Studio+, a Netflix da Vivo


(Foto: Reprodução)
Veja como funciona o Studio+, a Netflix da Vivo

A Vivo lançou oficialmente nesta semana a sua própria versão da Netflix. Chamado Studio+, o aplicativo está disponível para dispositivos Android, iOS e também pode ser acessado pelo PC e pela televisão. Por enquanto, há 20 séries disponíveis na plataforma com temporadas completas, mas a operadora promete a chegada de séries como "Viral", do Porta dos Fundos, em breve.


O diferencial do Studio+, de acordo com a própria operadora, é a possibilidade de uso sem internet. Ao se conectar a uma rede Wi-Fi, o app baixa o vídeo e o mantém armazenado no celular. Para acessar o serviço, exclusivo para clientes da operadora, é preciso baixar o app e se cadastrar.

A interface do app lembra a da Netflix, mantendo, inclusive, o mesmo esquema de cores. É possível pesquisar por título, por gênero ou procurar manualmente as novidades. A aba "Em breve" mostra o que chega à plataforma nas semanas seguintes - a Vivo promete uma estreia por semana - e ao clicar em uma série, o usuário consegue saber mais sobre ela.


O serviço, é importante lembrar, é pago. O usuário pode contratá-lo em duas versões: semanal, por R$ 3,99, ou mensal, por R$ 12,90. Assinando o primeiro pacote, é possível experimentar o Studio+ por 7 dias, enquanto a assinatura do mês dá direito a um mês de graça, de um jeito parecido com o Netflix.

Apesar dos esforços do app, dá para perceber que o Studio+ é um serviço ainda prematuro. Há poucas opções de séries, episódios e temporadas, o que pode acabar não justificando uma assinatura mensal.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa