Sucesso do iPhone 7 faz ações da Apple dispararem na bolça de new york


(Foto: Divulgação)
Sucesso do iPhone 7 faz ações da Apple dispararem


A falta da porta para fones de ouvido não parece ter afastado o interesse dos consumidores pelo iPhone 7, porque a demanda tem sido tão alta que abalou o valor das ações da Apple. Nessa terça-feira, 13, à medida que saíam as avaliações sobre a nova linha de smartphones, os papéis da Apple começaram a se valorizar. De acordo com o Wall Street Journal, a alta chegou a bater 3,2%.

O valor da ação alcançou os US$ 108,79, mas fechou em US$ 107,95, o que reflete uma alta de 2,4%. Isso fez com que a Apple se tornasse a maior ganhadora da Dow Jones Industrial Average e a segunda que mais cresceu no index S&P 500.

Havia bastante expectativa quanto ao interesse do público pelo iPhone 7 devido à ousada atitude da Apple ao retirar a porta tradicional para fones de ouvido — tanto que a própria companhia informou que, pela primeira vez em anos, deixaria de divulgar dados relacionados ao primeiro fim de semana de vendas.

As resenhas têm mostrado, porém, que o aparelho (e seu modelo mais robusto, 7 Plus) são bons smartphones, e isso tem se convertido em vendas. Nos Estados Unidos, por exemplo, tanto a T-Mobile quanto a Sprint divulgaram notas afirmando terem batido recordes devido ao lançamento da Apple; a segunda operadora disse que a pré-venda de iPhones deste ano foi 375% maior que a do ano passado.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa