Pular para o conteúdo principal

Criador do Android apresenta o Essential Phone

De maneira surpreendente, Andy Rubin, o criador do Android, tornou públicos hoje (30) os primeiros hardwares concebidos por ele. Um deles é um dispositivo de IoT que pretende revolucionar o controle da sua casa. O outro é o Essential Phone, um smartphone com design incrível e especificações de ponta que veio para bater de frente com os principais lançamentos do ano.

Além de um hardware de respeito, um dos trunfos do Essential está na parte de fora: sua tela estilo Full Display consegue ser ainda mais incrível do que o Infinite Display visto nos Galaxy S8 e S8+. O trabalho de construção aqui deixa as bordas invisíveis nas laterais e na parte superior do gadget, apenas com a câmera ocupando parte do menu de notificação do sistema.

A tela de CGS/LTPS de 5,71 polegadas é muito bem aproveitada com resolução QHD de 2560x1312 pixels. Apesar do tamanho avantajado, o Essential tem apenas 7,8 milímetros de espessura e pesa menos de 185 gramas. Por dentro, ele traz um Snapdragon 835, 4 GB de RAM e oferece 128 GB para armazenamento, o que deve dar conta do recado para quem busca um aparelho de ponta. Para garantir energia a tudo isso, ele vem com uma bateria de 3.040 mAh.

Essential Phone: o primeiro smartphone do criador do Android Andy Rubin

Confira as especificações desse novo flagship, chamado oficialmente de Essential PH-1:
Tela: CGS/LTPS de 5,71 polegadas proteção Gorilla Glass 5
Resolução de tela: QHD (2560x1312 pixels)
Sistema operacional: Android 7.1 (Nougat)
Processador Qualcomm Snapdragon 835 com CPU Kyro 280 octa-core (2,45 GHz quad-core + 1,9 GHz quad-core) de 64-bit
GPU: Adreno 540
Memória RAM: 4 GB
Armazenamento interno: 128 GB
Câmera traseira: dupla com 13 megapixels dual RGB + 13 megapixels monocromática, f/1.85
Câmera frontal: 8 megapixels, f/2.20
Conectividade: USB-C, Bluetooth 5.0, NFC, GPS/GLONASS
Bateria: 3.040 mAh
Peso: 185 g
Dimensões: 71,1 mm de largura x 141,4 mm de altura x 7,8 mm de espessura
Design arrojado

Além da tela surpreendente, outros aspectos da construção do Essential PH-1 chamam bastante atenção quando você olha para ele pela primeira vez. O dispositivo é construído em cerâmica e titânio, oferecendo muito mais resistência a riscos, amassados e trincados do que os aparelhos feitos de vidro e alumínio.

Essential PH-1 é feito em titânio e cerâmica

Mais do que simplesmente oferecer um gadget mais resistente, a fabricante pensou em um dispositivo que tivesse uma pegada inédita no mercado, quase artesanal. Assim, a parte traseira de cerâmica colorida vem para complementar o belíssimo aspecto deixado pela aplicação do titânio no restante do chassi.
Câmeras de primeira

Outro destaque do Essential é a sua câmera traseira dupla, a mais fina do mundo já embutida em um smartphone. Ela combina dois sensores, um colorido e outro monocromático, para capturar 200% mais luz do que um aparelho tradicional. Como resultado de tudo isso, você tem fotos muito mais precisas e fiéis do que costuma ser visto em outros portáteis.

O Essential Phone traz um par de câmeras capaz de capturar 200% mais luz do que outros smartphones

A câmera principal traz duas lentes de 13 megapixels cada, e ambas oferecem abertura f/1.85 — entenda o que é e para que serve a abertura da lente. Para as selfies, são 8 megapixels e abertura f/2.20. Em ambos os lados, o gadget da empresa de Andy Rubin captura vídeos em 4K.
Sistema modular do futuro

Os aparelhos modulares ainda nem são um padrão da indústria, tendo atualmente como a sua principal representante a linha Moto Z, da Lenovo/Motorola — a LG havia feito o G5 modular, porém abandonou o formato no G6. Mas a Essential já trouxe uma novidade diretamente do futuro desse tipo de gadget.

A parte de trás do Essential PH-1 indica dois pequenos pontos magnéticos que servem justamente para o encaixe de acessórios. O primeiro deles é uma câmera 360°, a menor do mundo, que pode ser facilmente acoplada ali a fim de ampliar as possibilidades de captura de imagem do dispositivo.

