Postagens

Mostrando postagens de Agosto 19, 2016

Galaxy Note 7 por dentro

Imagem
(Foto: reprodução)
Como todos os grandes lançamentos eletrônicos, o Galaxy Note 7 passou pelo já tradicional processo de desmonte do iFixit sob o pretexto de descobrir o quão "consertável" é o aparelho (uma desculpa para ver como é o smartphone por dentro). Os detalhes são interessantes para quem gosta de conhecer os eletrônicos de uma forma mais íntima.


Primeiramente, o celular recebeu uma nota fraca de 4 em 10 na escala de reparabilidade, o que não é bom, mas poderia ser pior. Os problemas incluem a dificuldade em trocar a tela curva e o uso de um adesivo muito forte no vidro traseiro que atrapalha o acesso aos componentes internos do aparelho.

O Note 7 é à prova d'água, com certificação IP68. O processo de desmonte mostra que isso foi alcançado usando muita cola e borracha em pontos estratégicos do dispositivo, o que ajuda a manter a água e a poeira longe, mas não é muito bom quando você está tentando abrir o aparelho.


Também é interessante ver que o scanner de íris impl…

Huawei destrona Xiaomi no mercado de smartphones chinês

Imagem
(Foto: Reprodução) Huawei destrona Xiaomi no mercado de smartphones chinês

O mercado de smartphones enfrenta um período de competitividade tão feroz que, no último trimestre, houve uma mudança drástica no ranking das empresas que mais vendem no país.

A Xiaomi, que liderava o setor no segundo trimestre do ano passado com 16,1% de participação no volume de vendas geral, viu seus números despencarem 38,4% e acabou ficando na quarta posição em 2016, de acordo com dados da IDC.

Com isso, a Huawei, antes com 15,6% do mercado, passou ao posto de líder graças a uma alta de 15,2% nas vendas. A companhia vem seguida de perto pela OPPO, que, com um crescimento impressionante de 124,1%, passou à segunda posição; e pela Vivo, que teve alta de 74,7% no período.

A Xiaomi não foi a única a perder espaço na China. O maior mercado de smartphones do mundo também passou a rejeitar a Apple, que viu suas vendas diminuírem 31,7% entre 2015 e 2016.

A líder Huawei vendeu 19,1 milhões de unidades no segundo trimes…