Botão da morte" que inutiliza celulares causa redução de roubos





O registro de furtos de smartphones caiu drasticamente em Nova York, San Francisco e Londres desde que fabricantes começaram a incluir o "botão da morte" em seus celulares. Como o próprio nome diz, ele funciona como um interruptor que inutiliza o smartphone remotamente.

Em San Francisco, o número de iPhones roubados caiu 40% desde que a Apple adicionou o recurso em setembro de 2013  em seus dispositivos. No mesmo periodo, Nova York registrou queda de 25%. Em Londres, a queda foi mais radical: 50% menos casos de roubos de aparelhos.

"Nós fizemos um progresso real na luta contra a epidemia de roubos de smartphones que estava se espalhando em muitas grandes cidades", disse o prefeito de Londres, Boris Johnson, que é um dos entusiastas que defendem a obrigatoriedade dessa função em dispositivos móveis.

De acordo com o National Consumers League, os EUA registraram o roubo de 1,6 milhões de aparelhos em 2012. No estado da Califórnia, por exemplo, o furto desses dispositivos correspondem por mais da metade de todos os crimes ocorridos em grandes cidades como San Francisco e Oakland.

O êxito do chamado "Kill Switch" frente aos roubos desenfreados nas grandes cidades pode tornar a funcionalidade obrigatória, pelo menos na Europa e EUA.


Deus Seja Louvado.
Procure Uma Igreja Evangélica.
Não Morra Sem Jesus.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa