Aplicativo do Baidu é impedido de ser distribuído no Brasil





ATUALIZAÇÃO: Uma liminar proferida na noite desta quinta-feira, 25, autoriza o aplicativo Du Speed Booster a voltar ao Google Play e ser distribuído livremente na loja de apps. A nota original desatualizada segue abaixo para referência:

Um dos principais aplicativos da empresa chinesa Baidu está inacessível para os brasileiros no Google Play. O app DU Speed Booster, um dos mais populares da companhia, que promete limpar o Android de vírus e agilizar o desempenho do smartphone, teve sua distribuição inviabilizada.

Aparentemente, o veto tem a ver com uma questão jurídica envolvendo uma das principais concorrentes, a PSafe. Segundo comunicado divulgado pela rival, o antivírus do Baidu para Android apontava o app PSafe Total, outro antivírus para smartphones, como um malware de alto risco para o celular.

Por essa questão, as duas entraram em um embate jurídico. O Baidu diz ter sido notificado judicialmente por ação movida pela PSafe, que questiona o funcionamento de seu antivírus, mas diz que não há nenhuma decisão contra si.

Contudo, o comunicado da PSafe diz que a justiça determina que a empresa remova o app do Google Play até a correção do código que indica que o PSafe Total é um vírus, exiba uma mensagem de retratação sobre a acusação de que app é malicioso. Além disso, a PSafe diz que o Baidu teria de pagar multa de R$ 100 mil por dia caso não cumprisse a decisão.

Por sua vez, o Baidu diz que não tem informações sobre o motivo da interrupção da distribuição do app no Brasil, já que não foi notificado. Pode ter sido uma intervenção do Google, ao ter contato com a questão jurídica, ou ao ser avisado pela PSafe.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa