Postagens

Mostrando postagens de Agosto 23, 2016

Novo smartphone da Samsung tem a maior bateria do mercado brasileiro

Imagem
(Foto: Reprodução) Novo smartphone da Samsung tem a maior bateria do mercado brasileiro


A Samsung lançou esta semana no mercado brasileiro o Galaxy A9, mais um modelo para a sua linha de smartphones intermediários mais caros. O principal diferencial do aparelho é a longa duração da bateria, que tem 5.000 mAh (miliampere-hora).

Trata-se da maior capacidade de bateria vendida no Brasil hoje. Como comparação, o modelo mais procurado da Samsung, o Galaxy J5, tem bateria de 3.100 mAh, enquanto o top de linha Galaxy S7 Edge, lançado no início do ano, tem 3.600 mAh.


A Samsung diz que que esses 5.000 mAh do Galaxy A9 garantem uma autonomia de até 20 horas navegando na rede 4G ou 26 horas reproduzindo vídeos, longe da tomada. A recarga, ainda segundo a fabricante, dura 2 horas.

Além disso, o Galaxy A9 vem com uma tela de 6 polegadas Full HD, processador Snapdragon 652 octa-core, 4GB de memória RAM, 32GB de armazenamento interno, câmera de 16MP (com frontal de 8MP) e leitor de impressões digitais.

Samsung pode começar a vender smartphones usados

Imagem
(Foto: reprodução) Samsung pode começar a vender smartphones usados


A Samsung está desenvolvendo um programa oficial de revenda de smartphones, de acordo com uma fonte da companhia ouvida pela Reuters. A ideia é recolher aparelhos de clientes que estão incluídos no plano de atualização anual de smartphones, reformá-los e colocá-los novamente no mercado com um preço mais baixo.

A companhia se recusou a comentar a notícia por considerá-la “especulação”, e a fonte da Reuters não quis falar sobre o tamanho dos descontos a serem aplicados ou sobre os países que seriam incluídos no esquema. É possível, entretanto, que a novidade entre em vigor em 2017.

Se isso acontecer, o programa tornará os tops de linha da Samsung mais acessíveis ao mesmo tempo em que ajudará a companhia a lutar contra a concorrência — principalmente de marcas chinesas —, uma vez que em países como a Índia os consumidores pagam, em média, US$ 90 num smartphone.

Porém, existe o temor de que haja uma canibalização dentro da p…