Postagens

Mostrando postagens de Julho 27, 2016

App do Android vai identificar chamadas spam

Imagem
App de telefone do Android vai identificar chamadas spam



O Google adicionou um novo recurso ao Android, que promete ajudar os usuários a não acabarem atendendo chamadas de números que não conhecem e perderem horas em uma ligação de vendas, por exemplo.



A última grande atualização do aplicativo de chamadas tinha sido em 2013, quando o Google adicionou o ID de chamadas recebidas de empresas. Agora, ele foi aprimorado para evitar chamadas spam.

De acordo com o Google, o novo recurso vai permitir que os usuários bloqueiem o número e relatem o spam, dando a entender que a empresa vai utilizar os dados dos usuários para reconhecer fontes de chamadas indesejadas. Vale lembrar que a Apple também está preparando um recurso semelhante que evita chamadas spam no iOS 10.

Google lança serviço de emergência para Android

Imagem
(Foto: reprodução)
Google lança serviço de emergência para Android



Apesar de as empresas oferecerem acesso rápido às chamadas de emergência, algumas vezes a situação impede a pessoa de passar muitas informações para o serviço de emergência da polícia, de saúde ou dos bombeiros.

Foi pensando nisso que o Google decidiu adaptar essa função no sistema operacional Android. Agora, quando o usuário discar o número de emergência, o celular irá usar sinais de Wi-Fi, GPS e dados de torres de telefonia para determinar a localização exata da pessoa, incluindo em ambientes internos, e enviará as informações para os socorristas.

A nova função não está disponível para todos os usuários, pois depende da infraestrutura dos fornecedores de serviços móveis e do serviço de emergência local. Por conta disso, a empresa está fazendo parceria com operadoras para conseguir expandir o Emergency Location Service.

Vírus para Android já afetou 850 mil dispositivos; saiba se proteger

Imagem
(Foto: Reprodução) Vírus para Android já afetou 850 mil dispositivos; saiba se proteger



A empresa de segurança Trend Micro descobriu um malware capaz de comprometer praticamente qualquer dispositivo que rode o Android Lollipop ou versões anteriores do sistema. Apelidado de Godless, o arquivo utiliza um software para fazer root – ou seja, se tornar administrador do sistema e acessar partes do Android inacessíveis a um usuário comum – e tomar o controle do dispositivo.

De acordo com a companhia de segurança, os apps relacionados à ameaça podem ser encontrados em lojas de aplicativos como a Google Play. O malware já afetou mais de 850 mil dispositivos em todo o mundo.

Evolução

Em versões anteriores do malware, os aplicativos continham um exploit binário local chamado libgodlikelib.so, que usa um código de exploit a partir do android-rooting-tools.

Quando é feito o download desses apps maliciosos, o malware aguarda até o momento em que a tela do dispositivo afetado é desligada antes de seguir…

Navegador para Android permite fazer o download de vídeos do Facebook

Imagem
APLICATIVOSOPERA

A versão para Android do navegador Opera Mini acaba de ganhar uma atualizaçãp bem útil para quem não quer esgotar o plano de dados com o Facebook. O browser passou a permitir que os usuários façam o download de vídeos da rede social.

A função permite o download a partir de de diversos sites, na realidade, especialmente os que usam reprodutores compatíveis com vídeos em .mp4 e .webm, entre outros formatos. Sites que usam players próprios, como o YouTube, estão fora dos limites.

O próprio Facebook testa um recurso que pode permitir o download de vídeos da plataforma, assim como o aplicativo do YouTube. Nesses casos, porém, o arquivo ficaria localizado no seu smartphone para ser visto apenas uma vez.

Apple 'encolhe', e vendas de iPhones despencam 15%

Apple 'encolhe', e vendas de iPhones despencam 15%

O iPhone não é mais o mesmo. O smartphone que sustentou por tantos anos um crescimento rápido e forte das receitas da Apple segue uma trajetória descendente em vendas e faturamento. A empresa anunciou nesta terça-feira, 26, que o terceiro trimestre fiscal em 2016 (o segundo trimestre do calendário comum) teve uma queda de 15% nas vendas na comparação com o mesmo período de 2015.

Isso não quer dizer que a empresa vai mal das pernas, muito pelo contrário. O iPhone ainda teve 40,4 milhões de unidades vendidas e gerou receitas de US$ 24 bilhões, o que ainda impressiona. No entanto, os números já foram maiores, e mostram uma desaceleração no interesse pelos produtos da Maçã, embora o mercado de smartphones como um todo esteja reduzindo. Isso pode se tornar preocupante para a empresa no longo prazo se a tendência continuar.

O grande problema é que apesar de ainda faturar horrores (US$ 42 bilhões no trimestre) e lucrar muito (US$ 7,…