Venda de microcelulares é proibida pela Anatel


(Foto: Reprodução)
Venda de microcelulares é proibida pela Anatel

A venda de microcelulares no Brasil agora é proibida por lei. Por determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), os aparelhos não podem mais ser comercializados no país por não possuírem certificação do órgão e nem terem passado pelos processos de homologação.



Geralmente fabricados na China, os microcelulares são aparelhos que medem em torno de 6 cm, quase inteiramente compostos por plástico e que, por isso, assemelham-se a brinquedos. Eles são encontrados por valores entre R$ 150 e R$ 250 e servem apenas para realizar ligações e enviar mensagens SMS. Por serem pequenos e baratos, esses gadgets viraram febre nas penitenciárias brasileiras, uma vez que são mais fáceis de serem contrabandeados.






Em nota, a Anatel informa que já enviou um ofício para o Mercado Livre, a maior plataforma de comercialização desses aparelhos, com uma lista de produtos que deveriam ser retirados de forma imediata pelo site. Caso não cumprisse a ordem, que passou a valer na última quarta-feira, 17, a loja online poderia ser multada.



Também por meio de nota, o Mercado Livre informou que “identificou os anúncios denunciados pela Anatel e já está providenciando sua remoção”. Segundo o site, os anúncios não estão de acordo com os Termos e Condições da plataforma por, nesse caso, não contarem com a homologação da agência reguladora. Assim sendo, os produtos não poderiam ser vendidos.

 após a apuração, confirmou que a maioria dos links já não estava mais disponível, o que significa que os anúncios não estavam mais ativos no site.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

As cidades brasileiras com maior número de dispositivos infectados por hackers

Como recuperar fotos apagadas do Instagram

GoPro revela a Hero 6 Black, sua nova câmera top de linha