Postagens

Mostrando postagens de Novembro 21, 2014

Apple responde à provocação da Xiaomi: 'Falar é fácil!'

Imagem
O CEO e fundador da Xiaomi, Lei Jun, incomodou a Apple nesta quinta-feira (21) ao dizer que sua empresa poderia se tornar a maior fabricante de smartphones do mundo em um prazo de 5 a 10 anos.

De acordo com o executivo, ninguém acreditava, três anos atrás, que a Xiaomi poderia estar hoje entre as três maiores fabricantes de celulares do mundo. "Dentro de 5 ou 10 anos temos a oportunidade de nos tornarmos a empresa de smartphones número um no mundo", afirmou Jun. A empresa chinesa, conhecida como a "Apple chinesa", tornou-se em outubro deste ano a terceira maior companhia de que produz celulares no mundo, ficando atrás apenas da Apple e da Samsung. As informações são do jornal The Guardian.

No entanto, o entusiasmo e otimismo do fundador da Xiaomi não foram muito bem recebidos pela Apple. O sênior VP da Apple, Bruce Sewell, declarou durante a World Internet Conference, realizada em Wuzhen, na China, que "é fácil falar, mas é muito mais difícil fazer isso", …

Apple muda botão “Grátis” para “Obter” na App Store

Imagem
Os usuários mais atentos perceberam que, na tarde desta quarta-feira (19), a Apple realizou uma pequena mudança no botão de download de aplicativos gratuitos na App Store. Antes chamado simplesmente de “Grátis”, o botão mudou para “Obter”. A discreta alteração vale para todo o mundo e se aplica tanto para os dispositivos iOS quanto para os Macs.




A mudança chega alguns meses após a União Europeia recomendar que Apple e Google deixassem de anunciar como “grátis” os jogos que tivessem compras dentro do aplicativo. O modelo freemium se tornou muito popular entre os jogos, e os usuários diziam se sentir enganados porque, após baixar algo gratuitamente, tinham que pagar para aproveitar tudo — sem contar os casos de crianças que faziam compras sem autorização dos pais.

O Google também fez uma alteração semelhante na Play Store, mas apenas na Europa. No Brasil e em outros países, a empresa continua anunciando os aplicativos e jogos freemium como “gratuitos”. Apesar disso, tanto o Google quando …

Gorilla Glass 4 (finalmente) quer proteger seu smartphone contra quedas

Imagem
Vamos quebrar um mito que muitas pessoas ainda tomam como verdade: o Gorilla Glass não protege seu smartphone contra quedas; ele funciona apenas como uma proteção contra arranhões. É por isso que muitos aparelhos com Gorilla Glass quebram quando caem no chão: porque vidros… quebram. Mas a Corning anunciou nesta quinta-feira (20) o Gorilla Glass 4, que pretende ao menos amenizar esse problema.

Para desenvolver o Gorilla Glass 4, a Corning analisou centenas de telas quebradas e descobriu o que você já sabia: a maneira mais frequente dos aparelhos quebrarem (mais de 70% dos casos) é quando o vidro do display entra em contato com superfícies duras e ásperas, como o concreto. Por isso, a Corning passou a fazer um novo teste de resistência: queda do vidro em uma lixa para simular uma superfície áspera.

O teste consiste em derrubar vidros a uma altura de 1 metro em uma superfície áspera. Os resultados da Corning mostraram que o Gorilla Glass 4 resistiu por até 80% do tempo. Em relação ao Goril…

Claro alerta clientes sobre fim da internet “ilimitada”

Imagem
A Claro enviou mensagens de texto a clientes pré-pagos nesta quinta-feira (20) para avisar sobre o fim da internet “ilimitada”. De acordo com o SMS, a partir do dia 28 de dezembro, quando o limite da franquia for ultrapassado, a operadora irá cortar a conexão do cliente em vez de simplesmente reduzir a velocidade, como faz atualmente.

Com a mudança, a Claro está seguindo uma tendência entre as operadoras brasileiras. O regulamento dos novos planos pós-pagos da Vivo já informa que a redução de velocidade para 64 kb/s após atingir o limite de dados é uma oferta “promocional” válida até o dia 31 de dezembro. Recentemente, a Oi também mudou as regras do acesso ilimitado em seus planos pré-pagos.

As operadoras dizem que o fim do acesso ilimitado é uma tendência natural. O diretor geral da Telefônica Vivo, Paulo Cesar Teixeira, afirma que “foi um erro” oferecer o atual modelo de acesso com velocidade reduzida depois de estourada a franquia de dados. Isso porque o cliente continua usando recur…