sexta-feira, agosto 19, 2016

Galaxy Note 7 por dentro






(Foto: reprodução)

Como todos os grandes lançamentos eletrônicos, o Galaxy Note 7 passou pelo já tradicional processo de desmonte do iFixit sob o pretexto de descobrir o quão "consertável" é o aparelho (uma desculpa para ver como é o smartphone por dentro). Os detalhes são interessantes para quem gosta de conhecer os eletrônicos de uma forma mais íntima.


Primeiramente, o celular recebeu uma nota fraca de 4 em 10 na escala de reparabilidade, o que não é bom, mas poderia ser pior. Os problemas incluem a dificuldade em trocar a tela curva e o uso de um adesivo muito forte no vidro traseiro que atrapalha o acesso aos componentes internos do aparelho.

O Note 7 é à prova d'água, com certificação IP68. O processo de desmonte mostra que isso foi alcançado usando muita cola e borracha em pontos estratégicos do dispositivo, o que ajuda a manter a água e a poeira longe, mas não é muito bom quando você está tentando abrir o aparelho.


Também é interessante ver que o scanner de íris implementado no dispositivo inclui um IR blaster para e uma segunda câmera frontal usadas para detectar e reconhecer a íris do usuário.

Abaixo estão algumas fotos do desmanche, que você pode conferir na íntegra no site do iFixit.







Huawei destrona Xiaomi no mercado de smartphones chinês


(Foto: Reprodução)
Huawei destrona Xiaomi no mercado de smartphones chinês


O mercado de smartphones enfrenta um período de competitividade tão feroz que, no último trimestre, houve uma mudança drástica no ranking das empresas que mais vendem no país.

A Xiaomi, que liderava o setor no segundo trimestre do ano passado com 16,1% de participação no volume de vendas geral, viu seus números despencarem 38,4% e acabou ficando na quarta posição em 2016, de acordo com dados da IDC.

Com isso, a Huawei, antes com 15,6% do mercado, passou ao posto de líder graças a uma alta de 15,2% nas vendas. A companhia vem seguida de perto pela OPPO, que, com um crescimento impressionante de 124,1%, passou à segunda posição; e pela Vivo, que teve alta de 74,7% no período.

A Xiaomi não foi a única a perder espaço na China. O maior mercado de smartphones do mundo também passou a rejeitar a Apple, que viu suas vendas diminuírem 31,7% entre 2015 e 2016.

A líder Huawei vendeu 19,1 milhões de unidades no segundo trimestre atual. A OPPO entregou 18 milhões, a Vivo, 14,7 mi, a Xiaomi, 10,5 mi, e a Apple, 8,6 mi. No total foram vendidos 111,2 milhões de smartphones no país, uma alta de 4,6% em relação ao ano anterior.

quarta-feira, agosto 17, 2016

LeEco Cool 1 é oficializado com câmera dupla e Snapdragon 652 por menos de US$ 170




A LeEco confirmou recentemente o desenvolvimento de um smartphone em parceria com a CoolPad chamado de Cool 1. Como combinado, a companhia anunciou hoje o dispositivo, possibilitando que possamos descobrir todos os seus detalhes e conferir se ele realmente apresenta tantos diferenciais quanto a empresa havia afirmado anteriormente em diversos teasers.

Algo que podemos notar logo de cara é o design adotado pela LeEco, que consegue chamar a atenção mesmo em um mercado já saturado de opções. Seu painel frontal foi claramente inspirado em dispositivos da Apple, porém a parte traseira do Cool 1 apresenta um visual bastante interessante, conseguindo criar um conjunto homogêneo para o módulo duplo de câmeras de forma como outras fabricantes não conseguiram até agora.

Pelo que pode ser visto nas imagens divulgadas, o phablet de 5,5 polegadas conta com corpo construído em metal, possuindo acabamento fosco em sua parte traseira que cria um contraste curioso com as laterais e o leitor de impressões digitais, ambos cromados. Com tudo isso, o dispositivo consegue passar uma sensação de ser um modelo muito mais caro do que realmente é, o que deve agradar quem busca por algo mais requintado mas não quer desembolsar uma pequena fortuna por isso.








