Postagens

Mostrando postagens de Agosto 20, 2014

App Secret esta com os dias contados no Brasil.

Imagem
Justiça do ES determina remoção do Secret de lojas de aplicativos no Brasil
Google e Apple devem retirar app; Microsoft deve suspender o app Cryptic.
Empresas também devem remover app dos celulares de quem já o instalou.









App de mensagens anônimas 'Secret' vira hit no Brasil.
A Justiça do Espírito Santo determinou, em decisão liminar, nesta terça-feira (19) a retirada do "Secret" das lojas de aplicativo de Google e Apple e do "Cryptic", de funcionamento similar, da loja da Microsoft. A Justiça acolhe o pedido do Ministério Público do Espírito Santo, que protocolou uma ação civil pública na sexta-feira (15).

Usuários compartilham segredos anonimamente
pelo app 'Secret' (Foto: Reprodução/Secret)

Além de determinar a suspensão do aplicativo, a Justiça decidiu ainda que as empresas devem também remover remotamente os aplicativos dos smartphones das pessoas que já os instalaram. Esse também era um pedido do MP-ES, em ação assinada pelo promotor Marcelo…

Chineses ameaçam reinado da Samsung no mercado movel da china

Imagem
Apesar de ainda ser a líder mundial na venda de telefones inteligentes, a Samsung vive momentos de preocupação. E o motivo para isso não é a Apple.

Enquanto mirava a rival nos segmentos mais caros de smartphones, a gigante sul-coreana passou a perder território para fabricantes chinesas nos setores mais baratos. Entre os responsáveis pela sangria estão Lenovo, Huawei, ZTE e novata Xiaomi.

No último dia 31, a Samsung revelou os resultados do trimestre fiscal mais recente: em um ano, houve queda de 9% nas vendas e declínio de 20% no lucro. Foi o pior resultado em dois anos.

A empresa alertou que a segunda metade do ano seguirá complicada e lançou dúvidas sobre crescimento no período. O principal motivo seria a concorrência acirrada no mercado de smartphones.

Ao contrário da Samsung, as empresas chinesas estão em um momento de expansão. O caso mais notável é o da Xiaomi, que tem o brasileiro Hugo Barra, ex-Google, como vice-presidente.

Com quatro anos de vida, a empresa atingiu o p…