Postagens

Mostrando postagens de Novembro 18, 2016

Meri pode ser primeiro smartphone da Xiaomi com chip de fabricação própria

Imagem
A Xiaomi pode não ter terminado o ciclo de lançamentos em 2016. A fabricante chinesa pode lançar antes o fim do ano uma nova versão do celular sem bordas Mi Mix, além do Meri, modelo já flagrado em fotos e em teste de benchmark. Agora, um rumor recente aponta que este último pode também ser o primeiro da marca equipado com um chipset de produção própria.
O celular teve um novo teste de desempenho vazado, dessa vez no GeekBench 4.0. Outra vez, o dispositivo apresentou um desempenho baixo, com 758 pontos no teste single-core e 3.105 no multi-core. Tudo indica que ele deve mesmo ser um modelo de entrada.






Segundo os benchmarks vazados até o momento, o aparelho tem as seguintes configurações: Tela de 5,5 polegadas com resolução Full HD (1080 x 1920 pixels)Chipset octa-core de 1,4 GHz de fabricação da própria XiaomiGPU Mali-T8643 GB de RAMMemória interna de 32 GB

Galaxy J2 Prime e J7 Prime: Samsung entra na briga pelo 'preço justo'

Imagem
O Galaxy J2 Prime é o novo celular que a Samsung traz para as lojas do Brasil no fim de 2016. Por menos de R$ 1.000, o smartphone tem como objetivo atrair o público mais jovem e que busca uma opção com preço mais acessível. Outra novidade que chega ao mercado, o Galaxy J7 Prime entra na briga do “preço justo” com nomes de peso, como o Moto G 4 e o Zenfone 3.
Ambos contam com internet 4G e são dual chip, dois requisitos bastante comuns do público consumidor. Os demais detalhes – antecipados pelo TechTudo com exclusividade – você fica sabendo nas linhas a seguir. Eles chegam às lojas a partir de amanhã (18).
Galaxy J2 Prime (foto) e J7 Prime são as novas apostas da Samsung para o segmento intermediário (Foto: Divulgação/Samsung)
Galaxy J2 Prime: o foco é o preço

Custando R$ 799, o Galaxy J2 Prime é o smartphone da Samsung para quem quer pagar “pouco” por um telefone. O adjetivo “pouco” leva em consideração que existem dispositivos na casa dos R$ 4.000, como os Xperia da Sony. Mais do que is…

Nova Atualização do Lumia 650 deve ser lançada pela Microsoft

Imagem
Nova firmware deve melhorar o desempenho do smartphone e deixa-lo superior ao Lumia 640.
Um dos maiores sucesso da linha Lumia são seus dispositivos de entrada, como o Lumia 640, velho dispositivo da linha Lumia mas que consegue ser mais potente do que o seu sucessor Lumia 650, sendo um dos favoritos dos usuários dos smartphones da Microsoft. Entretanto, o fato do 640 ser superior ao modelo 650 é motivo de preocupação para a Microsoft, que lançou uma atualização de firmware para o Lumia 650, que visa ao menos equiparar o desempenho dos dois dispositivos, garantindo também maior estabilidade durante a execução de apps no dispositivo.
A Microsoft, segundo informações, não revelou em seu changelog oficial da atualização quais são as áreas do sistema que serão afetadas com essa nova atualização, também ainda não havendo informações de testes realizados após a atualização que comparem o desempenho de ambos os dispositivos novamente, para que se tenha uma ideia do quão o Lumia 650 pode ter…

Burn-in: conheça e resolva o problema que cria ''fantasmas'' na tela do celular

Imagem
(Foto: Reprodução) Burn-in: conheça e resolva o problema que cria ''fantasmas'' na tela do celular
Você já notou mudanças na tela do seu smartphone? De repente você estava usando o aparelho e percebeu que uma certa sombra na imagem, ou mesmo resquícios de imagens que deveriam estar sendo exibidas naquele momento? Se sim, saiba que seu telefone pode estar sofrendo do efeito burn-in.
Mas tudo bem se você não souber o que é isso. Muita gente não sabe. Chamado também de "efeito fantasma" ou de "screen ghosting", ele está relacionado com um defeito do hardware do aparelho que pode prejudicar a visualização da tela do smartphone afetandoprincipalmente telas AMOLED. Isso acontece por conta de compostos de fósforo das telas que não estão trabalhando como deveriam. Esses compostos são responsáveis por emitir a luz necessária para produzir as imagens. Com o tempo, eles podem acabar perdendo a intensidade e, com isso, apresentar deficiências permanentes, como…

OnePlus apresenta seu novo smartphone top de linha

Imagem
(Foto: Divulgação) OnePlus apresenta seu novo smartphone top de linha

A OnePlus fez algo incomum no mercado de smartphones ao matar seu top de linha menos de seis meses após lançá-lo. Mas isso não significa que a marca ficará sem um aparelho potente para vender. A verdade é que a OnePlus fez isso para substituir o modelo por um ainda melhor. Nessa terça-feira, 15, a empresa chinesa apresentou o OnePlus 3T, que é basicamente o OnePlus 3 em esteroides. Ambos possuem o mesmo design e dimensões, mas o segundo vem com processador, bateria e câmera melhores que os do antecessor.
O 3T carrega um processador Snapdragon 821, da Qualcomm, que conta com quatro núcleos (dois de 2,35 GHz e dois de 1,6 GHz). A placa gráfica é Adreno 530 e o aparelho tem um conjunto com 6 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB para armazenamento. Isso desmente a principal especulação em torno do smartphone, porque o mercado esperava que o 3T viria com 8 GB de RAM.

