Postagens

Mostrando postagens de Agosto 25, 2014

Leilão 4G garante receita mínima de R$ 8,2 bilhões para o caixa da União

Imagem
O edital de licitação da quarta geração de celular (4G), publicado ontem pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), garantiu ao governo a arrecadação de, pelo menos, R$ 8,2 bilhões de reais com a venda de quatro licenças nacionais do novo padrão tecnológico. Essa é a estimativa mínima de receita, pois o total de recurso em favor da União poderá aumentar com o acirramento da disputa entre as operadoras durante o leilão, marcado para 30 de setembro.

Mesmo com a previsão de recolhimento aos cofres públicos de mais de R$ 8 bilhões, a missão da equipe econômica de elevar o preço de venda das autorizações de serviço 4G para atingir a meta fiscal de 2014 ainda não foi cumprida. As regras descritas no edital exigem o pagamento à vista de somente 10% do valor final negociado no certame. O restante pode ser liquidado em seis parcelas anuais, a partir do terceiro ano de assinatura dos contratos no fim de 2014.

Confirmadas as condições favoráveis ao aumento de arrecadação, as expectativa…

Anatel pode discutir cobrança à Nextel pela migração de rádio para celular

A Nextel esteve perto de colocar as mãos, sem enfrentar problemas, na autorização para oferta de telefonia celular na faixa de 800 megahertz (MHz). Atualmente, a operadora usa a frequência para oferecer o serviço de rádio pessoal (push-to-talk). Essa faixa é cotada no mercado mundial de telecomunicações para, no futuro próximo, prestar serviço de quarta geração (4G). Mas operadoras concorrentes manifestaram forte oposição à medida e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) considera colocar em discussão a possibilidade de uma cobrança adicional à Nextel pela migração.

Lenovo apresenta tablet e smartphone com Android Jelly Bean

Imagem
inShare A Lenovo apresentou o novo tablet S500 durante a feira de eletrônicos IFA 2013, que acontece em Berlim, Alemanha. O aparelho roda sistema Android Jelly Bean, tem tela de sete polegadas com resolução de 1.280 x 800, processador quad-core Media Tek 8389 de 1.2 GHz e câmeras de 5 MP (traseira) e 1.6 MP (frontal)..

O S5000, que tem autonomia de bateria de oito horas, deve concorrer com o iPad mini (Apple), o Nexus 7 (Google) e o Asus MeMo Pad HD 7. A edição somente com conexão wi-fi e 16 GB de armazenamento será vendida por 199 euros (R$ 605), enquanto a versão com 3G custará 249 euros (R$ 757). O aparelho estará disponível no mercado americano no último trimestre deste ano.

Vibe X

A fabricante também lançou um smartphone Vibe X, também chamado de IdeaPhone S960. O celular tem sistema Android Jelly Bean, tela de cinco polegadas de 1080p e processador Snapdragon 800 de 1.5 GHz. As configurações do aparelho são relativamente fortes: 2 GB de memória RAM, 16 GB de armazenamento in…

A bateria do seu Android pode durar mais com o módulo NIpUnbouncer

Imagem
1 hora atrás O divertido jogo de corrida e destruição, Asphalt 8: Airbone, foi atualizado e recebeu novos carros e uma...
Smartphones e bateria vão continuar um ponto polêmico por muito tempo. Ainda, no caso dos dispositivos com Android, a polêmica é maior ainda. Afinal, o sistema operacional móvel da Google é um dos mais avançados. Logo, tantas funções consomem bastante energia, tornando-o um dos menos otimizados no equilíbrio energético.
Para sanar parte da ingerência de bateria do Android, temos mais uma ótima ferramenta trazida pelos desenvolvedores do Forum XDA. Estamos falando do módulo NlpUnbouncer. Com essa solução, você terá mais controle sobre algumas funções que costumam rodar ocultamente em seu dispositivo, consumindo muita bateria.
Um dos processos que mais consome recursos é o Google Play Services. Esse processo costuma acordar o seu dispositivo a cada sessenta segundos, e permanece funcionando durante quinze segundos. Ou seja, em uma hora, a CPU …

Android tem 19 mil dispositivos e 7 versões de So

Imagem
Estudo da OpenSignal mostra a fragmentação do mercado, que ganhou 8 mil novos dispositivos em um ano. Samsung tem 43% de market share A fragmentação do ecossistema de dispositivos usando o sistema operacional móvel Android, da Google, quase duplicou de tamanho em um ano. Segundo novo estudo divulgado pela OpenSignal, o número de diferentes dispositivos usando o SO saltou de 11 mil em 2013 para praticamente 19 mil em 2014.
Considerada o calcanhar de Aquiles da plataforma, por trazer complexidade para lidar com tantos dispositivos e tantas versões diferentes do sistema operacional, a fragmentação é criticada pela concorrência - leia-se Apple - e minimizada pelos fabricantes que adotaram o Android. E, pelo estudo da OpenSignal, é muito mais complexa do que imaginavam os dois lados.
Enquanto que no universo Apple 91% dos usuários já utilizam a última versão do sistema operacional (iOS 7), 8% usam o iOS 6 e 1% usam as outras, no universo Android o cenário está distribuído em…