Pular para o conteúdo principal

6 recursos úteis que todo dono de um celular Motorola deve conhecer


(Foto: reprodução)
6 recursos úteis que todo dono de um celular Motorola deve conhecer

Toda fabricante de smartphones coloca em seus produtos recursos exclusivos que a concorrência, geralmente, não possui. Trata-se de uma forma saudável de incentivar a inovação no mercado enquanto as empresas oferecem opções para o consumidor, especialmente quando esse mercado parece saturado de dispositivos muito parecidos entre si.

Na última semana, iniciamos uma série aqui no Olhar Digital com dicas para os usuários aproveitarem ao máximo os recursos de seus smartphones. Falamos sobre Samsung, Apple e Windows Phone, e nesta segunda-feira, 15, você confere seis sugestões de funções que todo dono de um celular da Motorola deve conhecer.
1 - Tire fotos em sequência


Um dos diferenciais do software que administra a câmera da Motorola é o fato de que o usuário pode tocar em qualquer lugar da tela para registrar uma imagem. O que muitos usuários não sabem, porém, é que é possível registrar diversas fotos em sequência. Basta manter o dedo pressionando a tela.

2 - Digite sem soltar o teclado


Quem já usou um smartphone com teclado físico certamente sente falta da segurança que aqueles modelos traziam à digitação de textos e mensagens. No entanto, o teclado do Android quase puro que acompanha os aparelhos da Motorola não precisa ser usado do modo tradicional, com uma tecla pressionada após a outra. Você também pode apenas deslizar o dedo por sobre os caracteres que quiser digitar e deixar que o sistema escreva cada palavra. Apenas "solte" o teclado quando quiser inserir um espaço. O recurso não só permite uma digitação mais veloz como também diminui a incidência de erros.

3 - Economize a bateria


Ficar sem carga em um momento delicado é um dos grandes dramas cotidianos desse mundo moderno e conectado. Os aparelhos da Motorola possuem um modo de economia de bateria que corta recursos desnecessários, como animações e apps de segundo plano, para que o usuário possa respirar um pouco mais aliviado num momento de aperto. Basta acessar o painel de configurações, tocar sobre o ícone da bateria, acessar as opções extras e selecionar "Economia de bateria". Marque o interruptor como ativado e pronto. É possível também determinar quando o aparelho deve entrar nesse modo automaticamente, se for preciso.

4 - Defina padrões de comportamento



Além do Google Now, assistente virtual padrão do Google, a Motorola tem seu próprio (protótipo) de assistente virtual embutido em seus smartphones. O Motorola Assist é um app pré-instalado que permite definir padrões de comportamento em certas situações. O celular pode atender ligações em viva-voz quando o usuário estiver dirigindo ou mesmo silenciá-lo durante reuniões, por exemplo. O Assist pode até aprender diariamente "observando" os seus hábitos.

5 - Ative a tela sem tocar no aparelho

Alguns dos modelos da Motorola usam de maneira inteligente o sensor de proximidade que quase todo smartphone possui. É este sensor que desliga a tela quando você leva o celular à orelha durante uma ligação. Se você é dono de um Moto X ou Moto E, pode ativar a tela do aparelho aproximando a mão do aparelho com um gesto para o lado. Se o recurso não estiver funcionando por padrão, ative-o usando o app Motorola Assist.

6 - Agite para usar a lanterna

Outro sensor bem usado pelos smartphones da Motorola é giroscópío, que interpreta os movimentos feitos pelo aparelho para ativar certas funções (como girar a tela em modo retrato ou paisagem, por exemplo). No Moto X, você também pode chacoalhar o celular para ter acesso rápido à lanterna, sem precisar ativar a tela e desbloquar o sistema para isso.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

As cidades brasileiras com maior número de dispositivos infectados por hackers

Os brasileiros precisam estar cada vez mais atentos com a segurança digital dos seus computadores e celulares. Um relatório da Norton by Symantec revela que o país é o terceiro com mais dispositivos infectados por hackers através de bots.
O país também se destacou como sendo o mais afetado da América Latina, com 37% dos equipamentos infectados. As cidades de São Paulo (36,3%), Rio de Janeiro (20,74%) e Curitiba (6,29%) concentram a maior parte das infecções no país. Além disso, a capital paulista é a segunda com o maior número de dispositivos infectados, ficando atrás somente da Cidade do México.

Veja as dez cidades brasileiras e da América Latina que mais sofrem ataques hackers:

Apenas em 2016, foram identificados mais de 6,7 milhões de dispositivos que foram adicionados à rede global de botnets – os bots são dispositivos conectados à internet infectados com malware que permitem que hackers assumam remotamente o controle de muitos dispositivos ao mesmo tempo –, sendo que mais de 689…

Como recuperar fotos apagadas do Instagram

(Foto: Reprodução)
Como recuperar fotos apagadas do Instagram


Caso você tenha apagado uma foto bacana do Instagram e queira recuperá-la, existem duas possibilidades de fazer isso, embora nenhuma delas garanta que sua imagem será de fato recuperada.

Abaixo explicamos de duas maneiras como encontrar uma foto que você já postou no Instagram. Uma delas depende do Facebook, enquanto a outra aposta na câmera do seu smartphone para resgatar imagens antigas.

Pelo Facebook

Caso você tenha vinculado sua conta do Instagram ao Facebook e costume postar as fotos nas duas redes simultaneamente, é bem provável que a foto removida do Instagram também esteja no seu Facebook.

Para encontrá-la, entre no seu perfil na rede social de Zuckerberg e procure pelos álbuns de fotos. Um deles chama "Instagram Photos" e conta com todas as imagens enviadas ao Facebook por conta do Instagram. Lá dentro, é só procurar a foto que você quer no meio delas.

Nas fotos do seu smartphone

Caso você mantenha ativada a opçã…

GoPro revela a Hero 6 Black, sua nova câmera top de linha

(Foto: Reprodução/Mashable)
GoPro revela a Hero 6 Black, sua nova câmera top de linha

A GoPro anunciou uma nova geração de sua tradicional câmera de ação. A Hero 6 Black chega para suceder a Hero 5 revelada no ano passado e traz uma série de novas capacidades para a câmera em termos de captura de imagem e conectividade.

Em termos de imagem, os usuários vão poder aproveitar a nova tecnologia para registrar vídeos em resolução 4K a uma taxa de 60 quadros por segundos. O modelo anterior só conseguia registrar 30 quadros por segundo nessa resolução. Além disso, quem preferir registrar vídeo em HD poderá aproveitar uma taxa de até 240 quadros por segundo, enquanto o antecessor só chegava a 120.

Já sobre conectividade, a chegada do suporte a redes Wi-Fi de 5 GHz será bem-vindo para quem já fez a transição para um roteador mais recente, com padrão 802.11ac. Isso pode permitir maiores taxas de transferência, o que é sempre uma boa notícia.

Outras mudanças incluem a melhoria na estabilização de ima…