Pular para o conteúdo principal

Nokia" é homologado na China sob código RM-1187




Desde que a Microsoft se desfez da maior parte de sua divisão de dispositivos móveisadquirida da Nokia, temos visto cada vez mais rumores com relação à volta da gigante finlandesa ao mercado da telefonia, já tendo inclusive sido retomada a fabricação de seus celulares básicos nas fábricas adquiridas pela filial da Foxconn. Após serem vazados testes de benchmark com os dois supostos primeiros smartphones a serem lançados pela Nokia ainda em 2016, eis que temos uma informação concreta sobre um celular básico da empresa que será identificado pelo código RM-1187, o que confirma que a finlandesa continuará adotando o mesmo padrão para a nomenclatura de seus dispositivos.

De acordo com o que pode ser visto na homologação do aparelho no órgão chinês TENAA, teremos o tradicional design da Nokia já conhecido por todos, lembrando bastante o que foi visto até mesmo nos últimos modelos da linha Lumia lançados pela empresa. Ao compararmos com o mais recente feature phone anunciado pela Microsoft sob a marca Nokia, vemos algumas mudanças interessantes, como o uso de linhas mais retas e um corpo construído em policarbonato, o que deve baratear bastante seu preço final.
Feature phone RM-1187 pode ser lançado pela Nokia em breve


Ainda que não seja o smartphone que todos esperavam, o fato da Nokia já começar a preparar seus primeiros lançamentos para o retorno ao mercado de dispositivos móveis dá esperanças aos fãs da marca que ficaram desapontados com o fim que teve sua linha Lumia, sendo possível vermos claramente que ao menos a "alma" da finlandesa será mantida em seus novos produtos. Isto vai ao encontro de rumores de que os flagships C1 e P1 com sistema operacional Android Nougat herdariam várias características dos tempo áureos da empresa, restando apenas aguardarmos para vermos mais informações sobre estes modelos.

Em termos de especificações técnicas, o RM-1187 conta basicamente com:
Tela de 2,4 polegadas com resolução de 240 x 320 pixels
16 MB de RAM
16 MB de espaço para armazenamento interno, expansível via cartão microSD de até 64 GB
Câmera principal com sensor CMOS e flash LED
Câmera frontal também com flash LED
Dual-SIM
Compatível com redes 2,5G
Disponível nas cores preto ou branco/ciano
Dimensões de 118 x 50 x 13,5 mm
Peso de 82,6 gramas
Bateria de 1.020 mAh

Não há informações sobre o sistema operacional a ser utilizado, porém é provável que a empresa volte a prestar suporte para seu próprio Series 30+ usado no modelo Nokia 230 lançado pela Microsoft ao final de 2015. Por se tratar de apenas um celular básico, ele será indicado principalmente para quem quer apenas realizar ligações e ouvir músicas, ficando em uma faixa de preço abaixo dos US$ 30.

Até o momento não há qualquer pronunciamento por parte da Nokia sobre seu primeiro celular lançado na era pós-Microsoft, sendo necessário aguardarmos para vermos se o dispositivo virá à público já na IFA 2016 que acontece na próxima semana ou se precisaremos esperar até o último trimestre do ano para sabermos tudo sobre os planos da companhia para sua volta triunfal ao mercado de dispositivos móveis.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

As cidades brasileiras com maior número de dispositivos infectados por hackers

Os brasileiros precisam estar cada vez mais atentos com a segurança digital dos seus computadores e celulares. Um relatório da Norton by Symantec revela que o país é o terceiro com mais dispositivos infectados por hackers através de bots.
O país também se destacou como sendo o mais afetado da América Latina, com 37% dos equipamentos infectados. As cidades de São Paulo (36,3%), Rio de Janeiro (20,74%) e Curitiba (6,29%) concentram a maior parte das infecções no país. Além disso, a capital paulista é a segunda com o maior número de dispositivos infectados, ficando atrás somente da Cidade do México.

Veja as dez cidades brasileiras e da América Latina que mais sofrem ataques hackers:

Apenas em 2016, foram identificados mais de 6,7 milhões de dispositivos que foram adicionados à rede global de botnets – os bots são dispositivos conectados à internet infectados com malware que permitem que hackers assumam remotamente o controle de muitos dispositivos ao mesmo tempo –, sendo que mais de 689…

Como recuperar fotos apagadas do Instagram

(Foto: Reprodução)
Como recuperar fotos apagadas do Instagram


Caso você tenha apagado uma foto bacana do Instagram e queira recuperá-la, existem duas possibilidades de fazer isso, embora nenhuma delas garanta que sua imagem será de fato recuperada.

Abaixo explicamos de duas maneiras como encontrar uma foto que você já postou no Instagram. Uma delas depende do Facebook, enquanto a outra aposta na câmera do seu smartphone para resgatar imagens antigas.

Pelo Facebook

Caso você tenha vinculado sua conta do Instagram ao Facebook e costume postar as fotos nas duas redes simultaneamente, é bem provável que a foto removida do Instagram também esteja no seu Facebook.

Para encontrá-la, entre no seu perfil na rede social de Zuckerberg e procure pelos álbuns de fotos. Um deles chama "Instagram Photos" e conta com todas as imagens enviadas ao Facebook por conta do Instagram. Lá dentro, é só procurar a foto que você quer no meio delas.

Nas fotos do seu smartphone

Caso você mantenha ativada a opçã…

GoPro revela a Hero 6 Black, sua nova câmera top de linha

(Foto: Reprodução/Mashable)
GoPro revela a Hero 6 Black, sua nova câmera top de linha

A GoPro anunciou uma nova geração de sua tradicional câmera de ação. A Hero 6 Black chega para suceder a Hero 5 revelada no ano passado e traz uma série de novas capacidades para a câmera em termos de captura de imagem e conectividade.

Em termos de imagem, os usuários vão poder aproveitar a nova tecnologia para registrar vídeos em resolução 4K a uma taxa de 60 quadros por segundos. O modelo anterior só conseguia registrar 30 quadros por segundo nessa resolução. Além disso, quem preferir registrar vídeo em HD poderá aproveitar uma taxa de até 240 quadros por segundo, enquanto o antecessor só chegava a 120.

Já sobre conectividade, a chegada do suporte a redes Wi-Fi de 5 GHz será bem-vindo para quem já fez a transição para um roteador mais recente, com padrão 802.11ac. Isso pode permitir maiores taxas de transferência, o que é sempre uma boa notícia.

Outras mudanças incluem a melhoria na estabilização de ima…