Postagens

Mostrando postagens de Setembro 11, 2014

Amazon Fire Phone passa a ser vendido por US$ 0,99 nos EUA

Imagem
Celular teve quase US$ 200 de redução em seu preço


Fire Phone foi vendido inicialmente a US$ 200 em junho, mas teve pouco sucesso de vendasFoto: Getty Images

A Amazon reduziu o preço de seu smartphone, o Fire Phone, para US$ 0,99 centavos (próximo de R$ 2,24) na modalidade pós-pago nos Estados Unidos – tanto para os modelo de 16 gigabytes quanto para o de 32 GB.

Os novos valores já aparecem nesta segunda-feira na plataforma de comércio eletrônico da companhia. Antes, o celular era vendido a uma média de US$ 200, com contrato de dois anos com a operadora AT&T.

Com o contrato, o consumidor americano deve desembolsar US$ 18,75 por mês.

Para se ter uma ideia, a capa do Fire Phone já está mais cara que o próprio smartphone, saindo ao preço de
O motivo da redução de preço ainda não está claro, mas coincide com o anúncio do próximo smartphone da Apple, o iPhone 6, que deve ocorrer na próxima terça-feira. Apresentado pelo presidente-executivo da Amazon, Jeff Bezos, em junho deste ano, as estima…

Saiba o que levar em conta na hora de comprar um tablet

Imagem
Armazenamento, sistema operacional e tamanho. Conheça as características para escolher um aparelho ideal para você


Escolha um tablet que atenda as suas exigênciasFoto: iStock

O preço atrativo e a diversidade de tablets no mercado têm atraído cada vez mais consumidores. Segundo dados da IDC Brasil, no ano passado foram vendidos 8,4 milhões de unidades, o que representa um crescimento de 157% se comparado ao volume comercializado em 2012.

Diante de todo esse crescimento, o Terra convidou o coordenador de Projeto Informática e Tecnologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), César Adriano de Oliveira, e o professor do Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Ezequiel Zorzal, para darem algumas dicas para você não errar na hora de comprar um tablet.

Capacidade de armazenamento
Se você for apenas ler e-mails, documentos e fazer coisas mais simples, um tablet de 4 GB a 8 GB de memória interna já resolve sua vida. Se a ideia é armazenar arquivos …

Relógio da Apple impulsiona recarga sem fio de baterias

Imagem
A adoção pela Apple da recarga sem fio da bateria do seu novo relógio pode ser um momento decisivo para uma tecnologia que tem sofrido no limbo há anos em meio a padrões concorrentes e confusão de consumidores.

Apoiadores do recarregamento sem fio de bateria veem um futuro no qual pessoas não se preocupam mais em completar a bateria de seus aparelhos; estão livres de cabos de energia embaraçados e avisos de bateria baixa, e onde termos como "tomada" e "conectado a cabo" serão tão anacrônicos quanto "discar" um telefone.

No entanto, embora a tecnologia já exista em grande parte para se alcançar isso, a concorrência para definir um padrão global está dificultando a sua entrega. Isso lembra as guerras das fitas Betamax contra VHS há três ou quatro décadas, ou a mais recente entre Blu-ray e HD DVD pela supremacia no formato de disco óptico de alta definição.

No momento existem três alianças, sem muito para mostrar. No ano passado, menos de 20 milhões de celulare…

Sony Mobile cresce no Brasil enquanto enfrenta dificuldades no mundo

Imagem
As receitas da operação brasileira da Sony Mobile quadruplicaram no ano passado, ampliando sua relevância nos negócios globais da japonesa Sony, que enfrenta dificuldades para lucrar com o segmento móvel em outros países.

Segundo o presidente da Sony Mobile do Brasil, Ricardo Junqueira, em 2013 as receitas da operação brasileira mais do que quadruplicaram na comparação com 2012 devido ao crescimento das vendas de smartphones. Ele não deu detalhes.

No mundo, as receitas consolidadas da Sony Corp somaram 72 bilhões de dólares no ano fiscal de 2013 encerrado em março, alta anual de 14,3 por cento. O segmento mobile respondeu por 15,3 bilhões de dólares, alta de 29,7 por cento.

Segundo ranking da consultoria Teleco, com base em dados da IDC, a Sony não está entre as oito maiores do mercado global de smartphones.

Para ampliar sua fatia no Brasil, a empresa está apostando em smartphones mais simples à prova d'água, capacidade anteriormente restrita a aparelhos top de linha, tablets de taman…