Amazon suspende venda de smartphones da Blu por motivos de segurança



Conhecida por lançar smartphones com um preço bem abaixo em comparação com outras fabricantes do mercado, a empresa chinesa Blu está sofrendo a suspensão de um dos maiores eCommerces mundiais. A norte-americana Amazon está banindo os modelos da marca até segunda ordem por conta de "problemas de segurança em potencial".
Acontece que um software criado pela desenvolvedora chinesa Shanghai Adups Techonology, que é embutido nos modelos da marca, coleta dados sem a sua autorização — e sem avisar. A Amazon só vai remover o banimento quando "os problemas forem resolvidos". O Blu R1 HD é um dos grandes sucessos da loja, com um preço bastante chamativo de US$ 60 (cerca de R$ 190).


Em resposta às acusações, a Blu confirmou que o programa de fato estava presente em uma parcela do estoque e reconhece as preocupações dos consumidores, mas afirma que não há brechas ou violações de privacidade, nem que o programa é um spyware. De qualquer forma, ela já substituiu o produto da Adupts por ferramentas e servidores da Google para evitar novos problemas. Dúvidas sobre segurança? 

A história já é antiga. Em novembro de 2016, a Blu (juntamente com Huawei e ZTE) foi acusada de ter um software chinês pré-instalado que coleta dados dos usuários sem autorização. Eles teriam acesso a informações de aplicativos, mensagens e ligações — e tudo isso seria enviado para servidores na China.

Após até ser processada nos EUA por conta disso, a companhia garantiu que havia solucionado o problema, que seria causado "por um app de terceiros". Porém, parece que ele não foi eliminado de verdade.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa