Como fazer jailbreak no iOS 9.3.3

Para que se possam adquirir produtos fora da Apple Store, os usuários de produtos da empresa podem efetuar o jailbreak.

Os dispositivos eletrônicos da Apple são ícones no mundo todo. Tablets, celulares, dispositivos multimídia e computadores são facilmente reconhecidos pelo ícone da maçã em sua parte traseira. Tão reconhecidos que são chamados pelos nomes dos aparelhos: iPad, iPhone, iPod, Mac e Macbook. São produtos que indicam um certo status e seus designs arrojados indicam bom gosto, além da qualidade atestada pelos produtos da empresa fundada por Steve Jobs. O iOS é o sistema operacional no qual permite que esses produtos funcionem. No entanto, esse sistema operacional permite que o download de softwares seja feito apenas através de uma plataforma da empresa, ou seja, da Apple Store. Para adquirir a licença de tais produtos, pode ser cobrado um valor ou pode ser baixado gratuitamente. Mas também há possibilidade de realizar jailbreak. O que é o jailbreak?

O jailbreak permite que se baixe apps via instaladores não oficiais, assim como apps adquiridos através de pirataria. Ainda, permitem que se utilizem funções que a Apple não disponibiliza para seus aparelhos. Jailbreak em tradução livre do inglês, significa "fuga da prisão". Os jailbreaks são lançados por grupos de hackers e não são considerados ilegais.


Dois são os principais tipos de jailbreak: tethered e untethered. O primeiro, tethered, é limitado e temporário. Quando você desliga e liga (ou seja, faz um boot) no aparelho, o sistema volta ao normal e o jailbreak é anulado. Tal desbloqueio só se mantém caso o usuário conecte o aparelho a um computador antes de reiniciar.

O jailbreak untethered não tem esse mesmo problema, logo, você não precisa estar com seu aparelho conectado à um computador para reiniciá-lo. O desbloqueio se manterá ativo assim como também serão mantidas as suas funcionalidades.

Ainda, existe o jailbreak semi-tethered, onde você não perde todas as funcionalidades ao reiniciar o aparelho, mas terá que repetir alguns procedimentos para ter o desbloqueio das funções.

Prós e contras de se fazer um jailbreak


O jailbreak é uma modificação no software do sistema operacional. Com isso, pode-se trazer benefícios e malefícios.

O maior dos benefícios do jailbreak é justamente o acesso a Apple acaba limitando quando você mantém o seu dispositivo com as características de fábrica. Dentre essas funções, podemos citar, por exemplo, àqueles dispositivos comprados em países nos quais a Apple tem um acordo com alguma operadora específica, de maneira que o aparelho só possa ser utilizado naquela operadora.

Em contrapartida, com a "abertura" do dispositivo, o próprio fica mais suscetível a ataques de terceiros, através de malwares, por exemplo. Ainda, no que tangem a atualizações de apps originais, o usuário acaba sendo bloqueado para elas. Também podemos falar que os usuários podem acabar sofrendo com lentidão do sistema e travamento dos dispositivos.

A legalidade do jailbreak.



Como dito anteriormente, o jailbreak não é ilegal. Segundo a DMCA (Digital Millennium Copyright Act, ou Lei dos Direitos Autorais do Milênio Digital), o usuário tem o direito de fazer o que bem entender depois que adquiriu o aparelho.

No entanto, a Apple não pensa da mesma maneira. Cada vez mais, os dispositivos e os sistemas operacionais vem sendo confeccionados e programados de maneira a dificultar o jailbreak. Ainda assim, os grupos que programam esses jailbreaks não demoram muito para disponibilizá-los, considerando o lançamento das atualizações pela Apple.

Aqueles que defendem o jailbreak consideram que fazer o desbloqueio não é nada além de justo, uma vez que você investiu uma boa quantidade de dinheiro no aparelho e deve poder utilizar todas as funções que forem possíveis para tal.

O jailbreak não deve ser considerado sinônimo para pirataria. Pode ser utilizado para tal, mas isso depende das intenções do usuário. O grupo que começou a disponibilizar os jailbreaks, o iPhone Dev-Team, se coloca amplamente contra a pirataria e não aceita doações.

Esse mesmo grupo começou a disponibilizar jailbreaks de maneira que eles só façam o desbloqueio sem alterar algumas configurações originais do aparelho. A razão disso é que o jailbreak faz com que o dispositivo perca a sua garantia. Então, o usuário ao resetar o sistema operacional, retorna a sua configuração original de fábrica, revertendo o desbloqueio. Dessa maneira, o usuário pode levar o seu dispositivo para uma assistência sem que haja maiores problemas.

Como fazer o jailbreak no iOS 9.3.3

O último jailbreak disponível é para a versão do iOS 9.3.3. E foi disponibilizado pelo grupo PanGu, o idioma é o chinês, mas seguindo o passo-a-passo aqui você consegue efetuar o desbloqueio.
Conecte seu dispositivo em um PC com Windows ou em um Mac que esteja rodando Windows. O iTunes precisa estar instalado no sistema
Desligue o "Find my Phone" (Ajustes > iCloud; depois, desative a opção).
Baixe o jailbreak através da página da PanGu.
Instale o PP 5.0 tool. Clique no botão para autorizar e o app se abrirá ao fim do processo.
No app, clique no botão verde para que se faça o download dos recursos necessários.
Se for solicitado, informe seu Apple ID – não necessariamente a da sua conta (recomenda-se a criação de outra). Ao fim do processo, clique no botão verde para continuar.
Toque na página de gerenciamento de dispositivo e autorize a finalização da programação selecionando "Confiar".
Volte para a tela inicial e abra o jailbreak.
Ative as notificações
Abaixo do circulo há uma caixa. Desbloqueie-a.
Toque no círculo, bloqueie o dispositivo e espere que o sistema atualize as informações.
Seu dispositivo desbloqueado está pronto para uso!

Por ser semi-tethered, essa atualização requere que você refaça do passo 11 em diante todas as vezes que você reiniciar o dispositivo.

Também foi disponibilizado uma atualização para dispositivos 64-bits que não precisam estar conectados a um computador.
No Safari, acesse aqui.
Toque em Install e aguarde a instalação do PP.
Abra o app PP e aperte OK
Abaixo do círculo há uma caixa. Desmarque-a.
Toque no círculo e assim que iniciar o processo, bloqueie o dispositivo.
Assim que houver notificações na tela bloqueada, você deve aguardar a compilação do Cydia e seu dispositivo estará pronto para uso.

Essa atualização também é semi-tethered e o passo 6 em diante devem ser refeitos a cada reinicialização do aparelho.

Recomenda-se que você faça um backup de seus dados na iCloud depois de que o jailbreak seja efetuado.

Não esqueça-se que o procedimento é por sua conta e risco, e não nos responsabilizamos por danos causados em seu aparelho.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa