Celular da Pepsi será produzido com financiamento coletivo



Em outubro, a marca de refrigerantes Pepsi anunciou que lançaria na China seu próprio smartphone, batizado como P1. Agora, a empresa busca o apoio de seus consumidores para terminar a produção do aparelho.

Em uma campanha de financiamento coletivo (crowdfunding) na internet, a Pepsi tem 10 dias para arrecadar o equivalente a US$ 470 mil e finalizar o número total de encomendas do celular, que terá edição limitada no mercado asiático. A empresa já deixou claro que não pretende trazer o P1 ao ocidente.

Ostentando os temas e o logotipo da Pepsi, o smartphone Android promete configurações de nível intermediário. A tela terá 5,5 polegadas e 1080p de resolução, o processador virá com clock de 1.7GHz, a memória RAM tem 2GB e o espaço interno de armazenamento chega a 16GB.

A câmera principal terá 13MP, enquanto a frontal virá com 5MP. Nas cores azul, dourado e prata, o Pepsi P1 precisa alcançar sua meta de financiamento até 3 dezembro. Se não tiver sucesso, todas as pré-vendas do aparelho serão canceladas e o dinheiro será devolvido aos consumidores.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa