Postagens

Mostrando postagens de Março 12, 2018

Google Allo pode ganhar função bastante pedida no WhatsApp; entenda

Imagem
(Foto: Android Authority) Google Allo pode ganhar função bastante pedida no WhatsApp; entenda
O Allo não é tão popular quanto o WhatsApp, mas pode em breve ganhar uma grande vantagem competitiva. De acordo com um engenheiro do Google, a versão Web do serviço de mensagens deve se tornar independente do telefone em breve. Ou seja, os usuários não precisariam manter o aparelho conectado para se comunicar.
A confirmação desta mudança no serviço foi dada no Twitter por Justin Uberti, que é líder do app de vídeochamadas Google Duo e também trabalha no Allo. De acordo com o engenheiro, a empresa já teria iniciado a migração da estrutura do serviço de mensagens para a nuvem, etapa fundamental para tornar a versão web independente.
Assim como o WhatsApp, o Google Allo também exige que o telefone esteja conectado para conversar pelo PC. No entanto, usuários de ambos os serviços se queixam por ficar inacessíveis em caso de perda de aparelho, problemas com a conexão ou com a bateria esgotada.
Ap…
Imagem
(Foto: Reprodução / YouTube) Os smartphones que mais emitem radiação, segundo um órgão federal da Alemanha
O smartphone que você carrega de um lado para o outro, sempre no bolso, na mão ou encostado na sua cabeça, do lado da sua cama ou debaixo do travesseiro durante a noite, é um pequeno emissor de radiação que, há anos, mexe com a curiosidade de cientistas.
Afinal, nenhum estudo publicado até hoje conseguiu concluir com certeza se o nível de radiação emitido por smartphones faz mal ou não para o ser humano. Ainda assim, algumas agências regulatórias pelo mundo catalogam essa informação.
É o caso do Ministério da Proteção contra Radiação (BfS, na sigla em alemão), um órgão federal da Alemanha que alimenta um extenso banco de dados, publicamente acessível, de smartphones vendidos oficialmente no país e a radiação emitida por eles.
O instituto de pesquisa Statista elaborou um infográfico que mostra quais smartphones emitem mais radiação, de acordo com as análises do BfS sobre a taxa d…

Blu lança smartphone com quatro câmeras por menos de R$ 1.000

Imagem
(Foto: Divulgação) Blu lança smartphone com quatro câmeras por menos de R$ 1.000
A fabricante de smartphones Blu anunciou o lançamento do Vivo X, um smartphone de baixo custo equipado com quatro câmeras, sendo duas na parte traseira e duas frontais.
Segundo a empresa, as câmeras frontais contam com sensores de 20 e 8 megapixels, além de flash LED. Já as traseiras são de 13 e 5 megapixels, flash LED, foco automático e detecção de fase. As câmeras duplas permitem tirar fotos panorâmicas, com fundo borrado e mais profundidade. 
O dispositivo é alimentado por um processador MediaTek's Helio 2.6 GHz octa-core CPU, 4GB de RAM, memória interna expansível de 64GB, display de 6,9 polegadas com Gorilla Glass, bateria de 4010 mAh com capacidade de carregamento rápido, sistema operacional Android 7.0 Nougat, Dual SIM e sistema de reconhecimento facial.
O Vivo X está à venda por US$ 299,99 (R$ 977,73 em conversão direta) e não está disponível no Brasil. 

Vendas globais de smartphone por empresas

Imagem
(Foto: Reprodução)
Vendas globais de smartphones caem pela primeira vez desde 2004
O mercado de global de smartphones está oficialmente saturado. Pela primeira vez desde 2004, a consultoria Gartner registrou uma queda em vendas de celulares em um período de três meses na comparação com o ano anterior. Durante o trimestre final de 2017, as vendas caíram 5,6% na comparação com mesmo período de 2016.
Como aponta o Android Police, o resultado indica um ponto de saturação em que não há muito mais como crescer neste mercado, de forma que basicamente quem quer um smartphone já tem um aparelho, independentemente de ser um top de linha ou um celular simples rodando o Android Lollipop. A partir daqui as compras são basicamente trocas: os usuários vão comprar novos modelos quando os seus dispositivos pararem de atender às suas necessidades.
Anshul Gupta, representante da Gartner, coloca parte da responsabilidade pela estagnação do mercado nos ombros das fabricantes. "Altas expectativas e p…
Imagem
Google lançará primeiros telefones com Android Go na MWC 2018
O Google anunciou que lançará os primeiros telefones com Android Go no MWC 2018. A plataforma, anunciada no Google I/O 2017, é voltada para aparelhos econômicos e com configurações modestas, geralmente abaixo de 1 GB de memória RAM. Os modelos chegarão com fabricação de empresas parceiras, ainda sem informações sobre preço.

Em publicação em seu blog oficial, o Google explica que o Android Go será baseado na versão 8.0 Oreo adaptado para telefones com 1 GB de RAM ou menos. A expectativa é que a plataforma esteja presente em smartphones de baixo custo, com preço abaixo de US$ 50 (cerca de R$ 160) em alguns casos. O sistema chegará ainda com as últimas correções de segurança, incluindo o suporte ao Play Protect.
Para reduzir o consumo de recursos, os celulares com Android Go terão um conjunto de aplicativos especialmente adaptados. Alguns deles, inclusive, já foram lançados na Play Store: o gerenciador de arquivos Files Go, o…