Novo plano da TIM com WhatsApp liberado é o começo do fim da internet ilimitada na operadora

A TIM está lançando nesta quarta-feira (26) um novo plano em parceria com o WhatsApp que permitirá aos clientes usarem o aplicativo de mensagens sem desconto na franquia de internet. No Controle WhatsApp, o usuário poderá usar o serviço mesmo após atingir o limite de dados de 300 MB. O novo plano também confirma a tendência de todas as operadoras brasileiras acabarem com a internet ilimitada.

Como o nome sugere, o Controle WhatsApp é um plano do tipo “controle”: o cliente pagará uma assinatura mensal fixa e terá direito a uso ilimitado do WhatsApp, 300 MB de internet, SMS ilimitado para qualquer operadora e 10 reais para usar como quiser, inclusive para fazer ligações. O valor do plano é de R$ 34,90, mas promocionalmente será de R$ 29,90 até o dia 20 de fevereiro de 2015.






Será possível enviar não apenas texto, mas também vídeos e mensagens de voz pelo WhatsApp sem descontar da franquia mensal de 300 MB. O aplicativo continuará liberado após atingir o limite de dados, mas o tráfego do WhatsApp passa a ter um limite de 500 MB — o que é praticamente ilimitado para quem só envia texto, mas pode ser atingido por quem costuma compartilhar muitos vídeos.

Segundo a TIM, trata-se do primeiro plano controle que dispensa a contratação de um plano de voz. Caso queira fazer chamadas para um número da TIM, o cliente ainda poderá usar a promoção para telefonar de forma ilimitada, pagando apenas no dia que usar — o valor é descontado do crédito de 10 reais.
O começo do fim da internet ilimitada

Depois de Vivo, Oi e Claro, faltava apenas uma das quatro grandes operadoras sinalizar o fim da internet ilimitada — modelo em que o usuário tem a velocidade reduzida após atingir o limite da franquia, em vez de ter a conexão cortada. O Tecnoblog apurou que, no regulamento do plano Controle WhatsApp, consta a seguinte disposição:

O Cliente terá mensalmente um pacote de 300MB de internet para utilização dentro do seu ciclo de cobrança. Caso o Cliente não utilize todo o pacote durante este período, o volume de dados remanescentes não será acumulado para o mês seguinte. Após o término da franquia mensal, o Cliente terá a conexão de dados bloqueada, exceto para uso do aplicativo Whatsapp, onde a conexão permanecerá liberada no período promocional.

Caso o cliente atinja a franquia mensal, a TIM oferece duas opções:
Contratar mais 300 MB de dados pagando R$ 14,90. É possível recontratar o pacote até três vezes (caso o pagamento seja feito diretamente por cartão de crédito) ou apenas uma vez (caso o pagamento seja feito em fatura mensal).
Contratar um pacote diário de internet da TIM. A operadora cobrará R$ 0,75 por dia de uso e oferecerá franquia de 10 MB. Após atingir os 10 MB, o cliente poderá pagar mais R$ 0,75 para ter mais 10 MB.

Se o cliente optar por não pagar nem pelo pacote adicional de 300 MB e nem pelo pacote diário de 10 MB, a conexão é cortada.

Os atuais planos de internet pré-pagos e pós-pagos da TIM seguem com o regulamento inalterado: quem atingir a franquia terá a velocidade reduzida, mas poderá continuar acessando a internet. No entanto, o diretor de marketing da TIM, Roger Solé, sinalizou em entrevista que a operadora já analisa o novo modelo de bloqueio da conexão após o usuário atingir o limite.

Perguntamos à TIM se o novo modelo de internet do plano Controle WhatsApp, com bloqueio da conexão em vez de redução da velocidade, também será aplicado aos outros planos. Até o momento, a operadora não nos respondeu.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Driver leadership 0091 - Receptor de TV Digital.zip

Anatel- lei sobre telemarketing

Vendas de smartwatches crescem quase 50% graças à Apple e Samsung