       

Especificações técnicas

Ainda que não seja um smartphone tido como topo de linha, o Cool 1 está longe de ser um dispositivo básico, sendo vendido em três versões que diferem na quantidade de RAM e capacidade de armazenamento interno. De uma forma geral, o aparelho pode tranquilamente executar todos os jogos e apps da Play Store por um bom tempo, sendo possível destacarmos as seguintes características:
Tela IPS LCD de 5,5 polegadas com resolução Full HD (1080 x 1920 pixels)
Chipset Qualcomm Snapdragon 652 64-bit Octa-Core com clock máximo em 1,8 GHz
GPU Adreno 510
3 GB ou 4 GB de RAM
32 GB ou 64 GB de espaço para armazenamento interno
Câmera principal com dois sensores de 13 megapixels, sendo um monocromático, e flash dual-LED em dois tons
Câmera frontal de 8 megapixels
Compatível com redes 4G LTE
Dual-SIM
Bateria de 4.060 mAh
Sistema operacional Android 6.0.1 Marshmallow com interface eUI v5.6
Preço e disponibilidade

O Cool 1 começará a ser vendido na China no próximo dia 26 de agosto. Sua versão mais básica (3GB + 32GB) poderá ser adquirida por aproximadamente US$ 166, enquanto o modelo intermediário com 4GB de RAM e 32GB de armazenamento sairá por US$ 226. Aos que quiserem algo ainda mais completo, há a versão com 4GB de RAM e o dobro de espaço para seus apps e jogos, que poderá ser encontrada por US$ 257. 

OPPO R9s passa pela TENAA e revela algumas características

Já à algum tempo que se sabe que o OPPO R9s será o próximo “menino bonito” da fabricante chinesa e hoje ficámos a saber algumas das suas características, fruto da sua passagem pela TENAA (agência de certificação de telecomunicações chinesa).

O OPPO R9s sucede assim ao altamente popular OPPO R9 que catapultou o volume de vendas de smartphones da empresa para mais de o dobro no decorrer do primeiro e segundo trimestres deste ano, ajudando a companhia a consolidar o seu lugar como segunda maior fabricante de telemóveis da China.



A agência reguladora chinesa não divulgou muitos detalhes acerca do aparelho que foi listado como OPPO R9km, contudo as imagens divulgadas mostram semelhanças ao que se espera do design do OPPO R9s. Tudo indica que terá um corpo de espessura reduzida, feito inteiramente de metal na linha do seu antecessor.
OPPO R9s com processador Snapdragon e corpo em metal

Esperam-se algumas novidades em relação ao modelo anterior com a atualização do sistema operativo para o Android 6 Marshmallow à cabeça. Alegadamente o R9s contará também com a novíssima tecnologia VOOC de carregamento super rápido da OPPO que permite carregar a bateria na sua totalidade me apenas 15 minutos.

  

As diferenças não ficam por aqui e também haverá mudanças no marca do chip que comandará o OPPO R9s. Em vez de voltar a apostar num SoC MediaTek (o R9 vinha com um Helio P10), a OPPO decidiu voltar-se para a Qualcomm e vai equipar o R9s com um CPU Snapdragon 625 juntamente com uma GPU Adreno 506. Diz-se que este chip dará uma excelente performance e elevada eficiência energética ao smartphone, permitindo também compatibilidade com a tecnologia QuickCharge 3.0 além da da VOCE

LG passará a fabricar seus próprios processadores de smartphone com a Intel




LG passará a fabricar seus próprios processadores de smartphone com a Intel

Ontem, durante a Intel Developer Forum, a Intel anunciou que começará a fabricar processadores com a arquitetura da ARM. Na mesma apresentação, a empresa ainda disse que fechou uma parceria com a LG, que usará as fábricas da Intel para produzir chips para seus próximos dispositivos móveis.

De acordo com o Recode, a ideia da LG é aproveitar o processo de fabricação em 10 nanômetros que a Intel pretende estrear no próximo ano. Usando processadores de fabricação própria, a LG poderia adequar melhor o software de seus aparelhos ao hardware; atualmente, os smartphones da empresa coreana utilizam os processadores Snapdragon da Qualcomm.

Feito em casa

A LG não será a primeira empresa a produzir seus próprios processadores para smartphones. As líderes do mercado, Apple, a Samsung e Huawei, já adotam essa estratégia. A Samsung, além de criar processadores para seus smartphones, também possui uma extensa infraestrutura de semicondutores e produz, entre outras coisas, os processadores dos iPhones.

É possível, portanto, que a LG esteja buscanddo um caminho semelhante ao da Samsung, empresa com a qual concorre no segmento de smartphones Android. Por outro lado, desenvolver seus próprios processadores exige tempo e investimento. Por esse motivo, é possível que, inicialmente, a LG utilize a parceria com a Intel para criar chips para outros produtos seus.

Se você não pode vencê-los...

Não se trata, por outro lado, de uma grande vitória para a Intel. A fabricante de processadores ficou muito tempo competindo com a ARM no ramo de processadores para smartphones, e chegou a perder mais de US$ 10 bilhões antes de desistir dessa área.

