Microsoft aposta nos smartphones de baixo custo



Microsoft aposta nos celulares de baixo custo com dois novos Lumias



A Microsoft apresentou na Mobile World Congress dois novos smartphones: os Lumias 640 e 640 XL. Com especificações modestas, os aparelhos apontam uma nova aposta de companhia, de hardwares de baixo custo, com foco na oferta de softwares como serviço. Durante a conferência neste domingo, Steven Elop, diretor da divisão mobile, confirmou o upgrade gratuito para o Windows 10 de todos os aparelhos que rodam o Windows 8.1.

Os dois novos smartphones possuem chip Snapdragon de quatro núcleos de 1.2 GHz, 1 GB de memória RAM e 8 GB de espaço para armazenamento, que pode ser expandido com o uso de cartões de memória. Eles possuem diferentes versões, como 3G ou 4G, e espaço para um ou dois cartões SIM. O sistema operacional é o Windows 8.1, que será atualizado assim que o Windows 10 for lançado.

O Lumia 640 possui tela de 5 polegadas, enquanto o 640 XL tem 5,7 polegadas. As câmeras também são diferentes: o 640 é modesto, com câmera frontal de 1 megapixel, e traseira de 8 megapixels. Já o 640 XL inclui câmera traseira de 13 megapixels e a frontal, de 5 megapixels.

O atrativo está no preço: o Lumia 640 vai custar 139 (R$ 450) euros pelo modelo 3G, e 159 euros (R$ 515) a versão 4G. O 640 XL vai sair por 189 euros (R$ 610) ou 210 euros (R$ 680). Além disso, a Microsoft está oferecendo um bom pacote de aplicativos. Os consumidores que comprarem os novos Lumia vão ganhar um ano de licença para o pacote Office 365, 1 TB de armazenamento no OneDrive e 60 minutos de ligações internacionais gratuitas por mês pelo Skype.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa