Postagens

Mostrando postagens de Julho 20, 2016

Japonesa SoftBank compra britânica ARM por US$ 32 bilhões

Imagem
A semana começou com uma grande aquisição no mercado de tecnologia. A companhia de telecomunicações japonesa SoftBank comprou a fabricante britânica de microprocessadores ARM por US$ 32 bilhões (£ 24,3 bilhões), de acordo com comunicado dos dois grupos. Com a aquisição, as ações da ARM na bolsa de valores de Londres dispararam mais de 40%. Segundo analistas, a ARM é considerada uma empresa muito bem vista aos olhos de investidores, o que também contribuiu para que a SoftBank optasse pela aquisição. "Admiramos há muito tempo a ARM como uma empresa de extrema reputação no setor de tecnologia", declarou Masayoshi Son, presidente da telecom. A transação ainda foi recomendada pelos conselhos de administração de ambas as empresas e deverá ser concluída até o final do terceiro trimestre de 2016. Além de fornecer componentes para os iPhones da Apple, a ARM é dona de diversas patentes utilizadas por grandes empresas de tecnologia. Qualcomm, Apple e Samsung são algumas das companhias …
Huawei e Telefônica fecham acordo de inovação para rede 5G 

 A chinesa Huawei e a Telefônica, assinaram um acordo para o desenvolvimento conjunto da próxima rede de acesso (NG-RAN) da quinta geração de redes móveis. A parceria representa mais um passo da cooperação 5G entre as empresas, que foi iniciada no ano de 2015. Com a nova rede, os usuários poderão desfrutar de maior e melhor conectividade, beneficiando o desenvolvimento da internet móvel e da Internet das Coisas (IoT). Atualmente há diversos aplicativo que precisam de uma taxa de transferência alta, baixa latência e conexão massiva. Com isso, há uma necessidade de revolução na atual rede de celular. Empresas de telecomunicações estão procurando maneiras para aumentar a cobertura e a capacidade da rede, além de reduzir o custo e simplificar a manutenção, economizando energia e melhorando a eficiência e a flexibilidade. "A Telefônica possui compreensão das futuras tendências da rede móvel, enquanto a Huawei está investindo …