Google lança Smartphone Pixel Com Supercâmera e preço de iPhone 7


(Foto: Reprodução)
Google lança smartphone Pixel com supercâmera e preço de iPhone 7


Demorou, mas chegou. O Google anunciou nesta terça-feira, 4, o lançamento do smartphone Pixel. O aparelho chega em duas versões ao mercado e pronto para encarar outros smartphones premium das principais fabricantes da atualidade. 

Ainda sem previsão de chegar ao Brasil, nas configurações de entrada, com 32 GB de armazenamento interno, o Pixel sai a partir de US$ 649 - o mesmo preço do iPhone 7. O Pixel XL, que se diferencia principalmente pelo tamanho da tela, custa a partir de US$ 769. Nos modelos de 128 GB, o preço salta para US$ 749 e US$ 869, respectivamente.

Hardware

Os modelos contam com configurações de respeito. Rodando Android 7.1 Nougat, o Pixel traz processador Snapdragon 821 quad-core, sendo dois núcleos com 2,1 GHz e outros dois com 1,6 GHz, além de 4 GB de memória RAM LPDDR4. O espaço interno pode ser de 32 GB ou 128 GB sem possibilidade de expansão por cartão microSD.

A bateria, por sua vez, varia de acordo com o modelo do aparelho, sendo de 2.770 mAh para o Pixel, com tela de 5 polegadas e de com resolução em Full HD, e de 3.450 mAh para o Pixel XL, que ainda conta com tela de 5,5 polegadas com imagens em 4K.

Design

O design dos aparelhos segue uma linha mais minimalista e moderna. O Pixel pesa 143 gramas mede 1143.8 mm x 69.5 mm x 8.6 mm em termos de largura, altura e profundidade respectivamente. modelo XL é mais robusto: pesa 168 gramas e mede 154.7 mm x 75.7 mm x 8.6 mm.

Eles chegam em três cores diferentes, Very Silver, Quite Black e Really Blue -- esta última, em edição limitada, à venda somente nos Estados Unidos.


Câmera

A câmera é a melhor já feita de acordo com o ranking DxOMark, considerado um dos mais confiáveis do mercado. Ela registrou 89 pontos no portal especializado na análise do componente e ficou na frente de aparelhos como HTC 10, Samsung Galaxy S7 e iPhone 7, por exemplo. O Google promete que o celular irá registrar boas imagens, principalmente por que conta com recursos específicos que facilitam a captação de cores e reduz os ruídos, principalmente em ambientes com pouca luminosidade.

Em números, ela traz sensor de 12,3 MP na parte traseira com abertura de f/2.0 e gravação de vídeos em 4K. Apesar da quantidade de megapixels ser modesta, o componente promete boas imagens já que conta com recursos específicos que facilitam a captação de cores e reduz os ruídos, principalmente em ambientes com pouca luminosidade. Vale lembrar também que esse não é o único ponto para definir a qualidade de uma câmera.

Além disso, o equipamento tem HDR Plus por padrão, o que vai agilizar o componente na hora do registro fotográfico. A ideia da fabricante é fornecer a câmera mais rápida existente no mercado. 



Para o armazenamento das fotos e vídeos, o Google anunciou que seu smartphone terá um ambiente virtual gratuito e ilimitado usando recursos de cloud. É importante lembrar que é necessário possuir conexão com a internet que os arquivos sejam guardados virtualmente. 


Inteligência artificial

Um dos destaques do aparelho é a assistente virtual que atende comandos de voz e que facilita a busca por imagens e informações complexas na internet dentro de sites específicos. Ela também grava as preferências de aplicativos do usuários.

A função parece ser a mais moderna lançada até hoje em um smartphone, sendo que a assistente consegue até mesmo identificar o conteúdo da própria tela do telefone (como de mensagens de texto) para facilitar na busca.


Googe Duo

O Google Duo é outro aplicativo bastante interessante do smartphone apresentado com mais detalhes nesta terça-feira. Ele permite chamadas em vídeo com dispositivos Android e iOS. Dessa forma, a empresa norte-americana aposta que a ferramenta tem boas chances de desbancar o FaceTime, app exclusivo dos donos de aparelhos da Apple.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa