Postagens

Mostrando postagens de Maio 18, 2016

Presidente da Motorola explica futuro da marca e confirma permanência do Moto G

 Desde que a Lenovo comprou a Motorola, o futuro da marca sempre pareceu incerto. A própria companhia chinesa não parecia saber muito o que fazer com sua nova aquisição, chegando ao ponto de anunciar o fim do nome Motorola e até levantar a possibilidade de pôr um fim aos populares Moto G e Moto X. Porém, depois de muito vai e vem, parece que os rumos da linha finalmente foram definidos. Aproveitando o primeiro dia da MWC, as duas empresas decidiram pôr um fim a toda essa especulação. E o que foi definido é que o nome Motorola não vai sumir como se especulava, mas vai se tornar um pouco mais raro de se encontrar no mercado. Isso porque, conforme explicou o presidente Rick Osterloh, a ideia é focar mais na icônica logomarca ao invés do nome completo. Em compensação, a companhia vai continuar a desenvolver e fabricar smartphones como uma subsidiária da Lenovo. Segundo o executivo, vai ser basicamente a mesma coisa que era feita quando pertenciam à Google. Já em relação aos seus aparelhos…

Zenfone 3 chega em junho

Imagem
0
inShare
Asus confirmou o lançamento do Zenfone 3 para junho.


O próximo Zenfone deixará de usar chips Intel Atom, o que não chega ser uma surpresa: além de lançamentos mais recentes já usarem o SoC da Qualcomm, a própria Intel já divulgou que não irá mais manter seus esforços no segmento mobile, uma área que chegou atrasada e não conseguiu competir com fabricantes como Qualcomm, Samsung e Mediatek. Por conta dessa informação, é de se suspeitar que o Zenfone 3 não será o único lançamento do evento "Zenvolution", afinal o logo da Intel está no hotsite.

Outra informação interessante é que "nem todos os Zenfones serão iguais". De acordo com o CEO da empresa, em torno de 90% dos Zenfone 3 serão equipados com Qualcomm, enquanto o restante deve vir com chip Mediatek. O aparelho estará disponível em seis países em agosto. Considerando a data de apresentação em junho, é muito provável que o anúncio aconteça durante a Computex 2016, uma das principais feiras de tecnologia do mu…

Microsoft vende seu segmento de feature phones para a HMD Global e FIH Mobile

Imagem
Quando a Microsoft comprou parte da Nokia por causa dos Lumia, veio junto uma parte que parece nunca ter interessado muito à companhia: o segmento de feature phones. Hoje a empresa vendeu toda sua parte de celulares não smart para a HMD Global e a FIH Mobile por US$ 350 milhões.

Isso não significa que a Microsoft está abrindo mão dos Lumia. Na verdade, em seu pronunciamento, a empresa faz questão de destacar que seu suporte com Windows 10 Mobile continua o mesmo (ou seja, não tão grande). Mas é importante ressaltar que a companhia continua se interessando por smartphones, só vendeu a parte dos "dumb" phones que ela acabou levando junto quando comprou a parte de dispositivos móveis da Nokia por causa dos Lumia.

A HMD e a FIH, por sua vez, decidiram pela aquisição como parte do seu plano em produzir aparelhos Nokia. A HMD vai fazer smartphones e tablets da marca rodando Android, como já anunciado, mas pretende também fazer feature phones para ajudar a incrementar no investiment…

Nokia Prepara volta ao mercado

Imagem
A Nokia, que já foi uma das maiores fabricantes de celulares do mundo, está fora do mercado de telefonia móvel desde 2013, quando vendeu sua linha de smartphones para a Microsoft. Mas agora, a companhia finlandesa está contratando especialistas de software e desenvolvedores para testar novas possibilidades e voltar com tudo ao mercado de dispositivos móveis.

A Nokia foi bastante popular antes dos smartphones, com seus celulares  básicos 


 O surgimento dos telefones inteligentes e o fato dela ter entrado tarde no segmento fez as vendas da empresa caírem e as concorrentes  Apple e Samsung ganharem a liderança do mercado.

Rajeev Suri, CEO da Nokia planeja o retorno para o mercado no final de 2016, quando se encerra o contrato de não-concorrência com a Microsoft. A empresa está estudando todas as novas possibilidades e investindo em tecnologias que podem trabalhar com os vindouros dispositivos da empresa. A companhia lançou este ano o tablet N1, com sistema Android, que fez bastante suc…