Começar a produzir chips na arquitetura ARM, portanto, é uma espécie de admissão de derrota por parte da Intel. Por outro lado, mesmo com as perdas consideráveis incorridas na área, investidores da Intel viram com bons olhos sua desistência do mercado de smartphones. A parceria com a LG poderia, portanto, representar uma nova tentativa da empresa de participar desse mercado.

Novo Smartphone da Meizu aparece em imagens ostentando tela edge e câmera dupla





Recentemente vimos rumores sobre um novo Smartphone da Meizu. Segundo o que foi divulgado, ele seria lançado em setembro e contaria com especificações dignas de flagship, utilizando o Chipsets Exynos 8890 e 4 GB de memória RAM. Agora, duas novas imagens do aparelho foram vazadas, indicando que o mesmo contará com tela curvada, semelhante à encontrada no Galaxy S7 Edge, e sistema de câmera dupla.

O tamanho da tela do aparelho, que vazou no Antutu como meizu_m96 e está sendo chamado de Meizu Pro 6 Plus, ainda não é conhecido, mas já sabemos que a mesma será "edge". Nas imagens vazadas também é possível ver a câmera dupla, que aparece diferente do que em outros smartphones. Neste caso, o segundo sensor parece ser menor do que o principal, o que pode indicar que ela executará uma função específica, como garantir fotos e vídeos com maior ângulo.



Especificações técnicas (baseado em rumores)
Tela edge com resolução Quad HD (2560 x 1440)
Chipset Exynos 8890 com oito núcleos de processamento
GPU Mali T880
4 GB de memória RAM
32 GB de armazenamento interno com expansão via micro SD
Câmera dupla principal com 12 megapixels
Câmera frontal com 5 megapixels
Android 6.0.1 Marshmallow com Flyme OS

Pelas configurações e a informação de que o Meizu Pro 6 Plus contará com tela curvada, podemos sugerir que ele será muito parecido com o Galaxy Note 7, lançado recentemente e que conta com o mesmo chipset. Seu lançamento é esperado para acontecer no dia 3 de setembro, quando teremos mais informações sobre o aparelho.

Passo a passo para migrar do Windows Phone para Android


(Foto: Reprodução)
Passo a passo para migrar do Windows Phone para Android


Gente, ontem eu mostrei como migrar do Android para o Windows Phone aqui. Agora, vou mostrar como passar suas fotos, vídeos e contatos do Windows Phone para o Android, vamos lá?

Primeiro, você precisa ter uma conta no serviço de armazenamento em nuvem do OneDrive, que é o serviço da Microsoft. É só entrar no site do OneDive (https://onedrive.live.com/about/pt-br/) ou, se você tiver uma conta de e-mail da Microsoft, como o Outlook ou o Hotmail, é só acessar o serviço direto por ela. Depois disso, baixe o app do OneDrive no Android; o Windows Phone já tem o aplicativo instalado, tá? Aí, acesse sua conta nos dois celulares.

Para transferir as fotos, vá no aplicativo no Windows Phone, clique no símbolo de mais (+) no canto inferior e selecione as imagens – aqui precisa passar uma por uma, então, se tiver muita foto, pode ser que demore um pouquinho, tá?


Quando você abrir o OneDrive no Android, você vai ver que as fotos já estão lá! É só clicar na imagem, depois nos três pontinhos lá em cima e em “Salvar”. Elas ficam salvas na pasta “Downloads” do seu celular.

Agora, para transferir os contatos, entre na agenda do Windows Phone, selecione o contato, clique nos três pontinhos e em “Compartilhar contato”. Selecione Outlook e coloque o e-mail de login do OneDrive.



Vá no e-mail, clique na setinha ao lado do contato e depois em “Salvar no OneDrive”. Pronto, ele já está salvo na nuvem, para salvar no celular, vá no aplicativo no Android, selecione o contato e clique em “Salvar”.



Lá no celular, clique nos contatos, depois em “Mais” e em “Importar/Exportar”. Clique em “Importar do armazenamento”, escolha o contato e clique aqui em Importar.



Viu como é fácil? Você também pode dar uma olhadinha em como mudar de Android para iOS aqui e de iOS para Android aqui.

E sempre que você tiver qualquer dúvida, é só falar comigo nas redes sociais. Use a #LuExplica que eu respondo tudo.

