N1, tablet da Nokia que vai bombar

N1



O Nokia N1 não chega a ser um produto novo, mas não tivemos a oportunidade de brincar com ele até a MWC 2015. Depois de alguns minutos com o tablet em mãos, podemos garantir: temos um forte concorrente no mercado de tablets Android mundialmente, tanto pela qualidade geral da construção quanto pelas especificações. E sim, de perto a sensação que tivemos é que ele é quase um clone do iPad Mini Retina. Só faltou a Maçã na parte traseira para ele ser idêntico, na verdade.

Por usar uma construção de alumínio unibody e ter chanfros à là iPhone 6, o Nokia N1 parece um produto da Apple quando desligado. Ao ligar a tela IPS LCD, que tem 7,9 polegadas e resolução "Retina" de 2.048 x 1.536 pixels, nos deparamos com o Z Launcher, a leve interface da Nokia que faz um bom uso de transparências.



Como grande diferencial, temos a escrita por gestos na tela inicial, que vai filtrando os apps ou arquivos com as letras desenhadas - algo bem semelhante ao Spotlight. Quantos às especificações, temos um processador Intel Atom Z3580, com quatro núcleos rodando a 2,3 GHz, 2 GB de memória RAM e a poderosa GPU PowerVR 6430, a mesma utilizada no iPad Air - ou seja, desempenho para queimar.



Outro ponto que nos chamou atenção e que geralmente não é foco dos tablets foi a qualidade da câmera. Temos uma traseira de 8 megapixels e uma frontal de 5 megapixels, ambas capazes de tirar fotos de qualidade. Os vídeos, por sua vez, não são tão bons - algo que vale a pena destacar para quem procura o aparelho para esse fim. Em relação ao armazenamento interno, só há a opção de 32 GB, mais do que suficiente para um tablet.



Considerando o preço de US$ 300, o N1 é um produto e tanto. Conversamos com a equipe da Nokia no local e eles ainda não têm planos de trazer o N1 para o Brasil, mas não descartam a possibilidade. Se ele aparecer por aqui, mantendo a relação custo-benefício internacional, será um produto que valerá a pena ficar de olho.


Ta aí o conector USB tipo C

Por última, vale lembrar que o Z Launcher, que equipa o N1, pode ser baixado gratuitamente da Play Store e usado em qualquer dispositivo Android.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

As cidades brasileiras com maior número de dispositivos infectados por hackers

Como recuperar fotos apagadas do Instagram

GoPro revela a Hero 6 Black, sua nova câmera top de linha