Postagens

Mostrando postagens de Novembro 17, 2016

Novo app do Google é a melhor forma de digitalizar fotos antigas com o celular

Imagem
(Foto: Reprodução) Novo app do Google é a melhor forma de digitalizar fotos antigas com o celular
O Google lançou nesta semana um aplicativo para Android e iOS chamado PhotoScan. O que ele faz, como o nome sugere, é digitalizar imagens de maneira mais simples do que usar um scanner ou uma multifuncional tradicional.
Nós testamos o aplicativo e podemos garantir que, entre muitas outras ofertas semelhantes, essa é a melhor maneira que você pode encontrar para digitalizar fotos antigas usando o seu celular. Isso graças ao uso perspicaz que o Google faz de inteligência artificial no app.
Para digitalizar uma foto antiga, basta apontar a câmera do seu celular para ela e posicioná-la dentro da moldura. Pode levar alguns segundos até que você encontre a posição correta, mais próximo ou mais longe da foto, e isso requer um pouco de coordenação motora. Não se preocupe com tremidas, porém, já que o app sabe compensá-las.

Em seguida, é só pressionar o botão principal para começar a digitalizaçã…

Smartphones Android estão enviando mensagens para a China secretamente

Imagem
Smartphones Android estão enviando mensagens para a China secretamente
Um firmware instalado em alguns smartphones com Android está monitorando secretamente os seus usuários e até mesmo enviando mensagens de texto com palavras-chave pesquisáveis para um servidor chinês a cada 72 horas.
De acordo com um relatório da empresa de segurança Kryptowire, o software ainda acompanha dados de localização e registos de chamadas, além de ser capaz de baixar aplicativos sem o consentimento dos usuários. 
O software pertence à empresa chinesa Adups Technology Company, que afirma ter o programa sendo executado em mais de 700 milhões de aparelhos, sendo a sua maioria na categoria low-end. A companhia tem parcerias com alguns dos principais fabricantes, como Huawei e ZTE.
O relatório ainda identificou que cerca de 120 mil smartphones da BLU podem estar executando o software. Neste caso, a Adups informou que o programa não era destinado para telefones dos Estados Unidos, mas a fabricante acabou inclui…

AFINAL, ALGUMAS TEORIAS DE CONSPIRAÇÃO ACABAM POR SER VERDADE…

Imagem
De acordo com uma investigação do jornal americano New York Times, alguns smartphones lowcost, com sistema operativo Android, fabricados por empresas chinesas reúnem dados sobre os utilizadores, como listas de contactos, mensagens e a localização. E, de três em três dias, enviam essa informação para os servidores de uma empresa chamada Adups, com sede em Xangai. Segundo essa mesma investigação, uma das marcas afectada foi a Blu, uma empresa com base no estado da Florida, que já vendeu mais de 120.000 terminais com essa "funcionalidade" de um total de cinco milhões de equipamentos vendidos só nos EUA no ano passado.
O problema foi detectado no firmware desses smartphones por uma empresa de segurança chamada Kryptowire, que acrescenta que o software: "para além de permitir identificar utilizadores específicos e mensagens de texto através de palavras-chave, também tem a capacidade de executar comandos remotos com privilégios de administração e também reprogramar o firmwar…

OnePlus 3T está aqui com um processador mais rápido, bateria maior e mais armazenamento

Imagem
O OnePlus 3T traz novas especificações internas, uma opção de cor fresco e novo software para o que já é considerado como um dos melhores telefones que você pode comprar por apenas R $ 400.
Você fica com a mesma construção de alumínio sólido, porta USB-C com traço Charge, sensor de impressão digital e 5,5 polegadas tela AMOLED Optic uma resolução de 1920x1080. O telefone ainda tem 6GB de RAM e armazenamento base de 64GB, além de funcionalidade dual SIM.

As principais mudanças incluem uma mais rápida Snapdragon 821 SoC, maior bateria de 3400mAh, uma câmera de 16MP da frente, e uma variante de armazenamento de 128GB.



Com o hardware adicional, o OnePlus 3T tem visto um aumento no preço para US $ 439, com o modelo de 128GB definido para varejo por US $ 479. Vendas pontapé de saída 22 de novembro.



E com isso, é hora de fazer a notícia!

Ministério Público pede que Google pare de monitorar e-mails do Gmail no Brasil

Imagem
(Foto: Reprodução) Ministério Público pede que Google pare de monitorar e-mails do Gmail no Brasil

O Ministério Público Federal do Piauí entrou com uma ação civil pública pedindo que o Google interrompa imediatamente o monitoramento e a análise de e-mails de usuários do Gmail no Brasil. O órgão pede ainda uma indenização no valor de R$ 1 milhão por dano moral coletivo. O valor será revertido ao Fundo de Defesa de Direitos Difusos.
De acordo com o processo, a empresa descumpre normas brasileiras de proteção de dados. "O Google analisa o conteúdo dos e-mails sem ordem judicial ou autorização expressa, violando direitos da personalidade dos usuários", declara o procurador da República Alexandre Assunção e Silva. O MPF pede a análise do caso em caráter de urgência, por meio de concessão de liminar. 
Segundo o Ministério Público, o monitoramento é feito pela empresa com objetivos comerciais. "Pela lei brasileira, os dados pessoais são invioláveis e só podem ter seu sigilo l…