Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar


Nos últimos dias, estão surgindo relatos de problemas com o Google Pixel e Pixel XL, cada vez com mais frequência. Há um defeito conhecido nos alto-falantes do dispositivo, e uma falha na câmera já relatados aqui no TudoCelular.

O Pixel possui leitor biométrico na parte traseira do dispositivo. Por conta disso, muitos usuários pediram que algum recurso fosse disponibilizado para facilitar a consulta à presença de notificações ou o relógio quando a tela está apagada. Há algumas semanas, uma atualização incluiu o toque duplo para despertar no dispositivo.

Entretanto, agora os usuários estão relatando problemas com a função. Ao que parece, quando o smartphone está em modo Doze, o toque duplo não funciona corretamente. O mesmo quando a tela acabou de apagar e o bloqueio ainda não foi ativado.


Nesses casos, para acender a tela do aparelho, é necessário apertar o botão liga/desliga ou ativar a leitura da digital, que era a reclamação inicial dos usuários antes de o Pixel receber o recurso de toque duplo para despertar.

O Google já está ciente do problema e pediu aos usuários que enviem comentários por meio do menu de configurações, na aba Sobre o telefone. Não foi especificado se os desenvolvedores já estão trabalhando em uma correção, mas é possível que sim.


Solução paliativa


O site 9To5Google notou que o problema nos dispositivos Pixel aparece geralmente quando a tela ainda não está bloqueada. O padrão de boa parte dos smartphones Android é que o bloqueio só ocorra cinco segundos após o apagamento do display.

Isso dá tempo suficiente para reacender e continuar usando normalmente caso você esteja em meio a uma leitura, por exemplo.

O usuário pode reconfigurar para que o bloqueio seja imediato ao apagar a tela. Para isto, basta ir até o menu Configurações > Bloqueio de Tela > Bloquear automaticamente.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa