Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 16, 2015

tablet feito inteiramente pelo Google começa a ser vendido hoje

Imagem
O Pixel C, primeiro tablet desenvolvido totalmente pelo Google, começa a ser vendido hoje nos Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Canadá, entre outros países. O tablet ainda não tem previsão para chegar ao Brasil.

O dispositivo possui uma tela de 10,2 polegadas com resolução 2K (2560x1440 píxels), totalizando uma densidade de píxels de 308 dpi. Ele é movido por um processador nVidia Tegra X1 64 bits, e possui um processador gráfico Maxwell, também da nVidia, além de 3GB de RAM.

O Pixel C também possui um teclado inteligente em tamanho integral, semelhante ao que a Apple lançou recentemente com o iPad Pro, que se prende a ele por conectores magnéticos e se carrega automaticamente quando ele é "fechado", imitando um notebook.

Nos Estados Unidos, o Pixel C chega ao mercado com um preço de U$ 500 pela versão de 32GB e US$ 600 pela versão com 64GB de armazenamento. Vendido separadamente, o teclado custa US$ 150.

Claro inicia testes de 4,5G na frequência de 700 MHz

Imagem
Nos preparativos para o futuro, a Claro anunciou nesta terça-feira (15) que iniciou seu projeto piloto de cobertura 4G utilizando a frequência de 700 MHz no Brasil. Os testes estão sendo realizados na cidade de Rio Verde (GO), que será o primeiro município a deixar de oferecer sinal de TV analógica.

É a primeira vez que uma operadora realiza testes externos: em outubro, a TIM utilizou a frequência em um piloto na Futurecom, mas a cobertura era restrita apenas ao local do evento. Em Rio Verde, a Claro está utilizando simultaneamente as frequências de 700 MHz, 1,8 GHz e 2,6 GHz, permitindo aos desfrutarem da tecnologia LTE-Advanced (4,5G). A operadora afirma que é possível conseguir velocidades próximas a 300 Mb/s.

Além de trazer maior capacidade de rede, a utilização da faixa de 700 MHz é importante para aumentar a cobertura da operadora. A principal frequência adotada no Brasil (2,6 GHz) é muito alta, o que dificulta a penetração de sinal. Utilizar uma frequência menor permite que as op…