Postagens

Mostrando postagens de Agosto 3, 2009

Motorola estimula uso do Android

Imagem
Reprodução
A Motorola anunciou o lançamento de uma série de ferramentas para o desenvolvimento de aplicativos baseados na plataforma móvel do Google, o Android.O MOTODEV Studio para Android Beta será apresentados com antecedência durante o MOTODEV Summit, no dia 6 de outubro, na Califórnia, com direito a treinamento avançado para os participantes.“O foco da empresa é ajudar nossa rede global de desenvolvedores a criar, implementar e comercializar seus aplicativos Android com êxito”, disse Christy Wyatt, vice-presidente para Plataformas de Software e Ecossistemas da Motorola. “Acreditamos que o sistema e os softwares abertos possuem a liberdade e a flexibilidade para fomentar a inovação, acelerar o lançamento de produtos e proporcionar experiências móveis mais personalizadas para os consumidores”, concluiu.Para incentivar a produção desses programas, a companhia criou o Programa de Aceleração de Aplicativos. Os participantes poderão enviar suas criações para a Motorola, que irá fazer a…
Windows Mobile mudará de nome no Natal Microsoft prepara mudança na marca e nas funcionalidades do seus sistema operacional para celulares.
A Microsoft prepara um banho de loja completo na sua plataforma para dispositivos móveis e uma das primeiras mudanças será no nome do Windows Mobile 6.5, que passará a se chamar Windows Phone.
O sistema operacional, que já tem seu sucessor em fase adiantada de produção, deverá ganhar o reforço de recursos on-line, como o backup de contatos e mensagens SMS e a possibilidade de desativar o aparelho á distância.
Outra arma que a Microsoft perpara é uma loja de aplicativos nos moldes da App Store, do iPhone. Nesta semana, a empresa começou a aceitar inscrições de desenvolvedores que queiram distribuir seus programas pela nova loja virtual.
A movimentação da empresa visa reconquistar espaço frente ao crescimento substancial de concorrentes como a Apple, a RIM e a Palm.
Imagem
FCC analisa rivalidade entre Apple e Google2 Comentário(s) ReutersSegunda-feira, 03 de agosto de 2009 - 06h47

Reuters Interface do Google: novo chefe da FCC também quer modificar acordos de exclusividade envolvendo handsets. A Comissão Federal de Comunicações dos EUA (da sigla em inglês FCC) está investigando a rejeição da Apple ao aplicativo de voz do Google para o iPhone.O aplicativo do Google é considerado por alguns uma ameaça aos serviços de voz do smartphone da Apple.A FCC enviou questionários à Apple, ao Google e a AT&T (operadora exclusiva do iPhone nos EUA) na sexta-feira (31/07) após a companhia de Steve Jobs desaprovar o Google Voice e remover uma aplicação semelhante da App Store.Segundo a FCC, sua intenção é se preparar para possíveis novos casos relacionados com acesso a tecnologias móveis e exclusividade de handsets.O novo responsável pela FCC, escolhido recentemente pelo presidente Barack Obama, afirmou que uma de suas metas é rever os acordos de exclusividade de celul…

O Nokia N97 encara o iPhone e o Android?

Imagem
Smartphone arrebenta nos recursos, mas fica devendo uma interface moderna

N97Nokia Prós: Design bonito e resistente, teclado confortável, 32 GB de memória interna e câmera de 5,4 megapixelsContras: O sistema operacional é ultrapassado para a interface touch screen, em comparação com os principais smartphones do mercadoConclusão: Se levarmos em conta somente os recursos, é o melhor smartphone da atualidade. Mas ele fica devendo uma interface mais modernaAvaliação técnica: 8,6Preço: 1 900 reaisPreço no Mercado Livre

Ficha técnicaGSM/HSDPA > Wi-Fi > GPS > Symbian S60 5ª edição > 434 MHz > 32 GB > Câmera de 5,4 MP > Duração da bateria: 408 minutos
Jeitão de iGoogle

Justiça seja feita, algumas coisas estão bem legais nessa versão do Symbian. A tela principal tem vários widgets personalizáveis. Você pode trocá-los de lugar e colocar notícias logo na cara, por exemplo. Porém, essa interface não parece feita para atalhos, e sim para RSS, bem ao estilo do iGoogle. E-mails, feed…

Apple aplica update para falha no iPhone OS

Imagem
Reprodução
A Apple disponibilizou um novo update que trata da vulnerabilidade causada por mensagens SMS malformadas, capazes de travar o aparelho ou permitir a instalação de códigos maliciosos.Durante sua apresentação no evento Black Hat Conference, Charlie Miller, analista da Independent Security Evaluators, demonstrou uma técnica que permitia até a obtenção do controle total do smartphone. Bastava apenas mandar a mensagem, sem que fosse necessária a ação do usuário.O problema estava no serviço responsável pelos SMS, o CommCenter, que roda no aparelho como administrador sem nenhuma barreira de segurança.No começo do mês, Miller apresentou a vulnerabilidade durante a conferência SyScan, realizada em Singapura, na China. Apple tomou conhecimento do problema, mas não havia disponibilizado nenhum método para contornar a falha. O patch 3.0.1 deve resolver o problema.