A bateria — não removível — é de 3.400 mAh, e o aparelho conta…

A radiação de celulares pode fazer mal?

Imagem
(Foto: Reprodução) A radiação de celulares pode fazer mal?
Cada vez mais populares entre usuários de todas as idades, os celulares chegam a se tornar um vício na vida de algumas pessoas. O que muitas delas não pensam, no entanto, é no número de riscos que esse tipo de dispositivo pode trazer.
Nos últimos anos, os médicos têm se mostrado cada vez mais preocupados com possíveis ligações entre o uso constante de celulares e os riscos de desenvolvimento de câncer. "Nas últimas décadas foi realizado um grande número de pesquisas para analisar se as ondas de rádio frequência (RF) colocam em risco a nossa saúde", explica Emilie van Deventer, diretora do Programa de Radiação do Departamento de Saúde Pública, Meio Ambiente e Determinantes da Saúde da Organização Mundial da Saúde.
Van Deventer conta que as pesquisas procuram entender se existem efeitos adversos do uso de celulares, torres de telefonia e conexões Wi-Fi ao ser humano e também ao meio ambiente. No entanto, até agora os …

Apple pode ser investigada por problemas na bateria do iPhone

Imagem
(Foto: Reprodução) Apple pode ser investigada por problemas na bateria do iPhone
Aparentemente, a Samsung não é a única empresa que está tendo problemas com as baterias de smartphones. A China Consumers Association, uma associação chinesa de consumidores, pediu para a Apple investigar falhas em seus aparelhos.
A associação diz ter recebido um "número considerável" de relatos de usuários do iPhone 6 e 6s afirmando que os aparelhos desligam automaticamente ao apresentar um nível de bateria entre 50% e 60% e só voltam a funcionar quando ligados a uma fonte de energia.
As falhas foram percebidas na China, onde o número de consumidores com um dos dois iPhones é alto. No entanto, usuários brasileiros relataram em fóruns, nos últimos meses, sofrer com o mesmo problema.

A Apple ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso, afirma o site da revista Fortune.

Relógio inteligente funciona com o calor do corpo do usuário

Imagem
(Foto: Reprodução) Relógio inteligente funciona com o calor do corpo do usuário

Já pensou ter um dispositivo que não precisa ser carregado nunca? É o que pretendem os criadores do Powerwatch, um relógio inteligente que usa o calor humano do pulso do usuário para funcionar.
Como funciona?
O produto usa o conceito de um circuito gerador termoelétrico para funcionar. Isso significa que ele exige uma fonte constante de calor de um lado e pede que o outro permaneça frio. A diferença de temperatura entre as duas partes é a razão pela qual a tecnologia funciona tão bem em um relógio.

O corpo humano trabalha o tempo todo para manter sua temperatura em cerca de 37°C, externando o calor, que é absorvido pelo Powerwatch durante o uso. O dispositivo conta com dissipadores de calor do outro lado, o que faz com que o projeto funcione perfeitamente.

O calor é convertido em energia e garante o funcionamento do relógio inteligente em todas as suas funções. Quando não está em uso, o aparelho entra em …

Huawei relança o mesmo smartphone com nome diferente e US$ 700 mais barato

Imagem
(Foto: Reprodução) Huawei relança o mesmo smartphone com nome diferente e US$ 700 mais barato
Está ficando cada vez mais difícil lançar produtos diferenciados no mercado de smartphones. Poucos dias após anunciar o Mate 9 e o Mate 9 Porsche, sua nova linha de celulares top de linha, a chinesa Huawei revelou nesta semana o Mate 9 Pro - basicamente o mesmo aparelho, mas com um nome diferente e cerca de US$ 700 mais barato.
A comparação é feita com o Mate 9 Porsche, uma edição especial do Mate 9 que foi patrocinada pela montadora alemã Porsche. Em relação ao Mate 9 "normal", essa versão especial tem uma tela maior (5,5 polegadas) com bordas curvas, além de um botão de início físico como os celulares da Samsung.

Acontece que Mate 9 Pro, anunciado nesta segunda, tem o mesmo design e especificações, mas sem a marca Porsche como patrocinadora. Só por isso, o preço do dispositivo cai de US$ 1.500 (na versão especial) para US$ 775 na versão Pro. É o mesmo processador Kirin 960, a mes…