Vendas da Xiaomi caem no maior mercado do mundo enquanto concorrentes ganham espaço



As empresas chinesas ganharam espaço considerável nos últimos anos. Foi-se deixando de lado o preconceito com tais produtos, que foram sendo aperfeiçoados e ganharam melhores peças, além de construção premium, o que conquistou diversos usuários ao redor do mundo. Isso também causou a queda nas vendas de diversas empresas já consolidadas e agora está atingindo até mesmo uma das maiores chinesas do mercado. Isso porque foi divulgado um relatório mostrando que as vendas da Xiaomi caíram consideravelmente, enquanto outras rivais chinesas ganharam espaço no maior mercado do mundo.

A pesquisa foi realizada pela companhia International Data Corp (IDC), que analisou especificamente o mercado chinês. O resultado apontou para uma queda de 38% nas vendas da Xiaomi no segundo trimestre deste ano em relação ao ano passado. Na época, foram vendidos 17,1 milhões de aparelhos, enquanto no mesmo período deste ano foram apenas 10,5 milhões. Isso fez com que a Xiaomi conseguisse chegar apenas à quarta colocação na lista de maiores empresas de smartphones da China, atrás da Huawei, OPPO

Enquanto isso, a Apple continua sofrendo com poucas vendas no mercado chinês. Está posicionada na quinta colocação, atrás da Xiaomi, e viu suas vendas caírem 32% no segundo trimestre deste ano, com as previsões para 2016 não serem nada positivas. As estimativas apontam para uma enorme queda nas vendas da Apple neste ano, principalmente por conta da pouca inovação nos iPhones que serão lançados em setembro.

Segundo a pesquisa do IDC, Huawei e OPPO conseguiram aumentar suas vendas por se concentrarem em, no máximo, dois atributos nas campanhas promocionais. No caso da Huawei, foram enfatizadas as lentes Leica que estão disponíveis nos smartphones da empresa, enquanto a OPPO fez seu marketing ao redor do carregamento rápido.

Pure XR: Blu prepara o lançamento de um novo flagship que já está sendo sorteado pela empresa




"Bom e barato". Esse parece ser o lema da empresa Blu, conhecida por lançar smartphones baratos e com configurações dignas de top de linha. Apesar de alguns fugirem dessa regra e serem mais caros do que o normal, a maioria está mais acessível do que os concorrentes. Agora, a Blu está preparando o lançamento de um smartphone com essas características.

Apesar de não sabermos as configurações do aparelho, a imagem divulgada pela Blu indica que o mesmo será chamado "Pure XR" e contará com 4 GB de memória RAM. Seu preço será de US$ 299, que pode ser convertido para, aproximadamente, R$ 950, e será anunciado no dia 29 de agosto. A Blu não deu mais informações sobre o aparelho, dizendo apenas que se trata de um flagship. Levando isso em consideração, podemos esperar configurações para competir com concorrentes chineses como Xiaomi Mi 5.




Na única imagem divulgada, podemos ver um smartphone elegante, que segue o padrão de design da empresa. Também é possível encontrar um botão home físico e espera-se que este seja também um leitor de impressões digitais, levando consideração que se trata de um top de linha. Entretanto, essa informação não é confirmada pela Blu.

Se você ficou interessado e mora nos Estados Unidos, saiba que a Blu estará sorteando três modelos do aparelho. Para participar, basta ter mais de 18 anos e morar no país norte-americano. Se esse for o seu caso, você pode se cadastrar gratuitamente neste site, onde irá informar seu nome completo, endereço de email e data de nascimento. Depois é só torcer para ser um dos três escolhidos.

Sobre os países nos quais o Blu Pure XR será comercializado nada foi falado. De qualquer forma, é improvável que o mesmo chegue ao Brasil, sendo seu foco outros mercados como o americano, indiano e chinês.

BlackBerry é a primeira empresa com proteção QuadRooter para Androids.


Mais uma vez BlackBerry mostra porque é a empresa com os dispositivos móveis mais seguros da atualidade. Com décadas em experiência de segurança para dados e comunicações em dispositivos móveis, BlackBerry é a primeira grande fabricante de patchs para correção de vulnerabilidades no android

O comunicado surgiu esta semana, quando a BlackBerry mostrou ao mundo que é a primeira empresa a corrigir um conjunto de quatro novas vulnerabilidades de segurança de alta gravidade que impactam mais de 900 milhões de dispositivos móveis com processadores Qualcomm.

Desde que entrou no mercado de dispositivos móveis com o sistema Android, BlackBerry se comprometeu a lançar no mínimo atualizações mensais de segurança com o máximo de velocidade possível.

Todo mês, quando a Google informa aos fabricantes de dispositivos Android sbre as vulnerabilidades encontradas no sistema, BlackBerry tem sido a primeira a disponibilizar atualizações para a correção dos referidos erros.

