O Pixel funciona no Brasil? Saiba se você pode importar o celular do Google

(Foto: Reprodução)
O Pixel funciona no Brasil? Saiba se você pode importar o celular do Google

O Google Pixel é o smartphone do momento, mas ele tem uma característica muito chata: não está disponível no Brasil. A julgar pelo fato de que a HTC, que fabrica o aparelho sob as ordens do Google, não tem qualquer atuação por aqui, é possível questionar se algum dia o Pixel chegará ao território nacional.

O histórico recente do Google com lançamento dos aparelhos Nexus também não é favorável, já que Nexus 6, 5x e 6p também não chegaram até aqui, mesmo produzidos por Motorola, LG e Huawei, que operam normalmente no Brasil.

Isso não significa que os brasileiros não possam usar o celular no país. A boa notícia é que o aparelho é plenamente compatível com a rede brasileira, então basta encontrar um jeito de importar o smartphone, comprando durante uma viagem, adquirindo de um site que entregue no Brasil ou recorrendo a algum importador.

Para verificar isso, recorremos ao site oficial do Pixel, que traz as informações de quais frequências e bandas de LTE funcionam com o aparelho. Felizmente, a banda 7, referente à frequência de 2600 MHz usada no 4G brasileiro, funciona com o Pixel. 

Isso também acontece com a banda 28, da frequência de 700 MHz. A frequência ainda não é adotada pelo 4G nacional (está em fase de testes ainda), mas o plano é que isso aconteça nos próximos anos. Assim, se você comprar o Pixel lá fora, ele funciona com o atual 4G brasileiro e com o futuro também.


Agora fica a dúvida: os brasileiros precisarão recorrer à importação independente para usar o Pixel no Brasil, ou o Google lançará o aparelho oficialmente por aqui? A empresa ainda não se manifestou, então esta ainda é uma pergunta sem resposta.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa