Tor sugere que usuários deixem de acessar a Deep Web pelo Windows




Tor sugere que usuários deixem de acessar a Deep Web pelo Windows

Navegar na Deep Web ficou ainda mais inseguro nos últimos tempos. Após a identificação de uma falha no Tor Bundle, pacote que inclui o navegador Firefox 17 e uma série de configurações de privacidade, o próprio Tor, por meio de comunicado oficial, recomenda aos usuários que deixem de usar o Windows para utilizar o serviço.

O problema de segurança é causado por uma falha no JavaScript, que permite a identificação do usuário, enviando seu número de MAC e seu hostname para outros servidores, além de permitir controlar remotamente o máquina, mas o problema atinge apenas os usuários do sistema da Microsoft. A rede Tor se vale do total anonimato e privacidade, então é fácil entender o motivo de tanta preocupação.

A falha estava sendo explorada por hackers, não se sabe oficialmente com qual objetivo, por meio de vírus distribuídos em sites da Deep Web. Estipula-se que possa ser uma forma de monitoramento e espionagem para identificar possíveis criminosos atuando na rede.

"Deixar o Windows é provavelmente uma boa medida de segurança por muitos motivos", avisa o comunicado de segurançapostado na última segunda-feira. Eles sugerem o uso de um "live system", sistema operacional que roda diretamente de uma mídia removível, como o Tails, que já utiliza de forma nativa a rede Tor.

Além disso, outra recomendação é a desativação do Javascript, que é um dos maiores vetores de ameaças, tanto na superfície, quanto na Deep Web.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa