Alcatel confirma chegada do Idol 4S em mais países



A Alcatel discretamente anunciou o Idol 4S, um smartphone com Windows 10 Mobile e Snapdragon 820, que logo chamou atenção do público. Este aparelho fez tanto sucesso que, mesmo sendo mais recente, conseguiu se tornar mais popular do que o HP Elite x3. Agora, rumores indicam que a empresa irá aproveitar o bom momento para disponibilizar o Idol 4S em mais países além dos Estados Unidos.

Atualmente o smartphone da Alcatel é exclusivo da operadora T-Mobile nos Estados Unidos, porém o perfil francês da empresa publicou um tweet onde revela planos de disponibilizar o Idol 4S também na Europa. Isso deve alegrar os fãs do Windows 10 Mobile, já que com isso terão um smartphone com configurações top de linha, além de também ser um belo concorrente ao Elite x3.



Especificações técnicas



Tela de 5,5 polegadas
Resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) para a exibição de conteúdo
4 GB de RAM
64 GB de memória para o armazenamento interno
Entrada para cartão microSD de até 32 GB
Chipset Qualcomm Snapdragon 820
Processador de quatro núcleos Kryo rodando em até 2,0 GHz
Adreno 530 como placa gráfica
Câmera principal de 21 megapixels (sensor Sony IMX230, gravação em 4K e PDAF)
Câmera frontal de 12 ou 8 megapixels (sensor Omnivision OV8850 e lentes grande-angulares)
Leitor de impressões digitais integrado no painel posterior
Porta USB-Type C
Sistema operacional Windows 10 Mobile

Infelizmente, nada foi falado sobre a chegada do Idol 4S no Brasil. Como a empresa comercializa alguns aparelhos por aqui, é possível que este smartphone chegue em algum momento, porém não há qualquer previsão. De qualquer forma, pelo preço de US$ 469 (R$ 1,5 mil, em conversão direta) pode ser uma boa alternativa aos smartphones tops de linha com Android.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa