Postagens

Mostrando postagens de Julho 22, 2015

WhatsApp libera update que ainda nao esta no google play

Imagem
WhatsApp libera update que silencia contatos e marca chat como 'não lido'
Nova versão foi liberada só para Android e pode ser baixada do site do app.
Veja como fazer o download da atualização que não está na Google Play.



Whatsapp, aplicativo de mensagens instantâenas


O WhatsApp liberou uma atualização para celulares Android nesta quarta-feira (22) que permite silenciar alguns contatos e não apenas grupos, marcar mensagens como “não lidas” e economizar o pacote de dados em ligações.

Todas as novidades fazem parte da versão 2.12.194 do aplicativo de bate-papo. Por enquanto, elas não chegaram à Google Play e podem ser baixadas apenas no site do chat (Veja abaixo como baixar a atualização).

Com a atualização, o app de mensagem ganhou cara de serviço de e-mail. Ao analisar o status de uma troca de mensagens, além de poder arquivar, apagar ou enviar as conversas, funções já disponíveis anteriormente, agora é possível também marcá-las como não lidas.

Isso pode ajudar a lembrar o u…

relógios inteligentes venderam 109 milhões de unidades

'Internet de tudo' começa a ganhar forma

O mundo hiperconectado da "internet de tudo" começa a se
tornar realidade, afirma a União Internacional de
Telecomunicações (UIT). No relatório "Tendências na Reforma
das Telecomunicações 2015", divulgado na sexta-feira, a
organização observa que há uma proliferação de dispositivos
inteligentes e serviços, paralelamente à adoção crescente da
banda larga pelas pessoas. A constatação é que não só os seres
humanos estão cada vez mais conectados via web, mas também
as coisas.
Segundo a UIT, a "internet das coisas" (IoT, que conecta diferentes dispositivos à internet), e as comunicações de "máquina para máquina" (M2M) através de redes celulares
móveis já emergem como os serviços de tecnologia da informação e comunicação (TIC) de mais rápido crescimento em termos de tráfego na rede.
Haverá cada vez mais dispositivos "wearable" - criados para ser "vestidos" por seus usuários - fazendo a interação…

Microsoft e Apple uma crece enquanto a outra diminui

O desempenho trimestral da Microsoft e da Apple contam
duas histórias opostas sobre o mercado de smartphones:
enquanto na primeira o iPhone permanece uma das principais
fontes de receita, na segunda, o segmento mostrou-se,
novamente, uma dor de cabeça.

A Apple anunciou, ontem, um aumento de 35% nas vendas do
iPhone em seu terceiro trimestre fiscal, para 47,5 milhões de
unidades. A receita com o smartphone, de US$ 31,37 bilhões, foi 59% superior à do mesmo período do ano passado. As vendas do aparelho na China tiveram forte influência
no resultado.

O iPhone representou 63,2% da receita total, frente aos 53% do ano passado. As fortes vendas do iPhone 6 elevaram em 32,5% o faturamento total da Apple, de US$ 49,6
bilhões. "Tivemos um trimestre sensacional com a receita de iPhone [...], fortes vendas dos computadores Mac [US$ 6 bilhões] e uma receita recorde de serviços [US$ 5
bilhões], puxada pela loja de aplicativos App Store e pelo bom começo para o [relógio inteligente] Apple Watch", af…