Postagens

Mostrando postagens de Junho 1, 2012

Atrix TV mistura sinal digital com o Android 2.3

Imagem
Assim como o Gadgets havia antecipado, a Motorola trouxe ao Brasil o Atrix TV, um aparelho intermediário rodando Gingerbread com sintonia de TV Digital no padrão 1-seg.
Equipado com um processador de 1 GHz e 512 MB de RAM, o aparelho também traz uma câmera de 8 megapixels com flash LED, gravação de vídeo em 720p e uma tela de 4 polegadas. O principal destaque é a sintonia de TV. Assim como outros aparelhos que trabalham com o padrão 1-seg, a resolução não é das melhores. Mas não há grandes problemas quando a exibição acontece na pequena tela. Para não perder o sinal, o aparelho conta com uma antena retrátil. O aplicativo MotoTV não é dos mais rápidos. A troca de canal demora de 3 a 5 segundos para acontecer. Os botões também não respondem da melhor forma possível.O aparelho é vendido pelo preço sugerido de 999 reais.

Peças internas do Lumia são mais caras que as do iPhone

Imagem
Nokia vende smartphone top de linha mais barato do que a Apple, mas lucra menos devido ao custo de produção elevado31 de Maio de 2012 | 11:15h


ReproduçãoO smartphone top de linha da Nokia, o Lumia 900, é vendido por US$ 450 nos Estados Unidos. O modelo mais barato do iPhone 4S custa US$ 649 sem contrato com operadora. O celular da Apple não só vende mais do que o da fabricante finlandesa como também dá muito mais lucro para a Apple do que o Lumia para a Nokia.

O custo das peças do Lumia 900 é um pouco superior ao do iPhone 4S, segundo o Wall Street Journal. As partes que formam o celular com Windows Phone custam, ao todo, US$ 209, enquanto o iPhone 4S de 16 GB custa US$ 190 para ser produzido.

A diferença de preço das peças dos aparelhos está principalmente na tecnologia mais avançada do Lumia. Ele tem uma tela maior do que a do iPhone 4S - 4,3 polegadas contra 3,5 polegadas - e a capacidade de se conectar a redes 4G LTE.

Isso significa que a Apple lucra quase o dobro do que…

Samsung lança o Music Hub, concorrente ao iTunes

Imagem
O Samsung Music Hub é um serviço de música online, vende música como o iTunes, como disponibiliza streaming de música, como o Spotify ou o Musica Box da PT.O Samsung Music Hub é um novo serviço para impulsionar o novo Samsung Galaxy S III, que estará à venda em Portugal a partir do dia 14 de Junho. Este serviço já existia na Austrália, mas só agora chegou à Europa.O Music Hub é um concorrente ao iTunes, disponibiliza mais de 19 milhões de músicas para compra, com preços parecidos ao iTunes. Poderão ouvir 30 minutos da música antes de comprar e as músicas compradas poderão fazer download para o smartphone, para que não sejam obrigados a ouvir "na nuvem".A versão Premium é parecida com o iTunes Match, da Apple, e dá acesso a 3 milhões de músicas, procurando as músicas que já tem no seu computador. Por 9,99€ por mês, terá acesso a todas as músicas de forma ilimitada e ainda a 100GB de armazenamento em nuvem, onde poderá ouvir em qualquer lado.Este novo servi…

Qual será o próximo passo da RIM?

Imagem
Analistas de mercado apoiam a venda, mas a fabricante parece estar apostando fortemente no BlackBerry 10



DivulgaçãoExecutivos da Research In Motion (RIM) estão correndo contra o relógio para conter o enfraquecimento da marca e salvar a companhia. A cada trimestre que passa, a situação financeira da fabricante do BlackBerry se desgasta e as alternativas viáveis estão se tornando cada vez mais escassas.

Segundo o Wall Street Journal, analistas e executivos do setor dizem que, por a empresa não considerar opções mais radicais como a venda da companhia, ela tem se colocado em uma situação muito delicada. Agora, cabe ao novo sistema operacional da fabricante, o BlackBerry 10, fazer a empresa sair do buraco ou afundá-la de vez.

O presidente-executivo Thorsten Heins comentou na terça-feira (31/05) que a RIM não terá lucro neste trimestre e afirmou que alguns banqueiros têm trabalhado com a companhia em uma estratégia de mudança que, para alguns analistas, significa a…

Google acusa Microsoft e Nokia de conspiração

A Google apresentou uma queixa junto da Comissão Europeia, onde acusa a Microsoft e a Nokia de usarem as suas patentes para prejudicar as empresas rivais no mercado dos smartphones.Segundo a imprensa especializada, as duas marcas, que há cerca de um ano estabeleceram uma parceria para produzir smartphones Windows Phone, terão transferido 1200 patentes para a MOSAID, uma empresa que se dedica ao aumento da propriedade intelectual de gigantes tecnológicas.

Um porta-voz da Google refere que as multinacionais estão a prejudicar a concorrência ao «aumentar os preços a que os dispositivos móveis chegam aos consumidores» e como tal, devem ser responsabilizadas por isso.

A Microsoft considerou a decisão da líder do mercado de pesquisas como uma «táctica desesperada» de uma empresa que está envolvida em vários processos de investigação relacionados com abuso de posição dominante.

Já a Nokia referiu que embora não tenha visto os documentos da acusação, a Google está …