Digio ou Nubank? Veja comparativo entre cartões de crédito sem anuidade

(Foto: reprodução)
Digio ou Nubank? Veja comparativo entre cartões de crédito sem anuidade


O Nubank se tornou o queridinho da internet brasileira nos últimos tempos. O cartão de crédito atraiu o público com um atendimento diferenciado, sem anuidade e tarifas e com facilidades digitais que outros cartões não ofereciam, peitando grandes bancos brasileiros e conquistando público. Assim, não é surpresa que seu modelo tenha sido copiado, como é o caso do recém-lançado Digio, criado com uma parceria entre Banco do Brasil e Bradesco.

Uma boa parte dos diferenciais que faziam o Nubank foram aplicados na criação do Digio, incluindo a facilidade de cadastro, gerenciamento online e ausência de anuidade. Mas ele realmente tem o que é preciso para enfrentar o adversário “roxinho”? Comparamos o que as duas empresas prometem publicamente em seus sites ou que já divulgaram publicamente por meio de imprensa.


Juros

O Nubank oferece juros no rotativo, que é quando o usuário paga apenas um valor mínimo, e o restante não-pago é jogado para a fatura do mês seguinte com juros adicionais. O percentual de juros acrescidos neste caso varia de cliente para cliente, entre 2,5% e 14% ao mês, sendo que a média é de cerca de 7%. O Nubank também oferece opções de parcelamento de dívida, que é o que a empresa recomenda em caso de não-pagamento da fatura completa, mas a taxa de juros envolvida neste caso não é divulgada no site.

O Digio não tem rotativo, o que significa que você não pode pagar só uma parte e pagar juros sobre o restante no mês seguinte. A empresa, no entanto, oferece a opção de parcelamento da fatura com juros de 7,9% ao mês no próprio aplicativo. Quem não pagar, terá que lidar com uma taxa de juros de 11% ao mês.

Bandeira

O Nubank oferece seus cartões com a bandeira Mastercard, enquanto o Digio oferece cartões Visa. É uma questão de pesar quais vantagens cada uma das bandeiras oferece.

Tarifas

Ambos têm tarifas reduzidas (praticamente zero em todos os casos), mas na comparação o Nubank leva uma pequena vantagem em um único quesito. Enquanto o Digio oferece uma avaliação emergencial de crédito de R$ 5, o Nubank não cobra por este recurso. Esta avaliação é feita quando você tenta realizar uma compra, mas estoura o limite do cartão, e a empresa precisa decidir se aprova ou não a transação.

Clareza

Para fazer este comparativo, nós entramos nos sites das duas empresas procurando pelas informações de tarifas e taxas de juros aplicadas em cada uma das situações. Sentimos que o Digio foi um pouco mais direto em revelar quais são os seus custos e taxas, resumindo-as com uma tabela simples, enquanto o Nubank não é tão óbvio.

Facilidade de registro

O Digio possui uma vantagem sobre o Nubank por não possuir uma fila de espera para aquisição do cartão, embora ainda haja avaliação de crédito envolvida no processo. O cadastro é muito simples em ambos os casos, no entanto



Digio Link: http://digio.com.br/

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa