Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 2, 2015

Com equipe montada Xiaomi começa a operar no Brasil

Imagem
Com equipe montada no Brasil, Xiaomi é avaliada em US$ 45 bilhões




A Xiaomi, maior fabricante de smartphones da China, confirmou nesta segunda-feira (29) que arrecadou US$ 1,1 bilhão em uma rodada de investimentos, o que fez o valor da empresa subir para impressionantes US$ 45 bilhões — uma quantia muito importante para quem valia apenas cerca de US$ 4 bilhões em 2012. A fabricante está se expandindo globalmente e já tem uma equipe de 11 funcionários no Brasil.

O anúncio foi feito por Bin Lin, cofundador e vice-presidente da Xiaomi. A quantia arrecadada é “uma afirmação dos resultados positivos da Xiaomi em quatro anos e marca uma nova fase para a companhia”, segundo o executivo. A empresa vem quebrando seguidos recordes: na China, chegou a vender 1,16 milhão de smartphones em um dia, gerando uma receita de US$ 254 milhões.


Redmi Note 4G, o primeiro smartphone da Xiaomi homologado no Brasil

No terceiro trimestre do ano, de acordo com o relatório do IDC, a Xiaomi foi a terceira maior fa…

Para cobrir rombo, Dilma tira recursos do trabalhador

Imagem
VOCE QUE ENTREGOU SEU VOTO A SENHORA DILMA TERA A RESPOSTA QUE TANTO TEMEU PERDER DIREITOS TRABALHISTAS CONQUISTADOS COM LUTA SUOR E SANGUE.



O corte nos gastos do governo no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff vai começar pelos direitos trabalhistas, com restrições no acesso a seguro-desemprego, abono salarial (PIS) e auxílio-doença, além de uma minirreforma na Previdência Social, com mudanças nas regras das pensões. As medidas foram anunciadas ontem e serão incluídas em medida provisória a ser encaminhada hoje ao Congresso Nacional. Segundo cálculos do futuro ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, o pacote vai gerar uma economia de R$ 18 bilhões por ano, a partir de 2015, equivalente a 0,3% do Produto Interno Bruto (PIB, conjunto de bens e serviços produzidos no país).

Entre as medidas de maior impacto está a alteração no cálculo do valor da pensão da viúva ou do viúvo, que cairá pela metade, sendo acrescida de 10% por filhos dependentes, até o limite de 100%. Além disso, …

Palm deve lançar nova linha de smartphones com Android

Imagem
embora tenha sido lançado há quase um ano, está sob os holofotes da mídia. Isso porque o quarto...


A Palm foi uma fabricante bastante famosa, mas faz algum tempo que não ouvimos nada sobre a companhia. Um dos últimos dispositivos da empresa foi lançado com o WebOS, sistema que acabou não fazendo nenhum sucesso, ainda mais com o iOS e Android dominando o mercado de OSs.

Pouco tempo depois, a Palm não aguentou muito, e foi vendida para a Hewlett-Packard. Depois da aquisição, a HP lançou a linha de tablets TouchPad, com o sistema WebOS, que também acabou sem sucesso no mercado.

Agora a Palm está nas mãos da TCL, companhia que fabrica televisões e aparelhos Android de baixo custo; os dispositivos são construídos sob a marca da Alcatel. A novidade não deixou muitas informações, e a TCL não revelou o que pretende fazer com a marca Palm.

Porém, isso é um motivo de alegria para os antigos fãs da companhia, já que ao entrar no site Palm.com, o navegador redirecionará para MyNewPalm.com, com …

Dragonfly Futurefön é lançado para ser utilizado como tablet, smartphone ou ultrabook

Imagem
Versatilidade é o termo que define bem este novo projeto em andamento no Indiegogo, que já ultrapassou em 40 vezes o valor pretendido em arrecadações.

O Dragonfly Futurefön é um dispositivo híbrido, com dois sistemas instalados. Os usuários poderão usá-lo como smartphone, tablet ou mesmo ultrabook, e ainda dobrá-lo para guardar e escolher entre os sistemas operacionais Windows ou Android.

Além de toda essa versatilidade e o preço acessível, o gadget terá especificações bem atrativas. A tela de 7 polegadas possui displays Super Amoled Quad HD, com 2560 x 1440 pixels. Sim, os painéis poderão ficar lado a lado, o que resultará em uma tela de 12 polegadas com resolução 5120 X 1440 pixels.

Um teclado dobrável poderá ser encaixado para utilizar em modo ultrabook com a tela dupla. A base rodará Windows e o Slingshot, nome da parte que compõe o tablet-smartphone, rodará o Android. Ao juntar para utilizar em modo ultrabook, o usuário poderá escolher entre os dois sistemas.


Além disso, o dispo…