EUA investigam rejeição da Apple ao Voice

Imagem
Google Voice banido dos iPhones: autoridades americanas investigam se a decisão não foi uma prática ilegal A autoridade americana Federal Communications Comission abriu um inquérito para investigar a causa da rejeição da Apple ao software de telefonia Google Voice, segundo o The Wall Street Journal.A empresa de Steve Jobs rejeitou a aplicação do Google para iPhone e removeu todos os arquivos relacionados de sua App Store. Muitos atribuem a decisão a uma suposta pressão da companhia AT&T, que perderia receita de voz e SMS para o Google Voice.A FCC tem o objetivo de esclarecer se o ocorrido não se trata de uma prática ilegal na competição da indústria da tecnologia. Os concorrentes da Apple Inc., como a RIM, fabricante dos BlackBerrys, já permitem que o software do Google seja utilizado em seus aparelhos.Na última sexta-feira (31), Apple, Google e AT&T receberam notificações da autoridade americana, questionando sobre a rejeição do aplicativo. Na carta, os investigadores pergunta…

Telefonia celular deve ter nova faixa de radiofrequência

Anatel abre consulta pública para aprovar documento que destina parte da frequência de 2,5GHZ para serviços móveis a partir de 2012. As telefonia móvel brasileira deve ganhar mais faixas de frequência para operar a transmissão de voz, imagem e banda larga. Na próxima segunda-feira (3/8), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) colocará em consulta pública uma proposta de mudança na divisão do espectro de radiofrequências.

Pelo documento, parte da frequência de 2,5GHz, que atualmente é usada pelo serviço de TV por assinatura via micro-ondas (MMDS), será destinada a empresas de telefonia celular. A redistribuição começaria gradualmente, a partir de 2012.

A Anatel afirma que as mudanças podem resultar em uma redução do custo do serviço móvel ao consumidor e estão de acordo com as previsões de aumento na demanda por acesso de dados dos próximos anos.

Agência dos EUA investiga proibição do Google Voice para o iPhone

Comissão Federal de Comunicação questiona Apple, operadora AT&T e Google sobre rejeição deste e outros aplicativos na iPhone App Store.A Comissão Federal de Comunicação dos Estados Unidos (FCC) escreveu para a fabricante de eletrônicos Apple, a operadora norte-americana AT&T e a empresa de internet Google questionando a rejeição do Google Voice e outros aplicativos na iPhone App Store.

O serviço para centralização de chamadas e gravação de recados já possui aplicativos para os smartphones BlackBerry e celulares com o sistema operacional Android, do Google.

Em uma carta enviada na sexta-feira (31/7) à Apple, a agência perguntou à empresa por que o Google Voice e aplicativos similares - baseados no programa do gigante de buscas - não foram aceitos na loja, e qual participação a AT&T pode ter na decisão.

Além disso, a FCC questionou qual é a diferença entre o aplicativo do Google e outros softwares de voz sobre IP (VoIP), já aprovados para o iPhone.

O processo de aprovação da App…

Motorola W7 (o celular que grita aaaaargh)

Imagem
W7 fechado

Taí, finalmente, um aparelho 3G razoavelmente barato e com coisas divertidas para fazer, brincar e, quem sabe, até entrar em forma. Esse novo Motorola W7 Active Edition vai na onda do celular-com-acelerômetro e aproveita bastante isso: tem contador de passos, “personal trainer”, silenciador de chamadas (ou músicas) e, o mais curioso (pelo menos eu achei): é o primeiro celular que eu vejo gritar (sim, um sonoro aaaaaaaaaaaaaaargh ou aaaaaaaaaaaaai ou barulho de vidro quebrando). Imagina só isso no seu escritório?

O conceito de celular como ajudante de treino não é novo. O Sony Ericsson W710, de 2006, já fazia coisas assim. O software Sports Tracker, da Nokia, também é velho conhecido. O que me parece novidade no W7 é o fato de conseguir criar um programa de treinamento sincronizando músicas ao tempo de exercício - assim dá para saber, pela música, quando é hora de acelerar e de desacelerar. Ah, já falei que ele gritando ao cair é irritantemente incrível? Então falo de novo.

Bem…