Sistema modular do Essential Phone é "à prova de futuro"

Mas qual é a inovação? Segundo a fabricante, o conector magnético permite a transferência de dados sem fio entre o smartphone e o acessório. Em suma, não há uma conexão física para que o portátil se torne capaz de enxergar por meio da câmera, garantindo assim um aparelho facilmente atualizável e “à prova do futuro”, nas palavras da própria Essential.

Outro acessório que dispensa conexões físicas com o novo flagship é um dock para recarga via indução magnética. Basta posicionar o aparelho sobre a base para que ele comece a recarregar de forma instantânea, deixando tudo sempre à mão quando você precisar usar o telefone.
Cores, disponibilidade e preço

No ato do lançamento, o Essential Phone está disponível nas cores Preto Lunar e Branco Puro. Conforme a fabricante exibe em sua página oficial, o aparelho em breve também será vendido nas cores Cinza Estelar e Profundezas do Oceano (um verde sensacional).


O design avançado e o hardware de ponta do Essential PH-1 estarão à venda inicialmente apenas nos Estados Unidos, com o modelo básico saindo por US$ 699 (cerca de R$ 2,3 mil). O modelo acompanhado do módulo de câmera 360° será vendido por um valor promocional de US$ 749 (aproximadamente R$ 2,5 mil) — o preço original do combo é US$ 898 (em torno de R$ 3 mil).
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

As cidades brasileiras com maior número de dispositivos infectados por hackers

Os brasileiros precisam estar cada vez mais atentos com a segurança digital dos seus computadores e celulares. Um relatório da Norton by Symantec revela que o país é o terceiro com mais dispositivos infectados por hackers através de bots.
O país também se destacou como sendo o mais afetado da América Latina, com 37% dos equipamentos infectados. As cidades de São Paulo (36,3%), Rio de Janeiro (20,74%) e Curitiba (6,29%) concentram a maior parte das infecções no país. Além disso, a capital paulista é a segunda com o maior número de dispositivos infectados, ficando atrás somente da Cidade do México.

Veja as dez cidades brasileiras e da América Latina que mais sofrem ataques hackers:

Apenas em 2016, foram identificados mais de 6,7 milhões de dispositivos que foram adicionados à rede global de botnets – os bots são dispositivos conectados à internet infectados com malware que permitem que hackers assumam remotamente o controle de muitos dispositivos ao mesmo tempo –, sendo que mais de 689…

Como recuperar fotos apagadas do Instagram

(Foto: Reprodução)
Como recuperar fotos apagadas do Instagram


Caso você tenha apagado uma foto bacana do Instagram e queira recuperá-la, existem duas possibilidades de fazer isso, embora nenhuma delas garanta que sua imagem será de fato recuperada.

Abaixo explicamos de duas maneiras como encontrar uma foto que você já postou no Instagram. Uma delas depende do Facebook, enquanto a outra aposta na câmera do seu smartphone para resgatar imagens antigas.

Pelo Facebook

Caso você tenha vinculado sua conta do Instagram ao Facebook e costume postar as fotos nas duas redes simultaneamente, é bem provável que a foto removida do Instagram também esteja no seu Facebook.

Para encontrá-la, entre no seu perfil na rede social de Zuckerberg e procure pelos álbuns de fotos. Um deles chama "Instagram Photos" e conta com todas as imagens enviadas ao Facebook por conta do Instagram. Lá dentro, é só procurar a foto que você quer no meio delas.

Nas fotos do seu smartphone

Caso você mantenha ativada a opçã…

GoPro revela a Hero 6 Black, sua nova câmera top de linha

(Foto: Reprodução/Mashable)
GoPro revela a Hero 6 Black, sua nova câmera top de linha

A GoPro anunciou uma nova geração de sua tradicional câmera de ação. A Hero 6 Black chega para suceder a Hero 5 revelada no ano passado e traz uma série de novas capacidades para a câmera em termos de captura de imagem e conectividade.

Em termos de imagem, os usuários vão poder aproveitar a nova tecnologia para registrar vídeos em resolução 4K a uma taxa de 60 quadros por segundos. O modelo anterior só conseguia registrar 30 quadros por segundo nessa resolução. Além disso, quem preferir registrar vídeo em HD poderá aproveitar uma taxa de até 240 quadros por segundo, enquanto o antecessor só chegava a 120.

Já sobre conectividade, a chegada do suporte a redes Wi-Fi de 5 GHz será bem-vindo para quem já fez a transição para um roteador mais recente, com padrão 802.11ac. Isso pode permitir maiores taxas de transferência, o que é sempre uma boa notícia.

Outras mudanças incluem a melhoria na estabilização de ima…