sony Ericsson XPERIA X10. São 3 polegadas e resolução de 960 por 640 pixels. A experiência com vídeo e games é muito legal, até porque o som também recebeu um upgrade em relação ao modelo anterior.
Pelo menos em princípio, com o smartphone ainda pouco habitado por aplicativos, a resposta a todos os comandos é bem veloz. A abertura de todos os programas é quase imedi…

Samsung Intercept é Android de médio porte

Imagem
por Priscila Jordão
A lista de Androids de médio porte vem crescendo e, junto com a Motorola e seu novo Charm, a Samsung acaba de anunciar o Intercept. Com a versão 2.1 do sistema operacional, ele dá conta do recado para quem acha um EVO 4G ou Droid X hardcore demais para o bolso.

O Intercept tem mais botões que o usual dos Androids na parte da frente. Além dos três essenciais para home, menu, voltar e o mais constante de busca, aparecem dois para ligações e mais um central. A touchscreen mede 3,2 polegadas e o teclado QWERTY parece espaçoso.
A Samsung não deu detalhes sobre o processador, mas outras configurações como a câmera de 3,2 megapixels dão a certeza de que também veremos um de médio porte. Já as conexões são completas, com Wi-Fi, 3G e GPS. As cores são prata ou rosa.
A melhor parte é que, nos Estados Unidos, o Intercept está saindo muito barato. Com subsídios da Operadora Sprint, os preços chegam a 100 dólares. Sem nenhum plano, ele sai por 350 dólares e…