Além das atualizações mensais, BlackBerry também lança patchs de segurança sempre que identifica um problema ou uma vulnerabilidade no sistema Android, mais especificamente, problemas que não podem esperar o próximo mês para serem corrigidos.

Com toda essa maratona proporcionada pela BlackBerry, pode-se concluir facilmente que os dispositivos da empresa são os mais seguros do mercado quando se trata do sistema Android.

anuncio feito pela BlackBerry:

“Estou feliz em anunciar que um patch para todas as vulnerabilidades QuadRooter está agora disponível para os utilizadores PRIV e DTEK50. Clientes que compraram seus dispositivos de ShopBlackBerry.com devem ver a atualização de hoje e a maioria dos nossos parceiros transportadora estará rolando-o para fora a seus usuários a partir desta semana.”

“Como instalar o patch”

“Para instalar o patch, basta navegar para Configurações / Sobre as atualizações de telefone / sistema no seu BlackBerry Desenvolvido por dispositivo Android. Estamos muito orgulhosos de apoiar esforço do Google para atualizações de segurança rápidos, tornando-se o primeiro OEM importante para corrigir todos os problemas QuadRooter em todo o nosso portfólio de dispositivos.”

Para os que sabem o valor da segurança de seus dados pessoais e comunicações, em nossa opinião não há outra opção no mercado de dispositivos Android… BlackBerry é sem sombra de dúvidas, o melhor

Project Alloy: headset de VR da Intel

Project Alloy: headset de VR da Intel funciona mesmo sem computador ou smartphone
Fabricante aposta na mistura da realidade virtual com a realidade aumentada
Depois de negar publicamente que estava desenvolvendo um headset de realidade virtual, a Intel apresentou nesta terça-feira (16) um… headset de realidade virtual. Batizado de Project Alloy, ele tem como destaque a independência: não é necessário conectar o gadget ao computador ou smartphone para que ele funcione.





Além de headset de realidade virtual, o Alloy é mais um produto de realidade “misturada”, que combina a VR com a realidade aumentada. Para fazer essa combinação, o Alloy tem uma câmera para mapear ambientes e detectar pessoas ou outras partes do corpo (como seus dedos). Veja o funcionamento abaixo:

Toda essa ideia é bem parecida com a da Microsoft ao lançar o HoloLens — e você já viuquantas aplicações teve. Na demonstração do produto, segundo o The Verge, o apresentador tinha uma nota de um dólar na mão, mas na visão do Alloy era um bloco de ouro. (Acho que ele estava no Brasil.)

Um aspecto interessante é que o headset vai funcionar com o Windows Holographic, que literalmente é uma plataforma holográfica da Microsoft para o seu sistema operacional. Essa plataforma traz capacidades de realidade misturada aos futuros computadores com processador Intel. Isso também significa que todos os headsets VR compatíveis poderão rodar aplicativos 3D (ou até 2D) do Windows 10.

No caso do Alloy, esse projeto funcionará por meio de APIs. Desenvolvedores interessados também poderão vasculhar no código do headset (sim, ele é open source). Com uma certa “portabilidade”, é assim que você pode sair andando na rua se vestir o Alloy:



Em um post no Medium, a Intel descreve vários cenários em que o Alloy seria útil até para o público comum. “Planeje sua visita virtual à Capela Sistina sem sair do escritório. Levante-se da sua cadeira se imergindo na obra fantástica de Michelangelo — olhando para cima para uma visão melhor — sem trombar na mesa de conferência à sua frente”, brincou Brian Krzanich, CEO da Intel.

Essa abordagem é interessante (mas não é nova) por “cortar a corda”, como a Intel promove, da realidade virtual. Além disso, misturando-se com a realidade aumentada, o Alloy elimina a possibilidade de algum louco sair por aí com um headset sem ver o que tem pela frente.

Fugindo de smartphones, a Intel também anunciou o Project Elucid em seu fórum de desenvolvedores. Basicamente, o Elucid é um módulo baseado no RealSense para ajudar qualquer desenvolvedor a construir um robô. Ele vem equipado com um processador, câmeras, sensores de movimento, bateria e outros recursos de comunicação.

Infelizmente, nenhum dos dois projetos tem data de lançamento ou previsão de disponibilidade.

Itaú começa a permitir abertura de conta corrente pelo smartphone

Os grandes bancos já estão começando a seguir a autorização do Banco Central que permite abrir contas pela internet. Sem alarde, o Itaú lançou o Abreconta, um aplicativo para iPhone que solicita os documentos, comprovantes e assinatura pelo smartphone, sem necessidade de comparecer pessoalmente a uma agência bancária para concluir o processo de abertura.

Para abrir uma conta no Itaú pelo aplicativo, é necessário enviar fotos do documento de identificação (RG, CNH ou RNE) e do comprovante de residência, capturados com a própria câmera do celular. O Abreconta também pede ao futuro cliente para assinar e tirar uma selfie num lugar bem iluminado. A senha de seis dígitos para acessar o internet banking ou fazer saques é criada logo no início do processo.

O Itaú é o primeiro grande banco a liberar a tecnologia ao público. Outras instituições, como o Bradesco, também anunciaram que estavam testando a abertura de contas pela internet. Bancos menores já adotavam o processo, como o Original, focado em clientes de alta renda, que não possui agências físicas.

A autorização para abrir contas remotamente foi dada pelo Banco Central em abril. Anteriormente, alguns bancos permitiam adiantar o cadastro pela internet, mas era necessário comparecer fisicamente para entregar documentos e assinar o contrato. No caso de contas abertas pela internet, os bancos devem obrigatoriamente assegurar a possibilidade de encerrar o relacionamento por meio eletrônico.

Procurado pelo Tecnoblog, o Itaú confirmou que “iniciou os testes com um grupo de clientes para oferecer a possibilidade de abertura de conta corrente de forma 100% online”. Segundo o banco, haverá uma versão do aplicativo Abreconta para Android, mas ainda não há previsão de lançamento.

Google Duo é o app de videochamadas que promete funcionar em conexões lentas

O Google ainda não tem muitos aplicativos de mensagens, então resolveu criar mais um: nesta terça-feira (16), a empresa começou a liberar o Google Duo, que permite fazer chamadas em vídeo para usuários de Android e iOS. Ele foi anunciado oficialmente durante o Google I/O e promete funcionar até mesmo em conexões lentas.

O Duo é um complemento ao Allo, um aplicativo do Google de mensagens em texto que ainda não está disponível para todos os usuários. O novo aplicativo de videochamadas traz alguns recursos, ahn… bacaninhas, como o Knock Knock, que começa a transmitir o vídeo de quem está te ligando antes mesmo de você atender a chamada (é possível desativá-lo nas configurações).





O foco parece estar na simplicidade: enquanto o Hangouts tentava fazer tudo no mesmo aplicativo, o Duo funciona apenas para conversar em vídeo — e somente com uma pessoa, não em grupo. Além disso, ele se baseia no número de telefone, como oWhatsApp, portanto, não é necessário pedir o nome de usuário da pessoa com quem você quer conversar, nem mesmo ter uma conta no Google.

As videochamadas do Duo são transmitidas pelo QUIC, um protocolo do Google que diminui a latência das chamadas. A tecnologia corrige perdas de pacotes, permitindo que você converse em vídeo mesmo quando estiver numa rede 3G instável. Aliás, em comunicado, o Google afirma que o Duo “foi projetado para funcionar bem em redes mais lentas, como as que existem em mercados emergentes, inclusive 2G”. Se a coisa estiver ruim mesmo, ainda será possível conversar em áudio.

O Google Duo já começou a ser liberado na Play Store e chegará a todos os usuários nos próximos dias. A versão para iPhone também foi lançada nesta terça-feira (16), mas ainda não estava disponível na App Store brasileira até o momento da publicação.

terça-feira, agosto 16, 2016

Primeiro laptop gamer da Asus com placa Nvidia GTX 1070 aparece online com preço salgado



A Nvidia vai apresentar na próxima Gamescon, feira que ocorre no fim de agosto, sua nova geração de GPUs, e os primeiros notebooks gamers compatíveis começam a aparecer aos montes. Depois do vazamento grande da MSI, a Asus é a bola da vez: um laptop da marca apareceu online em um site russo, com preço bastante salgado.

O modelo deverá ser o primeiro da marca a equipar a nova placa GTX 1070, construída com a arquitetura Pascal, que promete gráficos muito mais potentes do que a geração anterior. A máquina portátil deverá oferecer desempenho de desktop gamer, mas só para quem puder desembolsar nada menos que US$ 2.900, ou R$ 9.163 em conversão direta.


O valor é mais baixo do cobrado por laptops gamers vendidos no Brasil, já que a política de preços e os altos impostos costumam deixá-los bem mais caros do que a conversão direta. Portanto, caso seja disponibilizado no país, o novo modelo da Asus ROG poderá chegar possivelmente à casa dos R$ 20 mil.

O modelo vazado será equipado com tela de 17,3 polegadas Full HD, processador Intel Core i7, armazenamento híbrido com 1 TB de HDD e 256 de SSD, além, é claro, da placa de vídeo GTX 1070 da Nvidia.

GTX 1070


O motivo pelo alto preço é simples. O lançamento da Asus deverá ser um dos primeiros equipados com a GPU GTX 1070, um dos modelos mais aguardados da Nvidia no ano. Com nova arquitetura, ela promete entregar para notebooks desempenho similar às placas Titan X para desktop - ou seja, espere por gráficos impressionantes mesmo em máquinas sem ventilação avançada.

As novas GPUs móveis da Nvidia prometem ser tão potentes que sua única diferença para versões desktop deverá ser o a velocidade de operação. Isso significa que, a taxa de frames e o desempenho geral serão quase os mesmos para a maioria dos jogos.

OPPO R9s com corpo metálico ganha certificação e deve ser oficializado em breve; veja previsão




Apesar do OPPO R9 ter sido lançado há menos de sete meses, em março deste ano, ele já pode receber um sucessor no mês que vem. Este está sendo chamado de OPPO R9s e contará com algumas diferenças em relação ao seu antecessor, como carregamento super-rápido e chipset fabricado pela Qualcomm. Agora, o aparelho foi certificado no TENAA com corpo de metal parecido com o encontrado no R9, reforçando a ideia de um lançamento iminente.

A ideia ao redor do OPPO R9s é que ele consiga ir tão bem nas vendas quanto seu irmão mais velho, que conseguiu dobras a comercialização de smartphones da empresa no primeiro e segundo trimestre deste ano. Para isso, ele contará com algumas novidades e continuar apostando no preço baixo para garantir boas vendas. Apesar da certificação no TENAA não mostrar muito das especificações, rumores anteriores dizem que o aparelho contará com boas configurações. O chipset Snapdragon 625 no lugar do MediaTek Helio P10 é, provavelmente, aquilo que mais irá chamar atenção dos usuários.












A função super VOOC de carregamento rápido também estará presente e irá garantir que a bateria de 2.500 mAh do OPPO R9s seja totalmente recarregada em apenas 15 minutos. Também espera-se que o Android 6.0 Marshmallow esteja presente. Infelizmente, outras informações como tela e memória RAM não foram divulgadas, mas devem ser vazadas nas próximas semanas ainda antes de seu lançamento oficial. Espera-se que este aconteça em setembro, durante a celebração do Dia Nacional da China.

Como os outros smartphones da marca, não é provável que o OPPO R9s seja anunciado no Brasil. Nenhuma das informações sobre o aparelho mencionam quais serão os mercados nos quais o mesmo será vendido, mas a empresa deve seguir a mesma linha de outros lançamentos. Ou seja, foco no mercado chinês, onde é a segunda maior empresa. De qualquer forma, todas as dúvidas deverão ser sanadas durante o lançamento do aparelho em setembro.

Meizu M3E atinge 3 milhões de reservas em 24 horas




O mercado chinês de tecnologia parou ontem para assistir à apresentação do mais recente topo de gama da Meizu, o M3E. Este novo telefone está destinado aos mais jovens e é comercializado na China pelo preço recorde de cerca de 150 euros.

A euforia pelo novo equipamento é tanta que nas primeiras 24 horas de existência no mercado, a Meizu recebeu já 3 milhões de reservas.

Equipado com ecrã de alta resolução com 5,5 polegadas, recorre de um processador Helio P10 com oito núcelos e tem 3GB de memória RAM e 32GB de memória interna. Em termos de capacidades fotográficas a câmara dianteira do Meizu M3E tem 5MP, apresentando a traseira 13MP. A bateria tem 3100 mAh e pode ser recarregada através do mais recente padrão de carga rápida.

Segundo Linan Xuan, presidente da Meizu, o arranque das entregas acontece já a partir de 14 de agosto, tendo o fabricante cerca de 500.000 unidades em stock para os primeiros clientes.

Moto X 2016 pode ser lançado como Lenovo Moto M





Não muito tempo atrás foi vazado o benchmark do aparelho de códigoXT1662, que seria o Motorola Moto X 2016. Apesar disso, não foi revelado nenhum produto da linha até agora neste ano, com o novo topo de linha da empresa sendo o Moto Z.,

Claro que a Lenovo confirmou que a linha Z não vai matar a linha X, mas o XT 1662 não deverá fazer parte de nenhuma das duas séries. Na verdade, de acordo com o usuário HellomotoHK, o aparelho será o Lenovo Moto M.

Ele deverá ter tela Full HD de 4.6 polegadas, consideravelmente menor que os displays dos aparelhos mais recentes da Motorola. Moto X Play e Moto Z Force possuem telas de 5.5 polegadas, enquanto o Moto X Style possui display de 5.7 polegadas.

Em termos de hardware, ele deve ficar entre a linha G e a linha Z, com 3 GB de memória RAM, processador Helio P10 SoC, câmera frontal de 8 MP e traseira de 16 MP.

BlackBerry Priv tem baixa no preço, mas Brasil continua sem lançamento



Não é de hoje que a BlackBerry anda meio mal das pernas e tem feito de tudo para continuar relevante no mercado. Inclusive, fazendo uma jogada já realizada no passado pela Nokia,essa que está de volta com força total, e lançou em novembro do ano passado o Priv, seu primeiro smartphone rodando o sistema Android e, claro, portando teclado físico. Mesmo inovando para os padrões da fabricante, que sempre investiu em hardware e software próprios, o aparelho não foi o suficiente para reerguer a companhia e fracassou nas vendas. Tentando emplacar o aparelho mais uma vez, a empresa está diminuindo o valor do mesmo em vários mercados. Apesar da notícia animadora para quem deseja comprar um, o Brasil continua fora da lista de lançamentos.

No mês de abril, John Chen, CEO da BlackBerry chegou a admitiu que compradores em potencial, principalmente executivos, teriam desistido de comprar o aparelho por conta de seu preço elevado. Os comentários foram feitos logo após a empresa cortar o preço do dispositivo em vários mercados importantes como Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e França. Ao que tudo indica, a estratégia não deu muito resultado, obrigando a companhia fazer uma nova promoção válida até o próximo dia 31 de agosto.

O BlackBerry Priv não tem previsão de lançamento no Brasil, mas pode ser facilmente encontrado no MercadoLivre custando em torno de R$3.349,90. Acha que vale a pena adquirir um? Conta pra gente!

Xiaomi Mi Note 2 dá as caras com tela curva




Xiaomi estaria seguindo os passos da Samsung em sua nova linha de phablets ao usar umatela curva à la Galaxy Edge no Mi Note 2. Embora a possibilidade tenha sido levantada anteriormente, uma nova sequência de imagens veio a público ainda hoje, 15 de agosto de 2016, oferecendo uma olhada mais profunda sobre a aparência da novidade.

Moldes feitos em três dimensões, possivelmente baseados no esquema original do telefone, mostram uma aparência arrojada e futurista, ao passo que o design geral foge dos padrões da companhia chinesa. Ainda assim, há um pouco de Mi 5 no smartphone, principalmente ao considerar a presença de um botão físico como atalho à tela principal e a parte traseira curva em ambas as suas extremidades. Seria este o tão falado aparelho mais caro na história da empresa asiática? Por conta das tecnologias envolvidas, aparentemente sim.





Olhando primeiramente para a parte frontal do Mi Note 2, há uma forte similaridade com alinha Galaxy Note 7, para o lado bom. Em ambas as laterais da carcaça, o display transborda em uma fabricação levemente arredondada, assim como o modelo da Samsung. O alto-falante, localizado na parte superior central, é acompanhado da câmera para selfies e o sensor de proximidade.
Android 10 Ago

Abaixo do visor, há um botão físico que provavelmente traz consigo um leitor de impressões digitais em sua superfície, acompanhando os demais flagships atuais. Na parte posterior, a aparência adere completamente o viés minimalista, abrigando um sistema duplo de câmeras principais e o LED para o flash. Embaixo da estrutura, encontra-se uma entrada no padrão USB-Type C e alto-falantes complementares. Aparentemente, a carcaça é construída inteiramente em vidro.
Xiaomi Mi Note 2 e suas especificações técnicas


Acredita-se que a Xiaomi lance até três variantes distintas do Mi Note 2, mas a de tela curva, retratada na galeria acima, é a mais forte delas. Caso os rumores antigos estejam corretos, o modelo conceitual da marca chegará às lojas com uma tela curva de 5,7 polegadas, usando a resolução Quad HD (2560 x 1440 pixels) para a exibição de conteúdo.

Além disso, o dispositivo ainda contaria com 6 GB de RAM, 128 GB de memória para o armazenamento interno, duas câmeras principais de 12 megapixels e 4.000 mAh de bateria. Fechando com chave de ouro, a companhia chinesa ainda usaria o chipset mais recente e poderoso da Qualcomm, Snapdragon 821, podendo ir além ao desfrutar do moderno Android Nougat como sistema operacional. A data de apresentação estimada é 5 de setembro, daqui a menos de um mês, fique ligado para saber mais sobre o grandioso Mi Note 2.