Tela comprida e nova tendência

Google considera que smartphones com tela comprida são a nova tendência

Google considera que smartphones com tela comprida são a nova tendência

O Google publicou ontem uma dica em seu blog para desenvolvedores Android, e a sugestão deixa ver a opinião da empresa sobre o futuro dos smartphones. Em seu post, o Google sugere aos desenvolvedores que atualizem seus aplicativos para aproveitar melhor o comprimento maior de telas de dispositivos como o LG G6 e o Samsung Galaxy S8.

G6, top de linha da LG anunciado na Mobile World Congress, foi o primeiro aparelho a apresentar o esse formato de tela mais "comprido", com proporçaõ 18:9 (ou 2:1). O Galaxy S8, anunciado ontem, seguiu a mesma trajetória, mas foi ainda mais além: com resolução de 2960 por 1440 píxels, sua tela tem a a proporção extra-longa de 18,5 por 9.

Mais especificamente, a empresa sugere que os desenvolvedores mudem o aspecto de tela máximo suportado pelos seus aplicativos. O Google sugere a mudança para o valor "2,1", o que indica que a empresa não espera ver smartphones muito mais longos do que o S8 chegarem ao mercado (a proporção 18,5:9 do S8 vira 2,055556 na forma com vírgula).

Barras laterais

Caso esse parâmetro não seja incluído, o valor padrão do sistema se manterá em 1,86 (aprooximadamente 16:9, a proporção da tela da enorme maioria dos smartphones), e o aplicativo será mostrado com barras nas laterais ou em cima e embaixo. Mudar o parâmetro, portanto, permite que os desenvolvedores aproveitem melhor o espaço da tela dos dispositivos. 

De qualquer maneira, o aparecimento dessa orientação no blog de desenvolvedores do Android é relevante: indica que o Google espera que outros dispositivos surjam no mercado com telas dessa mesma proporção. Embora de fato a Samsung (e a LG, em menor grau) ditem tendências entre smartphones Android, ainda resta saber se a Apple adotará a mesma estratégia.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa