Nokia quer conduzir operadoras rumo à 5G

Fornecedora amplia importância de serviços de consultoria para garantir seu quinhão no fornecimento das próximas redes móveis.



O CEO da Nokia, Rajeev Suri (Foto: Divulgação)

A Nokia anunciou hoje, 06, que pretende assumir um papel de condutora das operadoras na transição necessária para chegarem à oferta de serviços em redes móveis de quinta geração. Para isso, ampliará o escopo de sua atuação como consultora das teles, traçando planos detalhados para adoção de novas tecnologias de modo paulatino, até que a 5G esteja, por fim, completamente funcional.

“Não haverá o ‘dia um’ da 5G, mas uma transição imperceptível da 4G (LTE) para a 4,5G Pro (LTE-A Pro), para a 4,9G, para finalmente se chegar na 5G. A cada novo degrau, novas oportunidades aparecem para os usuários e as empresas”, garante Rajeev Suri, CEO da companhia Finlandesa. O executivo participa hoje, 06, do evento CTIA Super Mobility 2016, que acontece em Las Vegas, nos Estados Unidos.

O novo posicionamento da fabricante, que passa a se mostrar menos como fornecedora e mais como responsável pelo planejamento tecnológico das operadoras, vem com o lançamento do que chama de Serviços de Aceleração da 5G. O serviço consiste em planejar a rede do futuro das teles com um roadmap de transformação digital único para cada empresa. O plano prevê desde estratégias de obsolescência de serviços, à gestão do espectro e construção de infraestrutura conforme o business case que a operadora deseja.

Com a iniciativa, a Nokia quer garantir que a transição para a 5G aconteça e que se dê tão logo as padronizações mundiais sejam publicadas. A estratégia buscar enfatizar que as teles precisam investir no LTE-Advanced e Advanced Pro antes de chegar à quinta geração. Esse tipo de atuação faz parte do Bell Labs Consulting, o braço de aconselhamento do instituto de pesquisa Bell Labs, lançado em 2015 e adquirido junto com a Alcatel no começo deste ano. (Com assessoria de imprensa)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa