Moto Z Play pode vir sem a principal característica do original

Novo Moto Z Play pode vir sem a principal característica do original

Evan Blass, jornalista responsável por vazar com antecedência algumas das principais novidades no mercado de tecnologia, trouxe nesta sexta-feira, 5, uma má notícia para fãs do Moto Z Play, smartphone intermediário e modular lançado pela Motorola no ano passado.


Segundo ele, o Moto Z2 Play vai vir sem uma das principais características de sua versão original: a bateria de longa duração. O rumor da vez é de que o novo aparelho deve sacrificar a economia e a eficiência energética do antecessor para apostar num design mais fino.

De acordo com Blass, o novo Moto Z Play vai ter pouco mais de 5 milímetros de espessura, quase o mesmo que o Moto Z "normal". Por outro lado, a bateria será de 3.000 mAh, uma redução inesperada se compararmos com a unidade de 3.510 mAh do Moto Z Play do ano passado (e que tinha 7 milímetros de espessura).

Se a bateria verá um downgrade, as outras especificações verão um upgrade: segundo Blass, o processador do Moto Z2 Play será um Snapdragon 626 octa-core de 2,2 GHz, a memória interna vai subir de 32 GB para 64 GB, enquanto a RAM vai passar de 3 GB para 4 GB. A câmera traseira vai perder megapixels, passando de 16 MP para 12 MP, mas vai apostar em pixels maiores e um sensor capaz de capturar mais luz para gerar fotos melhores.

A tela permanecerá a mesma, com 5,5 polegadas de um painel Super AMOLED, já que o aparelho precisa manter as mesmas dimensões em diagonal para suportar os Moto Snaps. Os acessórios modulares lançados no ano passado, segundo a Motorola, continuarão funcionando com os celulares de nova geração.

É inegável que a bateria do Moto Z Play é uma das melhores no mercado de smartphones Android, como nós mesmos já destacamos - sem falar em quase toda a imprensa, nacional e estrangeira, que foi só elogios para a eficiência energética do aparelho. Resta saber por que a Motorola (ou a Lenovo, dona da marca) achou que valia a pena sacrificar a bateria em nome de um design mais fino.

A empresa, naturalmente, ainda não confirmou as informações, mas a nova geração do Moto Z deve chegar ao mercado já nos próximos meses.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa