Claro inicia testes de 4,5G na frequência de 700 MHz



antena-celular-telecom-torre


Nos preparativos para o futuro, a Claro anunciou nesta terça-feira (15) que iniciou seu projeto piloto de cobertura 4G utilizando a frequência de 700 MHz no Brasil. Os testes estão sendo realizados na cidade de Rio Verde (GO), que será o primeiro município a deixar de oferecer sinal de TV analógica.

É a primeira vez que uma operadora realiza testes externos: em outubro, a TIM utilizou a frequência em um piloto na Futurecom, mas a cobertura era restrita apenas ao local do evento. Em Rio Verde, a Claro está utilizando simultaneamente as frequências de 700 MHz, 1,8 GHz e 2,6 GHz, permitindo aos desfrutarem da tecnologia LTE-Advanced (4,5G). A operadora afirma que é possível conseguir velocidades próximas a 300 Mb/s.

Além de trazer maior capacidade de rede, a utilização da faixa de 700 MHz é importante para aumentar a cobertura da operadora. A principal frequência adotada no Brasil (2,6 GHz) é muito alta, o que dificulta a penetração de sinal. Utilizar uma frequência menor permite que as operadoras cubram áreas maiores com menos antenas, reduzindo os custos de implementação.


Por enquanto, os testes com a frequência são restritos para a equipe de implementação da Claro, não estando públicos para todos os clientes da operadora. A Claro não diz quando a rede será aberta, mas promete uma melhor experiência de uso de internet móvel após a fase de testes.

Além de Rio Verde, a Claro está fazendo testes de 4,5G desde novembro na cidade de Anápolis (GO) com as frequências de 1,8 GHz e 2,6 GHz. A TIM já opera seu 4G comercialmente em 1,8 GHz e 2,6 GHz em algumas localidades.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa