Redes 3G podem Acabar no Brasil

Queda no número de usuários pode ajudar com que a tecnologia deixe de ser usada no Brasil.


Ainda há muitas reclamações relativas a qualidade das redes móveis no Brasil, desde o 2G até o 4G, a mais recente no país e que vem em crescimento contínuo, já sendo o Brasil um dos melhores países da América Latina quando o assunto é a média de usuários por região.

Porém, muitos ainda usam a boa (ou nem tanto) e velha rede 3G, mas esses estão cada vez mais em queda, o que pode fazer com que a rede acabe no Brasil antes mesmo da rede 2G, ainda mais antiga e ainda utilizada principalmente por usuários que não tiverem como acompanhar o crescimento do mercado e tiverem que continuar com modelos mais antigos e simples.

Os dados são da Anatel e mostram que em Novembro de 2015, houve uma queda de 4,2 milhões no número de usuários da rede 3G, enquanto no restante do ano, a rede já havia perdido mais de 11 milhões de usuários, um número considerável. O número total de usuários das redes 3G no Brasil é de cerca de 269,591 milhões, atualmente.

Segundo a empresa de consultoria de telecom Techpolis, em conversas com operadoras do Brasil, verificou-se que a tendência é que as redes 3G desapareçam antes das redes 2G, já que muitas pessoas ainda necessitam de celulares de baixíssimo custo (na faixa dos US$ 20), como diz o CEO da empresa, Ricardo Tavares, em comentário.


Enquanto isso, o número de usuários do 4G praticamente triplicou no último ano, o que é considerado bom pelas operadoras, já que embora as redes LTE sejam caras e boa parte do material seja importado, o que dificulta e muito o crescimento da cobertura em um Brasil em crise, para as empresas hoje é mais lucrativo ter quase toda sua base de usuários na rede 4G e posteriormente, migrando para o 5G (que ainda sequer chegou ao país), do que manter sua base atual em 3G, embora as mesmas planejam continuar dando suporte ao 2G.

Tavares ainda acrescentou que acredita que a crise que se instaurou no país principalmente nos últimos meses deve afetar de forma brusca o mercado para as operadoras, principalmente em relação ao planos pré-pagos, grande fonte de renda das mesmas.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa