Postagens

Mostrando postagens de Novembro 14, 2012

lançamento de BlackBerry 10 para 30 de janeiro de 2013

A Research In Motion irá lançar o BlackBerry 10 e os dois primeiros smartphones baseados no sistema operacional no dia 30 de janeiro do ano que vem, disse a empresa.
O sistema operacional será acompanhado por dois smartphones em um lançamento que os analistas acreditam ser determinante para o futuro da empresa
O evento acontecerá simultaneamente em vários países ao redor do mundo, de acordo com a RIM. O sistema operacional estava originalmente programado para ser lançado em algum momento antes do fim do ano, e não há dúvida de que ele e os produtos serão muito importantes para o futuro da companhia. "Não é apenas importante, irá determinar o futuro da RIM. Uma falha será o fim da empresa, por isso não há espaço para erros", disse Malik Saadi, principal analista da Informa Telecoms & Media. A empresa viu sua fatia de mercado diminuir no decorrer dos últimos dois anos - e já foi a terceira maior vendedora de smartphones do mundo -, com uma quota de 4,3% no terceiro trimest…

Primeiro 4G do Brasil, Razr HD

Imagem
Quando começou a fabricar aparelhos com o sistema Android, a Motorola passava por maus momentos e viu no sistema do Google uma salvação. Não poderiam estar mais certos. De início, os aparelhos não conquistaram o público, e muitas críticas vieram por causa de falhas no software e devido à interface criada pela marca para rodar nos aparelhos Android, chamada de Blur. Com o tempo, porém, a Motorola foi aprimorando seus aparelhos e parece estar no caminho certo. Um exemplo dessa evolução é o novo modelo da linha Razr, o Razr HD XT925 (R$ 1.700). Ele é o primeiro aparelho com suportes a redes 4G a chegar ao país. Além disso, tem bateria de excelente duração e tela extremamente nítida. Veja a análise.

Operadoras e Anatel querem impedir o uso de celulares piratas

Imagem
Todo mundo conhece os chamados xing-lings, celulares de 2, 3, 4 chips com TV analógica, sistema com traduções malfeitas, com preços acessíveis e que, por isso, são um sucesso no Brasil (principalmente porque comum ter chips de todas as operadoras). O uso desses aparelhos poderá cair no futuro agora que a Anatel e as operadoras querem fechar o cerco: de acordo com oG1, tais organizações estão trabalhando para impedir que os xing-lings sejam usados nas redes de telefonia móvel no país.
Parece legítimo. O motivo do bloqueio é bem simples: esses celulares em sua maioria não são homologados pela Anatel, e, por isso, não há garantias de que o aparelho atenda os requisitos técnicos da agência e das operadoras. Um celular desses pode prejudicar até mesmo a rede da operadora se não tiverem os indicadores técnicos compatíveis com os utilizados no Brasil.As operadoras fariam o seguinte: consultariam o IMEI do aparelho junto à uma lista de aparelhos homologados pela Anatel. Se o IMEI estivesse ness…