Postagens

Mostrando postagens de Outubro 22, 2014

“Microsoft Lumia” substitui Nokia Lumia

Imagem
Adeus, Nokia: novos smartphones usarão marca “Microsoft Lumia”


Adeus, Nokia — e obrigado pelos peixes! Um ano após o anúncio da aquisição da fabricante finlandesa de celulares, a Microsoft confirmou oficialmente nesta terça-feira (21) que deixará de usar a marca Nokia Lumia nos smartphones para adotar a nova combinação Microsoft Lumia. A escolha, que parece óbvia, até agora não havia sido confirmada pela empresa.



A informação foi publicada inicialmente pelo The Verge, que acrescenta ainda que a França é o primeiro país a fazer a transição para a nova marca. A nomenclatura será usada inicialmente nas contas do Facebook, Twitter e outras redes sociais da empresa. A Microsoft confirma ao Tecnoblog que o Brasil passará pela mesma mudança. Eis o posicionamento oficial da empresa:

“Como parte do processo de transição, a Microsoft está renomeando aos poucos seus canais nas redes sociais. O perfil Nokia Brasil no Facebook se tornará Microsoft Lumia Brasil em breve. O nosso comprometimento com…

HERE Maps beta agora está disponível para aparelhos Android de todas as marcas

Imagem
A primeira versão beta do HERE Maps para Android foi disponibilizada no último dia 8 para aparelhos da Samsung. Mas a exclusividade durou pouco: nesta terça-feira (21), a Nokia liberou o aplicativo para todos os dispositivos que rodam a versão 4.1 (Jelly Bean) ou superior da plataforma.

Ou quase todos: como estamos falando de uma versão beta, o HERE Maps para Android pode não funcionar em todos os modelos. De qualquer forma, a Nokia afirma que está trabalhando para compatibilizar o aplicativo com o máximo possível de aparelhos.

Nos últimos meses, o HERE Maps vinha sendo oferecido como um diferencial da linha Lumia. Mas, com a transformação da área de dispositivos móveis da Nokia em Microsoft Mobile Devices – confirmada hoje -, a divisão responsável pelo HERE Maps (não incluída nas negociações com a turma de Redmond) decidiu apostar em outras plataformas.



É isso que explica, pelo menos em parte, a chegada do app ao Android. É provável ainda que, até o final do ano, a ferramenta seja re…

Ministro defende redução da carga tributária de telecomunicações

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, defendeu ontem a redução da carga de tributos no setor de telecomunicações. Segundo ele, com impostos mais baixos, o uso das redes de telefonia aumentaria e seria possível elevar a arrecadação.

Durante o Futurecom, congresso de telecomunicações e tecnologia da informação que acontece em São Paulo, o ministro afirmou também que é preciso discutir os serviços oferecidos por grandes grupos internacionais, como Facebook (dono do Whatsapp) e o Google, que usam a infraestrutura de telecomunicações, mas não investem da mesma forma que as operadoras.

João Rezende, conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que também participava do evento, acrescentou que os órgãos reguladores precisam se precaver para que não haja a verticalização dos serviços, por meio domínio de grandes companhias, que controlam desde redes até a produção de conteúdo. "Isso pode ser muito prejudicial para a concorrência."

Paulo Bernardo também comen…
Imagem
Peugeot e Embraer desenvolvem carro com material sustentável


Um laboratório voltado para o desenvolvimento de materiais sustentáveis para interiores de aeronaves foi o pontapé inicial para a construção do 208 natural, carro conceito resultante de uma parceria entre a Embraer e a PSA Peugeot Citroën. O resultado será apresentado no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo 2014, que acontece entre 30 de outubro e 4 de novembro.
O carro foi concebido pelo Centro de Estilo da PSA na América Latina, e contou com a participação de mais de 200 profissionais multidisciplinares de 20 empresas instaladas no Brasil. “Este carro é uma homenagem ao Brasil. Seu conceito é 100% brasileiro, pois utiliza fontes sustentáveis trabalhadas localmente”, diz o gerente de Estilo de Cores e Materiais da PSA para América Latina, responsável por todas as fase de desenvo…
Imagem
Six antecipa produção de chips






O sonho brasileiro de entrar definitivamente no mundo da alta tecnologia deu um passo fundamental. A Six Semicondutores, que ergue uma fábrica de chips em Ribeirão das Neves (MG), fechou a compra de uma empresa francesa do setor e deve anunciar hoje a concretização do negócio.

O controle da LFoundry, que estava em sérias dificuldades financeiras, está sendo transferido por US$ 34 milhões. A aquisição foi estratégica no plano de acelerar o início da produção de semicondutores no Brasil. Com o negócio, a Six ganha acesso à tecnologia de fabricação de chips com 90 a 150 nanômetros, que é a especialidade da LFoundry. "Isso se encaixa perfeitamente no portfólio de produtos que pretendemos comercializar", diz Matías Eurnekián, principal executivo na área de semicondutores da Corporación América, que detém 33,3% de participação na Six.

Um dos maiores grupos multinacionais da Argentina, a Corporación América substituiu o empresário Eike Batista na empr…

Mastercard Brasil aposta em smartphone

Imagem
McLaughlin, da Mastercard:

A parceria é com o Santander



A Mastercard, empresa de tecnologia com foco na indústria de pagamentos, quer substituir o chip do cartão de crédito pelo do smartphone na expansão da área de pagamentos móveis. A companhia vai oferecer a tecnologia de comunicação por aproximação (NFC, na sigla em inglês) aos clientes da Apple nos Estados Unidos. Por aqui, terceiro maior mercado global da americana, a empresa já opera o NFC - um dos parceiros é o Santander - e o número de emissores deve aumentar em 2015, pois está pronta uma rede de 1,5 milhão de terminais.

"O Brasil é um dos mercados que mais têm entusiasmo por tecnologia e vemos os negócios avançando tremendamente", disse Ed McLaughlin, diretor de pagamentos emergentes da Mastercard, em visita ao país na semana passada. Ele destacou a crescente demanda por dispositivos móveis e o avanço das compras online no Brasil.

As vendas de smartphones cresceram 22% no segundo trimestre, sobre um ano antes, para 13…